Pilares e jactos na Nebulosa do Pelicano – APOD

IC5067_vanvleet_960

Créditos da imagem e Copyright: Larry Van Vleet (LVVASTRO).

O que são essas estruturas escuras que surgem da Nebulosa do Pelicano?
Visível como uma nebulosa em forma de ave na direção da constelação de uma outra ave (o Cisne; em latim: Cygnus), a Nebulosa do Pelicano é um lugar pontilhado com estrelas recém-nascidas mas que também contém poeira escura.

Estes grãos de poeira muito pequenos foram formados nas atmosferas frias de estrelas jovens e dispersos por ventos e explosões estelares. Jactos impressionantes de objetos Herbig-Haro são vistos emitidos por uma estrela à direita que está ajudando a destruir o pilar de poeira de um ano-luz de comprimento que a contém.

A imagem apresentada foi colorida cientificamente para ressaltar a luz emitida por pequenas quantidades de nitrogénio, oxigénio e enxofre ionizados na nebulosa composta predominantemente de hidrogénio e hélio. A Nebulosa do Pelicano (IC 5067 e IC 5070) está a cerca de 2.000 anos-luz de distância e pode ser encontrada com um pequeno telescópio a nordeste da estrela brilhante Deneb.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.