Noite de Observação

draco constellation

Ontem foi mais uma noite de de observação no clube celta, com o Miguel Pinto.

Um dos objectos que vimos foi a nebulosa do olho do gato a NGC 6543.

Esta nebulosa está na constelação do Dragão.

Ao telescópio mostra uma bola branca. A fotografia em baixo mostra a imagem tirada pelo observatório Chandra.

“Estruturalmente é uma das nebulosas mais complexas conhecidas tendo-se observado em imagens de alta resolução do Telescópio Espacial Hubble mostrando jorros de material e numerosas estruturas em forma de arco.

Foi descoberta por William Herschel em 15 de Fevereiro, de 1786 e foi a primeira nebulosa planetária cujo espectro foi pela primeira vez pesquisado sendo este trabalho realizado pelo astrônomo amador William Huggins em 1864.

Os estudos modernos revelam uma natureza complexa com intrincadas estruturas que poderiam ser causadas por material ejectado por uma binária acompanhando a estrela central. No entanto não há evidências diretas da presença desta parceira estelar. Também as medidas de abundâncias de elementos químicos revelam uma importante discrepância entre as medidas obtidas por diferentes métodos indicando que há aspectos desta nebulosa que permanecem ainda sem ser compreendidos.”

Crédito Wikipédia

Também vimos Júpiter e os seus satélites

O Miguel Pinto está a construir um objecto para podermos ver o céu com os binóculos, sem termos que segurar os binóculos.  Ainda não posso por imagens, porque ainda é só um prototipo. 🙂 Neste aparelho  vimos bem Júpiter e os satélites  sem os binóculos tremerem.

Mais uma noite bem passada.

10 comentários

Passar directamente para o formulário dos comentários,

    • Guilherme Brum on 23/07/2015 at 23:47
    • Responder

    Essa ai é a Eta Carinae?

    1. http://fotos.sapo.pt/q7wcQ2FUGErH8dz7EftG/

      Nebulosa Olho de Gato.

  1. Carlos,

    Como lhe disse em cima, sobre o telescópio ou saídas para observação, o melhor é entrar na nossa lista, e perguntar por lá
    😉

    • Nuno Filipe Coimbra on 13/09/2010 at 15:21
    • Responder

    Em relação ao telescópio, qualquer telescópio poderá servir para iniciação. É claro que há uns melhores que outros, mas como não conheço o seu, não posso dizer muito mais. 🙂

    • Nuno Filipe Coimbra on 13/09/2010 at 15:19
    • Responder

    Eu moro perto do “estádio” do Valonguense, junto ao “bike park”.

    Da próxima vez que a malta sair, esteja atento. 😉

  2. Ah, e quanto ao telescópio? É bom para iniciação?

  3. Olá Nuno,

    Eu vivo perto do El leClerc. Na nova Avenida. É lá, do topo do prédio que tento fazer as abservações. E o Nuno?

    • Nuno Filipe Coimbra on 13/09/2010 at 14:42
    • Responder

    Olá Carlos. De facto, o Polaris tem andado parado há imenso tempo, por diversas razões. Mas nós reuniamo-nos normalmente na zona de Alvre, perto de Recarei e ocasionalmente no Merujal, Serra da Freita.

    Siga a sugestão do Carlos e subscreva a nossa lista. Na proxima vez que a malta sair, saberá por lá.

    É de que zona de Valongo? Vamos a ver ainda somos vizinhos… 🙂

  4. Olá,

    Sim. Existem esses grupos.

    Entre na nossa lista de discussão e pergunte por lá.
    O grupo Polaris, ao qual pertence o Nuno Coimbra, por exemplo, é da zona do Porto e circundantes (como Valongo).

    http://groups.google.com/group/astro-PT/

    abraço!

  5. Olá,

    Tenho uma grande curiosidade pela astronomia desde pequeno. No entanto a minha familia nunca me pode comprar um telescopio pelo que me singia a apreciar o que via a olho nu, ou na televisão. Ainda assim agora com 32 anos, comprei o meu primeiro telsecopio. Penso que seja refractor, 70×900. Traz duas lentes de 9 e 20, acho. Não sei se fiz boa compra, mas como vivo em Valongo, e como tenho dois filhos pequenos o tempo livre para sair de casa para a serra é pouco, e assim tenho de me contentar a observar da varanda ou do terraço no topo do prédio. É um Bosma F70x900. Será que é razoavel para iniciação?
    Não tenho muita experiencia a focar com o telescopio para os pontos pretendidos. Demoro sempre pelo menos 10 minutos para conseguir observar pela lente Saturno.
    Vi exacatemente este planeta no dia 11 de Setembro, com as luas alinhadas. Foi fantástico. Acho que isto deve acontecer só com um intervalo de alguns anos não?
    A minha questão é, será que existem encontros onde várias pessoas se juntam para fazer observações? Workshops? É que tenho muitas duvidas, e gostava de coloca-las, assim como aprender novas tecnicas, e experimentar a observação com outro tipo de equipamento, para poder diferenciar o que cada um tem de bom e de mau.

    Muito Obrigado,
    Carlos

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.