Mais imagens de 21 Lutécia!

Já foram publicadas mais imagens do asteróide 21 Lutécia no blog da missão Rosetta. Vale a pena fazer uma visita! Entre as primeiras imagens de alta-resolução da superfície do asteróide vão encontrar esta espectacular imagem de Lutécia ao lado do planeta Saturno!


21 Lutécia e o distante planeta Saturno, numa imagem captada pelo sistema de imagem OSIRIS, a 36 mil quilómetros do asteróide, durante a fase de aproximação da sonda Rosetta à sua superfície.
Crédito: ESA 2010 MPS para a equipa OSIRIS/MPS/UPD/LAM/IAA/RSSD/INTA/UPM/DASP/IDA.

6 comentários

1 ping

Passar directamente para o formulário dos comentários,

  1. Olá Luis,

    Eu vejo bem o vídeo que enviaste (no site da BBC).
    Tem imagens excelentes.
    🙂

  2. Desculpem, aparentemente há algo errado com o link. Aqui vai um link para a história na BBC mas sem o vídeo 🙁

    http://news.bbc.co.uk/2/hi/science_and_environment/10587674.stm

  3. Vejam este link com da BBC com um vídeo espectacular e uma explicação em inglês

    http://news.bbc.co.uk/2/hi/science_and_environment/10588997.stm

  4. planetary.org…

    Mário,

    O seu comentário é tirado a papel químico de quem criticou o desenvolvimento da internet nos primeiros anos, quem criticou os irmãos Wright pela porcaria de avião que mal saía do chão e que não era nada prático, quem criticou o desenvolvimento de computadores (só serem feitos para jogos de crianças), e basicamente quem criticou ignorantemente o progresso tecnológico em que se vive.

    Sabe que há muito mais água tratada para, por exemplo, estender às crianças de África devido à NASA e aos seus satélites espaciais?

    Sabe que há muitas mais pessoas actualmente a chegar aos 80 anos, devido aos avanços científicos, que são passo a passo, sendo que cada passo parece “sem resultados práticos”?

    Convido-o a ler os posts que se encontram sob a categoria “Vantagens da Exploração Espacial”.
    Aí encontrará CENTENAS de vantagens práticas na nossa vida diária, destas missões espaciais.

    Neste caso do asteróide, além de um maior conhecimento sobre o asteróide (é que não é só imagens bonitas), permite-nos saber mais sobre o nosso futuro (e se amanhã vier um igual bater em nós? Acha que o destino dos dinossauros não tem importância?), e até nos poderá expandir em termos económicos e de recursos minerais (que os asteróides têm).
    Além de outros aspectos, que certamente estarão pela net em sites sobre esta missão.

    E já agora, há-de-me dizer quanto é que o Mário pagou de impostos para esta missão ao Lutécia. 0. Logo, foi um tiro no pé.
    Passo a explicar:

    A missão total custou mil milhões de euros.
    http://www.planetary.org/explore/topics/rosetta/facts.html
    Tendo em conta a população dos países da ESA, isso dá cerca de 2 euros a cada pessoa.
    Comparando 2 euros por pessoa nestas fantásticas missões científicas, com o que cada pessoa esbanja por dia em banalidades, como tabaco, revistas “côr-de-rosa” para ler sobre a vida dos outros, etc e tal… realmente tem muito que se queixar destas missões…

    Já agora, esta missão, no seu total, custa menos que 2 dias de guerra no Iraque (a missão custa 1,2 mil milhões de dólares e 1 dia no Iraque custa 720 milhões de dólares).
    Qual será melhor? Qual deverá ser poupada?

    MAS, e mais importante que tudo, tendo em conta que a missão é na verdade ao cometa 67P/Churyumov-Gerasimenko, em que se pretende pousar nesse cometa em 2014, sendo que a passagem por este asteróide é simplesmente algo que “está a caminho” e por isso não custa nada… então a missão ao Lutécia é simplesmente um presente (grátis).

  5. tirando os psíquicos loucos e cientistas egocêntricos, tirando todos os impostos pagos para que esta “missão” tivesse lugar, continua a existir neste mundo quem estenda a sua mão para um simples copo de agua. não duvido do interesse cientifico de tamanho feito, nem sequer da imensa pontaria necessária para o atingir, mas duvido seriamente dos resultados práticos para este pequeno ponto onde vivemos.

  6. Fantástico! 🙂

    E pensar que não foram psíquicos e demais pseudo que nos levaram a esse asteróide, mas sim a ciência e o processo científico, que está constantemente a fazer “hole in one”.

    Ou seja, é a ciência que quase por artes mágicas para o comum dos mortais, consegue enviar uma minúscula sonda para os confins do universo e acertar no espaço e tempo certos…

    Incrível! 🙂

    Isto sim, parece tirado “do outro mundo” e ser “inacreditável” 😉

  1. […] Mais imagens de 21 Lutécia! […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.