Tag: exoplanetas

Out 06

Deteção de Exoplanetas: Astrometria

A astrometria foi o primeiro método a ser proposto para a deteção de exoplanetas (mas não o primeiro a ser concretizado com êxito) e baseia-se no facto da presença de um planeta em volta de uma estrela induzir nesta um movimento periódico em torno do centro de massa do sistema, resultando numa mudança periódica da …

Continue a ler »

Set 25

Workshop Exoplanetas

No próximo dia 30, o Observatório Geofísico e Astronómico da Universidade de Coimbra vai acolher o Workshop de Deteção de Exoplanetas e Fotometria, realizado pelo grupo Atividades Astronómicas, fundado por Cédric Pereira e Ruben Barbosa. Segue-se o programa: 14h00 – Apresentação do Grupo Atividades Astronómicas 14h30 – Exoplanetas: o método do trânsito 16h00 – Visita ao Observatório Geofísico …

Continue a ler »

Set 08

Variações de tempo de trânsito (TTV)

Quando temos um planeta a orbitar uma estrela, a uma distância não muito próxima, o seu movimento é puramente kepleriano, fazendo com que ele retorne sempre ao mesmo local decorrido exatamente o mesmo intervalo de tempo. No entanto, se adicionarmos exteriormente outro planeta ao sistema, o período do mais interior será perturbado, manifestando-se através de …

Continue a ler »

Jul 07

Deteção do exoplaneta XO-1b (aplicação da física)

Depois de realizada a fotometria de um trânsito, podemos seguir dois caminhos para obter os seus parâmetros físicos: ou introduzimos os dados adquiridos numa aplicação do tipo EXOFAST (gratuita) tal como mostrei no artigo da deteção do Qatar 1b, ou extraímos os parâmetros diretamente da curva de luz. Neste artigo, irei mostrar como isso pode …

Continue a ler »

Jul 05

Descobertas evidências de duas populações distintas de planetas gigantes

Num estudo destacado hoje pela revista Astronomy & Astrophysics, uma equipa de investigadores do Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço (IA), descobriu provas observacionais da existência de duas populações distintas de planetas gigantes. Até hoje foram detetados mais de 3500 planetas a orbitar estrelas semelhantes ao Sol. Apesar de resultados recentes apontarem para que …

Continue a ler »

Jun 02

Deteção de Exoplanetas: o problema dos falsos positivos

No decurso da análise de dados, detetámos uma curva de luz característica de um trânsito planetário e poderá surgir a questão: “será que o trânsito teve mesmo origem num planeta que orbitou à frente da sua estrela?” Efetivamente, depois de concretizados os parâmetros físicos do trânsito, torna-se necessário efetuar a confirmação por outro método, por …

Continue a ler »

Mai 05

Deteção de Exoplanetas: as missões WASP e Kepler

No que respeita à deteção de exoplanetas, existem 2 experiências de sucesso que merecem ser destacadas, uma feita em Terra (WASP) e outra no espaço (Kepler). A WASP (Wide Angle Search for Planets) é uma iniciativa académica internacional que consistiu numa pesquisa com campo de visão do telescópio (FOV) equivalente a 16 luas alinhadas horizontalmente, …

Continue a ler »

Abr 19

Super Terra é excelente candidata para a procura de sinais de vida

Num estudo publicado hoje na revista Nature, uma equipa internacional de investigadores, da qual faz parte Nuno Cardoso Santos do Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço (IA), descobriu uma super Terra a transitar a estrela LHS 1140, a menos de 40 anos-luz de distância. O recém-descoberto exoplaneta LHS 1140b foi detetado pelo observatório MEarth …

Continue a ler »

Abr 05

Deteção de Exoplanetas: parâmetros físicos do Trânsito

No artigo anterior foram apresentadas algumas expressões utilizadas na descrição do método do trânsito, que agora serão utilizadas para determinar outros parâmetros físicos do sistema planetário, mantendo-se todas as simplificações anteriormente apresentadas: A densidade da estrela pode ser obtida dividindo a sua massa (obtida através da 3ª lei de Kepler) pelo volume e, dependendo do …

Continue a ler »

Mar 02

Deteção de Exoplanetas: Descrição do Trânsito

Na semana passada, a NASA anunciou a descoberta de um sistema planetário com sete planetas do tamanho da Terra, em órbita duma anã vermelha (TRAPPIST-1), a somente 40 anos-luz de distância. Esta descoberta foi alcançada com o método do Trânsito. Vejamos mais em pormenor como a análise dos dados pode ser feita. A descrição do …

Continue a ler »

Load more