10 Cloverfield Lane

10cl_poster

“Após um acidente de carro, uma jovem acorda num bunker. Ela teme que tenha sido sequestrada por um sobrevivencialista, o qual fala para ela que ele salvou sua vida e que um ataque químico deixou o mundo inabitável. Sem saber no que acreditar, ela decide que precisa escapar, independente dos perigos que ela possa encontrar lá fora.” (wikipedia)

Apesar de ter críticas bastante positivas (aqui, aqui e aqui), e de ser um thriller psicológico interessante (deixando a audiência em suspense até ao final sobre quem tem razão), pessoalmente não gostei do filme:
– nada tem a ver com o filme Cloverfield (o título manipula a audiência).
– o “herói”, que no final tem razão, é um maluquinho das conspirações (provavelmente assassino e provavelmente abusador da sua família) que acredita no fim do mundo durante a sua vida. Desta forma, o filme promove a ideia que os pseudos com graves problemas mentais, podem estar certos. Promove paranoias de fim-do-mundo.
– o filme deixa várias perguntas por responder (ex: afinal quem era a jovem na foto e o que é feito dela?) e várias coisas não fazem sentido (ex: morte do rapaz).
– no final, utilizarem uma invasão por “marcianos” é pura parvoíce/besteira. E com tecnologia praticamente terrestre e com uns seres-toupeiras já muito usados. A inclusão de alienígenas foi tão forçada neste filme como no último filme do Indiana Jones – um absurdo.

São quase 2 horas de algo bastante confuso…

10 CLOVERFIELD LANE

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.