As cores do Antu

Créditos: V. Forchi / ESO

Esta fotografia tirada por Vincenzo Forchi mostra-nos uma vista única de um dos mais famosos e trabalhadores “residentes” do ESO. Esta cacofonia de cor, estrutura e maquinaria corresponde ao interior do Telescópio Principal nº1 de 8,2 metros de diâmetro do Very Large Telescope do ESO (VLT), instalado no Observatório do Paranal, no norte do Chile. Este telescópio é também chamado Antu, o que significa O Sol na língua indígena da região, o mapuche. Os outros Telescópios Principais do VLT têm também nomes em mapuche: Kueyen, Melipal e Yepun, o que significa a Lua, o Cruzeiro do Sul e Vénus, respectivamente.

A fotografia de Forchi mostra o Antu no momento é que abre o seu “olho” altamente tecnológico e se prepara para a longa noite de observação do cosmos. Na base do edifício, luzes artificiais banham a área com um brilho amarelo incandescente. Em cima, tons de azul e prateado do metal do telescópio são complementados pelo quente abraço alaranjado dos últimos raios de Sol, que se dispersam pelas numerosas persianas que se situam na cúpula.

Vincenzo submeteu esta fotografia no grupo do Flickr Your ESO Pictures. Este grupo Flickr é regularmente visitado e as melhores fotografias são seleccionadas para a nossa popular série Fotografia da Semana.

Fonte (transcrição): ESO

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.