Lasers no Mauna Kea

Vejam este vídeo espectacular que mostra os lasers utilizados pelos instrumentos de óptica adaptativa dos telescópios Subaru (à esquerda) e Keck 1 e 2, no cume do Mauna Kea, um vulcão adormecido no Hawaii. O vídeo foi obtido combinando 91 imagens de 1 minuto obtidas durante a noite de 26 de Maio de 2011.

Os lasers são utilizados para criar estrelas artificiais próximas do objecto a observar e suficientemente brilhantes para serem usadas pelo sistema de óptica adaptativa. O dito mede o efeito da atmosfera nestas estrelas artificiais e usa essa informação para deformar um espelho no sistema óptico, várias vezes por segundo, por forma a obter uma imagem limitada apenas pela resolução do telescópio.

Podem ver este vídeo de Andrew Cooper e mais vídeos e fotos aqui.

3 comentários

  1. Esse processo dos lasers é aplicado por algum telescópio aqui do Brasil?

  2. Boa pergunta ! 🙂

    Não me parece. Os campos de visão dos telescópios são muito pequenos, em particular se estiverem a usar o sistema de AO, e os feixes laser são colimados com muita precisão pelo que imagino que não haja problema.

  3. Os lasers não interferem com as imagens dos outros observatórios?

Responder a Luís Lopes Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.