Galáxia de Andrómeda

M31_HERSCHEL

Andrómeda tem o dobro do tamanho da nossa Via Láctea, e contém centenas de milhares de milhões de estrelas.
Actualmente, Andrómeda está a pouco mais de 2 milhões de anos-luz de distância, mas está a aproximar-se de nós à incrível velocidade de 500 mil kms/h.
Daqui por 3 mil milhões (bilhões, no Brasil) de anos, Andrómeda e Via Láctea vão colidir. A “dança gravitacional” da colisão durará cerca de mil milhões (bilhão, no Brasil) de anos, até ficar somente uma galáxia elíptica.

Andromeda_galaxy-infrared

A galáxia Andrómeda vista em diferentes comprimentos de onda (fonte: Universe Today):

M31_andromeda_H

(cliquem sobre as imagens para as ampliarem)

(Créditos: Telescópio Espacial Herschel, Telescópio Espacial XMM-Newton. Infravermelhos: ESA/Herschel/PACS/SPIRE/J. Fritz, U. Gent; Raios-X: ESA/XMM-Newton/EPIC/W. Pietsch, MPE; Óptico: R. Gendle)

4 comentários

1 ping

Passar directamente para o formulário dos comentários,

  1. Olá,

    Contacto é excelente, mas a sua ideia está de acordo com o livro The Listeners.
    O Contacto é baseado no The Listeners, mas já não tem a sua ideia
    😉

    abraço!

  2. Apreciei a sua resposta pronta, e obrigado.
    Quanto ao filme Contacto, desconhecia e fui encontrá-lo no astroPT: http://www.astropt.org/2009/07/25/contacto/.
    E tal como recomenda irei “estudá-lo” para reflectir um pouco mais.
    Cumps.

  3. “quando muito podemos afirmar que Andrómeda há 2 milhões de anos atrás aproximava-se da nossa Via Láctea à incrível velocidade de 500 mil kms/h.”

    Não há nada a dizer. Tem toda a razão!
    😉

    Quanto ao seu postulado final, o filme Contacto é baseado no conto de Sagan, do mesmo nome, que é baseado no livro The Listeners, de James Gunn. Nesse livro, o que acontece é que uma civilização manda uma mensagem, mas devido às distâncias (dentro da nossa galáxia), quando recebemos essa mensagem, eles já não existem como civilização.
    😉

  4. Olá Professor Carlos Oliveira,

    Após alguma reflexão sobre este post, gostaria de deixar um reparo de algum cepticismo quanto á precisão do conteúdo da mensagem. Muito embora a fonte da mesma (Universe Today) nos mereça todo o crédito.

    “Actualmente, Andrómeda está a pouco mais de 2 milhões de anos-luz de distância, mas está a aproximar-se de nós à incrível velocidade de 500 mil kms/h.”

    O conceito ano-luz (distância) e ano (tempo 365 dias) têm significados distintos, mas traduzem uma mesma realidade quer na distância quer no tempo que a luz demora a percorrer essa distância.

    A expressão “actualmente” parece-me inadequada no contexto da mensagem, dado que quando muito podemos afirmar que Andrómeda há 2 milhões de anos atrás aproximava-se da nossa Via Láctea à incrível velocidade de 500 mil kms/h.” Isto porque as imagens obtidas pelas observações feitas mesmo com infravermelhos, apenas nos permitem mostrar como era e o local onde se encontrava a Andrómeda há 2 milhões de anos atrás.

    Sendo que, como se sabe hoje todas as galáxias têm o seu movimento no Universo, tanto a Via Láctea como a Andrómeda passados 2 milhões de anos estarão em locais diferentes e a uma distância que no meu entender não é possível determinar com precisão.

    Estamos a lidar com imagens de um passado de há 2 milhões de anos. Assim e em conclusão, também não será possível antever com precisão o choque destas duas galáxias daqui, por 3 mil milhões de anos. Também não é preocupante. O meu comentário pretende apenas uma melhor clareza de conhecimento.

    Este raciocínio leva-me a um postulado curioso: Quaisquer que sejam as realidades de vida biológica nas galáxias existentes no universo elas distam entre si entre um passado e um presente em anos, equivalente às distâncias que as separam em anos de luz. Como ainda não é possível tornar um passado real, (regredir no tempo) a vida extra terrestre, nomeadamente a extra via láctea não tem forma conhecida possível de comunicar.

    Gostaria de ler retorno desta questão.

    Cumps.

  1. […] Arp 274. Girassol. Markarian 739. Objecto de Hoag. Quinteto de Stephan. Via Láctea. Andrómeda (comprimentos de onda). Milkomeda. Grupo Local. Evolução. Nuvem de Smith vai colidir com Via […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.