Tag: NASA

Missão espacial TESS descobre cinco estrelas raras

Uma equipa internacional, liderada pela investigadora do Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço (IA) Margarida Cunha, recorreu a técnicas asterossísmicas para procurar por oscilações num subgrupo de cinco mil estrelas, de entre as 32 mil observadas em cadência curta nos primeiros 2 setores (aproximadamente, os 2 primeiros meses de operações científicas) do satélite TESS …

Continue a ler

Telescópio espacial Kepler confirma primeira deteção, 10 anos depois

Uma equipa internacional, que incluiu Tiago Campante do Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço (IA), confirmou o primeiro candidato a exoplaneta identificado pelo telescópio espacial Kepler (NASA), observado há cerca de 10 anos. A confirmação do exoplaneta Kepler-1658 b foi aceite para publicação na revista The Astronomical Journal. Para Tiago Campante (IA & Faculdade …

Continue a ler

Cientistas portugueses à boleia de missão da NASA para caçar exoplanetas

Será lançado hoje para o espaço o TESS (NASA), um observatório espacial que conta com a participação do Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço (IA). O lançamento, efetuado por um foguetão Falcon 9 da empresa privada SpaceX, está previsto para as 23:32 (hora de Portugal continental), a partir do Centro Espacial Kennedy na Flórida …

Continue a ler

MAVEN realiza manobra para evitar colisão com lua de Marte

A sonda MAVEN (Mars Atmosphere and Volatile EvolutioN) encontra-se a orbitar Marte desde 21 de Setembro de 2014 e tem recolhido dados que nos ajudam a compreender a evolução da atmosfera marciana, estudando a alta atmosfera, a ionosfera e a interacção entre a atmosfera e o fluxo de partículas emitido pelo Sol a que se dá …

Continue a ler

A escura Duna Namib, em Marte, vista de perto

http://apod.nasa.gov/apod/image/1607/DarkDunesMars_Curiosity_9091.jpg

Como o vento em Marte afeta sua areia? Para ajudar a descobrir o quão isso significativamente difere daqui na Terra, o veículo robótico Curiosity foi direcionado para investigar ‘in loco’ a escura Duna Namib no campo de dunas Bagnold Dune Field na Cratera Gale. De facto, Namib é a primeira duna de areia ativa já investigada diretamente fora …

Continue a ler

NGC 1309: uma Galáxia Espiral “Grand Design”

http://apod.nasa.gov/apod/image/1607/NGC1309Jeff_full.jpg

NGC 1309 é uma galáxia espiral belíssima que reside a cerca de 100 milhões de anos luz de nós. NGC 1309 está situada nas margens do ‘Rio’ cósmico, a constelação de Erídanus NGC 1309 se estende por cerca de 30.000 anos luz, com cerca de um terço do tamanho da nossa galáxia Via Láctea. Aglomerados …

Continue a ler

A Corona Solar e um Eclipse Total combinados vistos da Terra e do observatório espacial SOHO

http://apod.nasa.gov/apod/image/1604/EclipseSpaceGround_Koutchmy_4266.jpg

Em geral, um eclipse total é uma ótima oportunidade para se estudar o Sol. Aproveitando a vantagem da rara justaposição da Terra, Lua e o Sol, a imagem em destaque exibe o eclipse total solar que ocorreu em março de 2016 da forma que apareceu, quase simultaneamente, tanto a partir da Terra quanto do Espaço. A parte interna da …

Continue a ler

Auroras e a magnetosfera de Júpiter

http://apod.nasa.gov/apod/image/1604/JupiterMagnetosphere_JAXA_3500.jpg

Júpiter tem magníficas auroras Como acontece na Terra, o campo magnético do maior planeta do Sistema Solar se comprime quando impactado por uma rajada de partículas eletricamente carregadas provenientes do Sol. Essa compressão magnética afunila as partículas carregadas na direção dos polos de Júpiter colidindo com a atmosfera joviana. Lá os elétrons são temporariamente excitados ou expulsos das moléculas …

Continue a ler

Cientistas da MESSENGER revelam a causa da superfície de Mercúrio ser tão escura

http://www.jhuapl.edu/newscenter/pressreleases/2016/images/20160307_image1_lg.jpg

Os cientistas há muito se perguntam sobre qual efeito tornou a superfície de Mercúrio tão escura. O planeta mais interno no Sistema Solar reflete bem menos luz solar do que a nossa Lua, um corpo cuja escuridão superficial é controlada pela abundância de minerais ricos em ferro. Sabemos que estes minerais encontrados na Lua são …

Continue a ler

O violento aglomerado estelar R136 nas Nuvens de Magalhães

http://apod.nasa.gov/apod/ap160124.html

No centro da região de formação estelar 30 Doradus reside um enorme aglomerado que contém algumas das mais massivas e luminosas estrelas conhecidas. Essas estrelas, que fazem parte do conhecido aglomerado estelar R136, foram capturadas na imagem em destaque em luz visível pela câmera WFC3 (Wide Field Camera 3 ) do Hubble, em 2009.

Continue a ler

Load more