Grande Atractor

A galáxia de Andrómeda está a vir na direcção da nossa Galáxia.
A Via Láctea e Andrómeda, e mais 50 galáxias pequenas e pouco massivas, fazem parte do Grupo Local.
O Grupo Local está a movimentar-se na direcção do super-enxame da Virgem, que contém milhares de galáxias.
E todas elas estão a ser puxadas pelo Great Attractor, movimentando-se a cerca de 1,5 milhões de quilómetros por hora.

Em 1986 determinou-se que o Great Attractor encontra-se a 250 milhões de anos-luz da Via Láctea, na direcção da constelação de Centaurus. O Grande Atractor tem 400 milhões de anos-luz de comprimento.

No centro deste Grande Atractor fica o Muro de Centaurus, que inclui o super-enxame Norma ou Abell 3627. Infelizmente, não se consegue ver.

Depois dessa concentração de galáxias existe uma outra, o super-enxame Shapley, mais massivo que o Great Attractor, que se encontra a cerca de 700 milhões de anos-luz de distância, na mesma direcção da constelação de Centaurus, e que também nos puxa a nós e ao denominado Great Attractor.

O Great Atractor (uma concentração enorme de massa fora do nosso Universo Observável) deve ser a razão porque estamos a “movimentarmo-nos numa determinada direcção”, naquilo que se convencionou chamar de “fluxo negro” (Dark Flow).

4 comentários

9 pings

Passar directamente para o formulário dos comentários,

    • Ricardo Fagundes on 29/04/2014 at 15:24
    • Responder

    Carlos, as galáxias não estão se afastando? Ou há um ponto de concentração? E se sim, qual a consequência?
    Abçs

    1. Sim, estão se afastando.

      Mas também existe uma grande parte do Universo (as galáxias nele) que estão se afastando em direção a uma determinada direção… não se sabe de quê… pensa-se que o Grande Atrator.

      abraços

  1. muito bom, Carlos, gosto mesmo dessas postagens bem educativas, super interessantes, nos mergulhando mais e mais no espaço profundo. abraço estrelado, Janine Milward

    1. Obrigado Janine 🙂

  1. […] de todo o Grupo Local de galáxias) era somente devido à atração gravitacional. O suspeito era o Grande Atractor, uma região densa do espaço, com 6 aglomerados de galáxias a cerca de 150 milhões de anos-luz […]

  2. […] por uma equipa internacional de astrônomos, levando a uma nova luz sobre o entendimento do Grande Atrator – uma concentração difusa de massa a 250 milhões de anos-luz de distância, que está puxando […]

  3. […] Grande Atrator é uma concentração de massa difusa que puxa a Via Láctea e milhões de outras galáxias em sua […]

  4. […] mesmo estudo sugere que o chamado Grande Atrator deverá ser um vale gravitacional, porventura central/principal no Laniakea, que deverá estar a […]

  5. […] Imagem Profunda. Prémio Nobel da Física pela Expansão do Universo. Vazio Cósmico. Tempo. Grande Atractor. Energia Negra. Matéria Negra. Simulação Bolshoi. Mapa do Universo. Côr. Vega estrela polar. […]

  6. […] pertence ao Aglomerado da Norma, um aglomerado de galáxias que se encontra perto do chamado Grande Atractor, uma região do espaço que se encontra a cerca de 200 milhões de anos-luz de distância da Via […]

  7. […] que sabemos existirem, e a forma como se movimentam e são atraídos gravitacionalmente pelo Grande Atractor. As cores vermelha e amarela denotam zonas de atracção. Azul escuro são zonas […]

  8. […] de mais, peço-vos para lerem atentamente este artigo sobre o Grande Atrator. É lá dito que o super-enxame da Virgem, do qual fazemos parte, está a […]

  9. […] agora estamos a movimentar-nos numa direcção, devido ao Great Atractor que nos está a atrair – a tal enorme massa que existe para lá do nosso Universo […]

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.