Perseidas 2012

Estamos a um dia de atingirmos o pico de actividade das Perseidas, a mais famosa de todas as chuvas de estrelas. Nas últimas horas, observadores em todo o mundo têm estado a reportar mais de 30 meteoros por hora, um número que deverá duplicar ou triplicar amanhã, entre as 13:00 e as 15:30 (hora de Lisboa). As próximas duas madrugadas deverão ser as melhores alturas para a observação deste fenómeno.
Este ano, o radiante das Perseidas terá por perto a companhia da Lua em falcada, de Júpiter e de Vénus, um trio brilhante que adornará ainda mais o espectáculo. Em Portugal, o radiante estará melhor posicionado no céu a partir das 2 da manhã. No Hemisfério Sul, a constelação Perseu não se elevará muito acima do horizonte, pelo que o radiante das Perseidas estará numa posição mais favorável apenas nas horas que precedem o nascer-do-sol.

Posição no céu do radiante das Perseidas, da Lua, de Júpiter e de Vénus na madrugada de 12 de Agosto de 2012, pelas 03:30 (latitude de Lisboa).
Crédito: Sérgio Paulino/Stellarium.

As Perseidas terão a companhia de outras chuvas de estrelas menos prolíficas. Este fim-de-semana, as mais activas serão as Delta-Aquaridas, um fluxo de meteoros com dois radiantes situados na constelação do Aquário. As Delta-Aquaridas são chuvas de estrelas particularmente interessantes, porque têm origem em meteoróides da família do cometa 96P/Machholz, um objecto que muitos investigadores acreditam ser um visitante de outras paragens da Galáxia.

Projecção equatorial do céu mostrando a localização dos meteoros detectados pelo sistema CMOR a 09 de Agosto de 2012 (ler mais sobre este projecto aqui). São visíveis 5 grupos correspondentes às chuvas de estrelas actualmente em actividade (PER: Perseidas; NDA: Delta-Aquaridas do Norte; SDA: Delta-Aquaridas do Sul; PAU: Piscis Austrinidas; ERI: Eridanidas de Agosto).
Crédito: University of Western Ontario.

Consultem este artigo do João Clérigo com óptimas dicas para a observação e para o registo fotográfico destes maravilhosos fenómenos celestes. Boas Perseidas!

26 comentários

1 ping

Passar directamente para o formulário dos comentários,

  1. No Mato Grosso, melhor dizendo em Cuiabá saberia me falar pra onde deveria olhar pra ver?? 😀
    tomando como base que de madrugada a lua normalmente fica de frente pra varanda de casa…

  2. Oi Sérgio,essa ultima madrugada infelizmente perdi o espetáculo 🙁
    Hoje vai ter novamente né,moro no interior de Sao Paulo,e queria saber mais ou menos a hora que vai nascer a constelação de Perseu,senão conseguir responder a tempo,de boa,viro a madrugada 🙂
    Obrigada

    1. Olá Larissa,

      Em São Paulo (e em grande parte do Brasil), a constelação de Perseu nasce nesta altura do ano por volta das 02:00. Infelizmente, em terras tão meridionais, o radiante das Perseidas nunca se eleva muito acima do horizonte, pelo que será sempre mais difícil observar esta chuva de estrelas destas latitudes. Para ter algum sucesso deverá esperar pelo menos uma hora para que o radiante se eleve para uma posição mais favorável. 🙂

  3. Ei, hoje tentei ver da madrugada de 12 para 13, e nada vi, fui ver era umas 5hrs e07 minutos, será que já ocorreu o fenômeno? vai ainda ter mais? se sim que horas? ah e sou da Bahia, aqui dá pra ver?

    1. Olá Rosa,

      O radiante das Perseidas está melhor posicionado no céu nas horas mais tardias da madrugada (na Bahia, será por volta das 03:00). Esta chuva de estrelas estará activa até 24 de Agosto, mas as próximas noites já não exibirão o espectáculo deste fim-de-semana. Na próxima madrugada poderá contar com 30 a 40 meteoros por hora. Para os observar terá de ser paciente e fixar o olhar em direcção à constelação de Perseu. 😉

  4. Em Portugal, o pico foi de dia 11 à noite para a madrugada de dia 12, ou da noite de 12 para madrugada de 13?
    Cumps

    1. Olá Diogo,

      A Terra atravessou a maior concentração de meteróides ontem entre 13:00 e as15:30. Não lhe sei dizer qual será a melhor noite. As duas são boas para a observação de Perseidas porque estão a poucas horas do pico de actividade. Neste momento estão a reportar no International Meteor Organization entre 200 a 300 meteoros por hora, portanto esta noite promete. 🙂
      Relembro que as Perseidas manter-se-ão activas até 24 de Agosto, altura em que a Terra deixa de cruzar a órbita destes meteoróides.

        • Diogo on 13/08/2012 at 02:24

        Muito Obrigado!

  5. Eram cerca de 21:45 em Portugal e vi uma ENORME estrela cadente… mesmo muito brilhante e a desintegrar-se 🙂

    1. Sortudo! 😛
      É provável que fosse uma Kappa-Cignida, uma chuva de meteoros menor que terá o seu pico a 17 de Agosto. O radiante das Perseidas só se elevou acima do horizonte um par de horas depois. 😉

      1. Boa :). Obrigado pela explicação 😉

  6. OLa sergio é possivel verificar em portugal este acontecimento?obrigado e boa noite

    1. Olá Pedro,

      O pico de actividade foi esta tarde, pelo que o espectáculo deverá ser muito interessante esta madrugada. Infelizmente, o céu poderá estar mais logo com algumas nuvens que dificultarão a sua observação.

  7. No Rio de Janeiro é possivel ver? e se sim, que horas mais ou menos?

    1. Gabriela,

      Peço-lhe para ler a minha resposta ao Lucas. O Rio de Janeiro situa-se em latitudes semelhantes às de Mato Grosso do Sul, pelo que as condições de observação serão idênticas. 😉

  8. e em MINAS GERAIS?

    1. Olá Erminho,

      Leia a minha resposta ao Lucas. A única diferença é que Minas Gerais se encontra mais a norte, pelo que a constelação Perseu deverá se elevar mais um pouco acima do horizonte, o que torna ligeiramente mais fácil a observação das Perseidas. 😉

  9. nossa abrigado sergio tamo conceguino ver des das 2 da manha e uns bem bonito

  10. Será que vai dar pra ver do Paraná la por 2 horas da madrugada?

    1. Olá Gabriel,

      Terá que esperar mais cerca de duas horas para ver alguma coisa. Infelizmente a situação no Paraná é semelhante à do Rio Grande do Sul (veja a resposta ao comentário do Pedro).

  11. cara muito legal tudo isso que voce sabe, como vi sua resposta no ultimo comentario…queria entender aonde que voc viu isso? estava pensando em levar minha namorada em algum lugar q desse pra ver.. sou do Rio grande do sul…se puder me informar horario tambem, eu ficaria mt agradecido, caso seja muito trabalho pra vc..me de informaçoes de onde eu posso conseguir…grande abraço

    1. Pedro, eu acredito que aí no Rio Grande do Sul vai ser dificílimo você conseguir ver algum meteoro da Perseidas, porque vai ficar muito abaixo do horizonte norte. Mas você também pode tentar a sorte com a chuva Delta Aquarids, mas ela não chega aos pés do número de meteoros da Perseidas.

    2. Olá Pedro,

      Eu uso um software gratuito para saber tudo isto. Chama-se Stellarium e pode encontrá-lo aqui: http://www.stellarium.org/. 😉
      Quanto às Perseidas, a situação piora nas latitudes mais a sul. No Rio Grande do Sul, a constelação de Perseu eleva-se muito pouco acima do horizonte e apenas durante cerca de 3 horas antes do nascer-do-sol. Deverá ser difícil ver as Perseidas, mas terá os radiantes das Delta-Aquaridas durante toda a noite bem alto no céu. No final da madrugada, a nascente, terá a companhia da Lua, de Júpiter e de Vénus, este também um espectáculo a não perder. 😀
      Boas observações!

        • pedro on 13/08/2012 at 01:03

        cara, muito obrigado..foi demais as Delta-Aquaridas ^^ abraçao

  12. queria saber se vai ser muito dificil de ver no brasil estou no mato grosso do sul apesar de nao estar em um sitio a cidade aqui é pequena e nao tem muita luminosidade queria saber para onde olhar e apartir de que hrs
    desde ja obrigado

    1. Olá Lucas,

      No hemisfério sul o radiante das Perseidas nunca se eleva muito acima do horizonte, o que cria algumas dificuldades para a observação desta chuva de meteoros. No Mato Grosso do Sul, a constelação de Perseu nasce por volta das 02:00, pelo que a melhor altura para a sua observação deverá ser entre as 03:00 e as 05:30. Para as visualizar, deverá voltar-se para nordeste e fixar os olhos na direcção de Perseu (a Lua estará por perto, do lado direito). 😉

  1. […] Eta Aquarids (2014, 2013, 2011, vídeo). Camelopardálidas (2014). Arietídeas. Perseidas (2013, 2012, 2011 (aqui), 2010, 2009). Dracónidas (2012, 2011). Oriónidas. Leónidas (2012, 2009, pirâmide). […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.