Dia da Cosmonáutica – 50 anos de Gagarin

Hoje celebra-se os 50 anos desde que o Homem viu pela 1ª vez a Terra a partir do espaço.

A 12 de Abril de 1961, Yuri Gagarin, aos 27 anos de idade, tornou-se o primeiro ser humano a ir ao espaço, a bordo da nave Vostok 1.
Foi o primeiro humano a ver a Terra a partir do espaço.

A partir dessa data, a Humanidade mudou – a sua visão do Universo modificou-se para sempre.
A Humanidade tornou-se uma civilização espacial.

Temos escrito vários posts sobre este assunto. Vejam esta categoria.

Podem também ler outros artigos noutros sítios, aqui, aqui, aqui, aqui, e aqui.

Hoje também se celebra a Noite do Yuri, com muitas festas, observações, palestras, encontros, e atividades por todo o mundo.

Até o Google entrou na “dança”. Vejam a animação na página do Google.



38 comentários

1 ping

Passar directamente para o formulário dos comentários,

    • Margarida Vicente on 29/11/2015 at 21:21
    • Responder

    Boa tarde,

    Faço parte da Direcção da Associação Yuri Gagarin,com sede em Lisboa e andava a pesquisar sobre o Dia da Cosmonautica que iremos comemorar em Abril do próximo ano.

    Achei curiosa a vossa troca de impressões sobre as declarações de Gagarin na sua missão espacial.
    Ando a pesquisar sobre filmes que poderemos projectar,desde que com legendas em português. temos muitos sócios que sabem russo,mas a maioria não sabe.

    Desculpem intrometer-me! Envio saudações cosmonáuticas
    Margarida Vicente
    mar.5.silva@hotmaqail.com

    1. Olá Margarida,

      Porque não o filme “Os Eleitos”?

      abraços

  1. A missão durou 106 minutos…

  2. Agora mudando de tema; Afinal Yuri Gagarin esteve 106 ou 108 minutos a bordo da Vostok 1? 🙂

  3. Claro que têm que dizer isso… mas é mais hype que outra coisa qualquer.

    Se ele batesse, faria estragos, devido ao tamanho dele… e isso é anormal.

    Mas não há risco de bater, por isso deixa de ser importante, por não ter consequências. 😉

  4. Aproveitaram o facto de estarem a falar de Astronomia e Exploração Especial para colocarem essa notícia. Contudo já li em vários websites que até é um pouco diferente do que os que normalmente passam perto da Terra. “Don Yeomans, cientista da agência espacial norte-americana, classificou o asteróide 2005 YU55 como “potencialmente perigoso”. “Ninguém esperava um objecto deste tamanho nos próximos 30 anos”, acrescentou.”
    http://tvnet.sapo.pt/noticias/detalhes.php?id=66528
    http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/ultima-hora/asteroide-mais-proximo-da-terra
    http://www.jn.pt/PaginaInicial/Sociedade/Interior.aspx?content_id=1827775

    Agora mudando de tema; Afinal Yuri Gagarin esteve 106 ou 108 minutos a bordo da Vostok 1? 🙂

  5. Essa notícia sobre o asteroide está em Draft, para sair em Novembro. 😉
    Não tem nada de “especial”.
    Constantemente passam asteróides aqui perto, como até divulgamos por aqui 🙂

  6. Realmente já não me lembrava da capa do “Diário de Notícias”… mas de facto são uma minoria.
    O “Diário de Notícias” também aborda o Asteróide 2005 YU55, de 400 metros de diâmetro, que vai passar a 0,85 distâncias lunares (cerca de 200 mil quilómetros) da Terra no dia 8 de Novembro deste ano.

  7. desconhecia a notícia sobre a estátua… vou colocar em post. Cheers 😉

  8. A primeira vez que um lançamento siviético foi transmitido em directo, se não estou em erro, foi a missão Soyuz-19 que participou no Programa ASTP.

    Também não me recordo se o lançamento do PoSat foi transmitido em directo. Com a chegada da TV por cabo, comecei a assistir a todos os lançamentos em directo do vaivém espacial e das missões russas (quando a CNN fazia esse favor).

    Recordo também o «regresso» do Columbia e a percepção de que algo havia corrido muito mal logo naqueles minutos em que não há sinais do vaivém.

  9. Penso que o Público terá uma secção àparte só sobre isto. O que é excelente.

    Tive a ver as capas dos jornais:
    http://noticias.sapo.pt/banca/nacional/#
    O Diário de Notícias também fala disso.

    Mas é “normal” que não falem ou que seja só uma pequena parte do jornal.
    Afinal, não é uma notícia importante…
    Os Humanos passarem a viajar pelo espaço, não é importante.
    As milhares de vantagens na nossa vida diária, que existem por explorarmos o espaço, não são importantes.
    O que é importante é escrever artigos sobre política, porque essa sim é que é importante para nós, porque nós é que temos que decidir entre um que é ou não é engenheiro, ou outro que sempre viveu dos impostos dos outros, ou outro que vai prá reforma com 20 anos de “trabalho” dos impostos dos outros ganhar 3000 euros por mês, ou outro que faz promessas e não as cumpre, etc… ou seja, é importante que consigamos escolher entre quem mente e quem engana….
    O que realmente conta é continuar a estupidificar a população com notícias de curto prazo que servem só para controlar a população, com notícias que em qualquer sociedade minimamente inteligente seriam só lixo…
    Já conhecimento intemporal… conhecimento na verdadeira asserção da palavra…. isso não é importante.
    enfim… 🙁

  10. Pois 😉
    Hoje fiquei um pouco desiludido, pois apenas o “Público” fez uma pequena referência ao voo épico de Gagarin e os outros jornais diários nacionais não abordaram esse tema (pelo menos não vi mais nenhuma capa com essa menção)…

  1. […] – Astronáutica: NASA. Astronautas. Gagarin. Vladimir Komarov. Shepard (aqui). Robô. Humor, ao lado. Estação Espacial Internacional. […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.