Conjunção Lua-Vénus-Júpiter – Sorrisos no Céu

Dia 1 de Dezembro de 2008, houve uma ocultação de Vénus pela Lua que foi visível em todo o país, a partir das 15h26m.

Nos dias anteriores assistiu-se a uma rápida aproximação de Vénus a Júpiter. No dia 30 a Lua entrou também em cena. E no dia 1, juntou-se de tal forma que ocultou Vénus durante hora e meia.

Vénus e Júpiter tiveram a máxima aproximação durante a noite, de 30 de Novembro para 1 de Dezembro. Com os dois planetas separados por pouco mais de 2 graus, a Lua passou em frente de Vénus. Esta passagem – ocultação – teve início pelas 15:30 e terminou pelas 17:04. Começou em pleno dia. Com binóculo, com qualquer máquina fotográfica equipada com teleobjectiva, ou com telescópio, foi fácil ver Vénus a desaparecer atrás da Lua. E o mais curioso foi que, desaparecendo atrás da parte não iluminada, dava a ideia de simplesmente ter desaparecido.
Nesta fase, com telescópio, Júpiter mostrava as duas bandas equatoriais bem notórias, não se conseguindo ver nenhum dos seus satélites.

Escolhemos a Ponta do Sal, em S. João do Estoril, como local de observação. E, logo que o céu abriu, montámos apressadamente o Obsession, num ponto parcialmente coberto por uma laje de cimento, enquanto o Filipe fazia uma recolha de fotografias de Vénus em rápida aproximação à Lua, e mesmo do início da ocultação. Porém, mal tínhamos acabado o alinhamento, começou a chover e tivemos que apontar o telescópio para a parede, para o preservar da chuva, cobrindo-o ainda com um guarda-chuva e com um casaco.

Choveu durante quase uma hora até que, finalmente, fomos recompensados com um céu limpo e transparente, com o reaparecimento de Vénus e com Júpiter em pleno dia, acompanhado por trás das suas luas.
Conseguimos um filme do reaparecimento de Vénus, fotografias para todos os gostos e com vários equipamentos, desde o pequeno refractor do Filipe com a Canon 300D, passando pela Canon 300D com uma teleobjectiva de 300 milímetros com estabilização de imagem, pela câmara ATIK 1C no Obsession, até às fotografias em afocal.
Na saída, Vénus era facilmente observado a olho nu. Muito brilhante, contrastava claramente com a Lua, discreta sob a luz solar. Júpiter também foi observado a olho nu ainda de dia, mas com o Sol já quase no ocaso.

Várias pessoas juntaram-se a nós, interessadas e entusiasmadas. E ficaram maravilhadas com o que viram. Devo dizer que o par Venus-Lua, no Obsession, com a nagler 31mm, era uma imagem de sonho. Com as crateras muito nítidas, com o ângulo de incidência da luz a salientar pequenas crateras no mar das Crises e no mar da Fecundidade, com aquele enorme crescente a abraçar a parte iluminada pelo “luar da Terra” e com Venus em exuberante giba, o cenário ultrapassava as melhores imagens.
Aliás é quase impossível traduzir em imagens a riqueza, os contrastes, as tonalidades de um cenário como este.
Arrumámos o equipamento cerca das 19:00 horas. Mais uma vez tivemos sorte. Não tivemos sorte por acaso. Tivemos sorte porque a procurámos.

(Paisagem com a Lua, Venus e Júpiter)
Outras imagens podem ser vistas, aqui.
Créditos: Alberto Fernando, Filipe Alves, João Gregório, José Ribeiro
atalaia_encontros_fotos_1228181037_9298768

Vejam agora internacionalmente fotos desta conjunção entre a Lua, Vénus, e Júpiter, como se fosse um sorriso de uma face bem longa no céu:

A APOD mostra a mesma conjunção planetária com a Lua a sorrir sobre Los Angeles, nos EUA:
apod conjunção

A mesma APOD mostra um novo sorriso nos céus da Austrália:
australian smile
Mais um sorriso Deponti:
sorriso
smile in the sky
Mike Salway tirou esta foto aos céus de Sidnei, onde o sorriso é visível:
australia conjuncao
E aqui um vídeo dessa conjunção feito pelo mesmo Mike Salway:

2 comentários

1 ping

  1. Quando eu vi este fenômeno foi no dia 01/12/2008 olhei para fora e vi a lua diferente com dois pontos perto dela não sabia o que era, e a minha prima me falou que era a junção da lua,venus e jupiter,foi super massa e muito lindo.

  2. Estamos em casa, por meio de um telescópio observando a conjunção Lua-Júpiter. É madrugada do dia 06/06/2010. Muito lindo!

  1. […] – Astronomia Amadora: Conjunção. João Gregório. Atalaia. Alberto Fernando. Tenerife. […]

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.