Cometa desconhecido irá bater na Terra em 2016?

Quando um meteoro raspa os céus, brilhando perceptivamente, chamamos-lhe estrela cadente.
Quando a Terra passa por uma zona onde um cometa passou antes, essa zona está cheia de pó deixado pelo cometa. Esse pó entra na atmosfera terrestre e desintegra-se, irradiando brilho, a que chamamos estrela cadente.
Todos os anos passamos por essas mesmas zonas da órbita terrestre onde existe esse pó. Ao passar por essas zonas, todos os anos, nos mesmos dias, chamamos a esses períodos, Chuvas de Estrelas ou Chuvas de Meteoros.

Existem inúmeros cometas. Mas o Sistema Solar é muito grande. Por isso, é relativamente raro os cometas passarem exactamente pela órbita da Terra (podem passar acima, abaixo, pela esquerda, pela direita, ou nem sequer perto).
E quando passam pela órbita da Terra, como ela é enorme, o que acontece quase sempre é que a Terra não está nesse ponto da órbita.
Como o cometa vai deixando uma cauda para trás, então esse pó que foi deixado, fica na órbita da Terra. Quando a Terra passa por lá, todos os anos, “chove” esse pó pela atmosfera, em eventos a que chamamos chuvas de meteoros.

As mesmas chuvas de meteoros mudam de intensidade de ano para ano.
Visualizando a órbita da Terra em 3 dimensões e não linear, por vezes a Terra pode passar pelo meio desse pó (e será uma excelente chuva) ou passar mais acima ou mais abaixo ou ligeiramente ao lado (e teremos decepções com essas chuvas).

Existem várias dezenas de chuvas de meteoros todos os anos. Todas se devem a cometas que já passaram por aqui há muitos anos. Não há perigo desses cometas passarem exactamente pelo mesmo sítio que dantes (devido às influências gravitacionais ao passar perto do Sol) e que dessa vez a Terra esteja lá.
E mesmo que passem perto e frequentemente, conhecemos esses cometas de curta órbita e não têm perigo, como o cometa Encke que tem uma órbita de 3 anos.

Foi anunciada agora a descoberta de mais uma chuva de meteoros, por Peter Jenniskens.
O pó e detritos na órbita terrestre devem-se certamente a um cometa que terá passado por aqui no passado.
No entanto, esse cometa é desconhecido. Conhecem-se mais de 4000 cometas, e nenhum deles será o causador desta chuva.
Não se sabe qual o cometa que originou esta chuva de meteoros, mas deve ser certamente um cometa de longa duração – ou seja, demorará centenas, milhares, ou milhões de anos a voltar para perto do Sol e da Terra.

Peter Jenniskens juntamente com Esko Lyytinen, ambos astrónomos, previram que esta chuva de meteoros será tão boa para se estudar melhor talvez em 2016 ou 2023, e depois só em 2076. A chuva de meteoros (as estrelas cadentes que todos gostamos de ver no céu) que o Peter Jenniskens descobriu este ano poderão voltar com esta intensidade em 2016 ou 2023.
O cometa que originou esta chuva não voltará nas próximas centenas, milhares, ou milhões de anos – ou seja, não se sabe quando volta porque nem se conhece qual o cometa, mas sabe-se que é de longa duração por isso nós (a nossa geração) não o verá de certeza. E quando voltar daqui por centenas, milhares, ou milhões de anos, poderá passar muito longe da Terra – seria um absurdo afirmar que é um cometa perigoso quando nem sequer sabemos qual cometa é.

Podem ler esta notícia, aqui.

Repetindo os pontos principais:
– nova chuva de estrelas descoberta este ano. É mais uma para juntar a dezenas delas que até temos periodicamente todos os anos.
– a causa desta chuva de estrelas é um cometa desconhecido de longa duração.
– esta chuva de estrelas poderá vir com esta intensidade deste ano só em 2016 ou 2023, e depois só em 2076.
– o cometa desconhecido que passou por aqui e deixou o pó, não voltará nas próximas centenas, milhares, ou milhões de anos.

Esta é a notícia.
Alguém está com medo?
Não, obviamente. Porque não há razão para ter medo de chuvas de estrelas (afinal, elas são espectáculos magníficos que acontecem dezenas de vezes por ano). Nem há razão para ter medo de um cometa desconhecido que não voltará porventura nos próximos milhares de anos.

Agora, se quiserem, façam uma pesquisa no Google por esta notícia.
Há já milhares de websites pseudos a dizerem que um cometa desconhecido vai acabar connosco em 2016!!!
Alguns websites até falam do cometa Elenin, dizendo que estão ligados.
Outros websites dizem que estamos a entrar numa era em que há muitos cometas a vir na nossa direcção e isso é fruto da ira de [inserir entidade extraterrestre que nos quer matar].

A verdade é que isto não tem nada a ver com o Elenin, nem sequer estão a vir mais cometas – simplesmente actualmente temos mais informações sobre os cometas que andam por aí. Sabemos muito mais sobre os assuntos, temos mais conhecimento sobre os assuntos… o que para os pseudos quer dizer que não sabemos nada e só eles é que sabem.

Resumindo e concluindo: uma notícia perfeitamente inócua da descoberta de mais uma chuva de estrelas leva logo a que os pseudos troquem tudo e inventem mentiras de modo a vigarizar as pessoas sobre a descoberta, incutindo-lhes medos irracionais baseados em informações falsas.

Todas as semanas os pseudos lembram-se de inventar e divulgar uma mentira nova.
Qual será a mentira da próxima semana?
E, mais importante, há forma de curar as diarreias mentais dos pseudos?

14 comentários

1 ping

Passar directamente para o formulário dos comentários,

  1. diarreias mentais ? ahahah acredito que seja mesmo isso, é verdade existe cada teoria

    • Atamar Chalub on 06/11/2015 at 18:44
    • Responder

    Seguinte rapaziada, asteroides e cometas de curto periodos os astronomos ja sabem e conhecem suas orbitas e seria relativamente facil nos preparamos, mas os assustadores mesmo são os cometas de longa duração que ainda não conhecemos, tipo que passou por aqui a centenas ou milhares de anos, do tamanho tipo o 109P/Swift-Tuttle coisa de uns 20 km ou mais, ai filhinhos não adianta nem rezar que a nossa casa ia cair mesmo…….kkk

  2. Bom dia!
    Entendido!
    Cada vez falam novas mentiras por aí né, confesso que falam de um jeito que acabo por acreditar, mesmo desconfiando.
    Desculpe-me, a intenção do link foi apenas para você ver o que andam vigarizando por aí, e não tive a intenção de promover!

    Obrigado pela atenção!
    🙂

  3. Olá, bom dia!

    Li a matéria do seguinte link:

    (…)

    – Senti um pouco, ou muito, de pessimismo e alarme, mas, há alguma possibilidade do asteroide NT7 cair na Terra em 2019 ou em outro ano?

    – Não teríamos mesmo tecnologia para desviar algum meteoro, ou asteroide, outros?

    – E outra coisa, mas não tem relação com esse asteroide, que teria 6 dias de escuridão na Terra em 2015. Isso é verdade?

    Obrigado

    1. Robert,

      Por favor, não publicite neste blog vídeos vigaristas 😉

      Como já sabe pelas dezenas de vezes anteriores em que fez perguntas semelhantes, o que leu é obviamente mentira.
      Também já sabe que vídeos no Youtube não são fonte para assuntos de ciência 😉

      Asteroide NT7:
      http://www.astropt.org/2011/01/28/asteroide-ira-acabar-com-a-vida-na-terra-em-2019/

      Desviar asteroides:
      http://www.astropt.org/2011/11/11/formas-de-desviar-asteroides/

      Nenhum asteroide provoca escuridão na Terra. Essa treta de escuridão já tem anos e sempre foi mentira.
      http://www.astropt.org/2011/09/26/3-dias-de-escuridao/
      http://www.astropt.org/2014/10/28/6-dias-de-escuridao/

      abraços

  4. eu não vou cair nessa de novo

  5. Li em um lugar que o asteroide “eros” vai colidir com a terra em 2016

    1. Não. Nada a ver uma coisa com a outra.

        • carla on 07/09/2014 at 02:42

        eu não vo cair mais nessa por que falaram que o mundo ia acabar em 2014 e não acabou so deus sabe quando o mundo vai acabar

  6. Já inventaram…

    http://noticias.terra.com.br/mundo/noticias/0,,OI6349859-EI8143,00-Coreia+do+Norte+diz+ter+encontrado+toca+de+unicornio+montado+por+rei.html

    1. LOL 😀

  7. Bem, já não é o Nbiru, ou abrandou a marcha para passar em 2016?
    Como alternativa, os ETs estão a fazer tiro ao boneco com calhaus; neste caso a Terra é o boneco!

  8. Belo post Carlos esclarecedor, mais já estavam inventando noticia de novo.

  9. “E, mais importante, há forma de curar as diarreias mentais dos pseudos?”

    Sim, com um clister…. mas eu não me voluntario para o aplicar!

  1. […] Lista + 10 + 11 + infografia. Ig Nobel. 1910. 2008. 2010. 2010. 2011. 2012. 2013. 2014. 2014. 2016. 2017. 2019. 2020. 2021. 2023. 2027. 2032. 2036. 2040. 2060. 2061. 2110. 2182. 2880. […]

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.