Tag: Processamento de imagem

NGC 7822, Imortal Janela da Alma

“Nebulosa, incandescente, estrelas brilhando no céu dispersando luz como diamantes. Iluminando a Terra e o pensamento, como um mito entre as estrelas. Peço um desejo: leva-me às estrelas, atração, charme e fineza. Sua aparência gentil e sedutora, seu silêncio inquietante e misterioso, preenchem esse breve momento perdido no tempo, confundindo presente, passado e futuro, envolto …

Continue a ler

Deep Call unto Deep

Ao contemplarmos a imensidão e a beleza do Universo, sentimos que a nossa alma anseia por aventuras mágicas e científicas, uma espécie de  chamamento profundo (Deep Call unto Deep). Bem formado, admirável, Universo infinito, a vastidão extraterrestre e todo o sistema cósmico de matéria, energia, galáxias, planetas, estrelas, coisas vivas, poeira, nuvens, luz, espaço, tempo …

Continue a ler

Uma Rosa Feita de Galáxias (Arp 273)

Arp 273 é um par de galáxias em interação gravitacional, localizado a cerca de 300 milhões de anos-luz de distância, na direção da constelação de Andrómeda. Desta imagem podemos destacar: A maior das galáxias espirais, conhecida como UGC 1810, é cerca de cinco vezes mais massiva que a galáxia menor; A UGC 1810 possui um …

Continue a ler

Máquina do Tempo: 3C 273

Ao observarmos a imagem anterior, podemos cometer o erro de pensar que estamos perante um conjunto de estrelas da Via Láctea, pelo menos assim se acreditou há uns bons anos quando ocorreram as primeiras observações. A seta vermelha evidencia um objeto de enorme interesse astronómico que será alvo de análise ao longo deste artigo: uma …

Continue a ler

Construindo Cassiopeia A com raios-X

O cálcio existente nos ossos do nosso corpo foi produzido no interior de uma estrela antiga, que ao explodir adicionou o seu material ao meio interestelar, algum do qual foi utilizado para formar o nosso Sol, planetas e nós. O processo de produção de energia nas estrelas começa por transformar o hidrogénio em hélio, o …

Continue a ler

Cerberus Herculis (Arp 272)

Arp 272 é um par de galáxias em interação, constituído por duas galáxias espirais NGC 6050 (à esquerda) e IC 1179 (à direita). Também chamadas de Cerberus Herculis (o monstro de três cabeças da mitologia grega), Arp 272 fica a cerca de 490 milhões de anos-luz de distância da Terra, na direção da constelação de …

Continue a ler

Uma ilusão de ótica (Arp 194)

Ao observarmos esta imagem, rapidamente concluímos que as galáxias PGC 101374 (à esquerda) e PGC 37639 (à direita) encontram-se em interação gravitacional e ligadas por uma ponte de material azulado. Cometemos dois erros, duas ilusões de ótica. A primeira prende-se com o facto da galáxia da esquerda estar mais afastada que a da direita; a …

Continue a ler

O objeto de Mayall (Arp 148)

Na direção da constelação da Ursa Maior, a cerca de 500 milhões de anos-luz de distância, encontram-se duas galáxias num processo de fusão, que se estende por mais de 80 anos-luz de comprimento. O par, descoberto por Mayall, também conhecido como Arp 148, é o resultado surpreendente de um encontro entre duas galáxias, tendo dado …

Continue a ler

Nebulosa de Orion (M42) vista do Monte do Viso

Numa fria noite de Dezembro, abrigados pela presença granítica da Capela de Nossa Senhora do Viso, um grupo de astrónomos amadores (constituído por Fernanda Campelos, Jorge Freitas, José Pedro Sousa, Miguel Ventura, Ruben Barbosa e Rui Costa) reuniu-se à cata de fotões. Os céus de inverno oferecem, a quem compreender a máxima de que não existe …

Continue a ler

Um Tesouro de achados do Telescópio Espacial Hubble

Um par de planetas órfãos e anãs-castanhas em sistemas binários: o Hubble encontra objectos sub-estelares na Nebulosa de Orionte. É caso para se dizer: mais um tesouro de achados da missão científica do Telescópio Hubble! Numa pesquisa profunda e sem precedentes para objectos pequenos e ténues na Nebulosa de Orionte, os astrónomos que usam o …

Continue a ler

Load more