Google+

«

»

Ago 12

Perseidas 2011

Crédito: Adrian West

Esta noite, de 12 para 13 de Agosto, é o pico da chuva de estrelas conhecida como Perseidas.
Este ano a chuva vai ser fraca devido ao brilho da Lua Cheia, no entanto tentem na mesma ver esta chuva já que espera-se uma média de 50 meteoros (estrelas cadentes) por hora.
O radiante é na constelação de Perseus.

Leiam detalhes sobre o que observar e como observar, neste post.

Acerca do autor(a)

Carlos Oliveira

Carlos F. Oliveira é astrónomo e educador científico.
Licenciatura em Gestão de Empresas.
Licenciatura em Astronomia, Ficção Científica e Comunicação Científica.
Doutoramento em Educação Científica com especialização em Astrobiologia, na Universidade do Texas.
Criou e leccionou durante vários anos um inovador curso de Astrobiologia na Universidade do Texas.
Foi Research Affiliate-Fellow em Astrobiology Education na Universidade do Texas em Austin, EUA.
Trabalhou no Maryland Science Center, EUA, e no Astronomy Outreach Project, UK, recebeu dois prémios da ESA, e realizou várias palestras e entrevistas nos media.

11 comentários

1 ping

Passar directamente para o formulário dos comentários,

  1. Carlos Oliveira

    Partilhem estes posts sobre as Perseidas e avisem os vossos amigos 😉

    E vão colocando aqui nos comentários aquilo que forem vendo nos céus 😉

  2. Dinis Ribeiro

    Não sei se alguém com equipamento de rádio-amador está a ler isto, mas (como se sabe) os meteoros dixam rastos de gás ionizado que refelectem as ondas rádio:

    1) http://www.astrosurf.com/luxorion/qsl-meteor-scatter.htm

    2) http://en.wikipedia.org/wiki/Meteor_burst_communications

    A ionosfera http://pt.wikipedia.org/wiki/Ionosfera é muito “eléctrica”, e também muito mais sensível a várias coisas, incluíndo os Tsunamis, que geram alterações na pressão atmoférica que se propagam até grandes altitudes.

    1) http://www.agu.org/pubs/crossref/2010/2010GL044479.shtml

    2) http://www.nature.com/news/2010/100914/full/news.2010.467.html

  3. João

    Digam me so uma coisa, eu moro num sitio onde tipo, tem muita luz, mas consigo ver estrelas, mas nao sao muitas, por causa da luz artificial e isso, sera que da para ver tanto como se tivesse num sitio sem luz?
    cumps,

    1. Carlos Oliveira

      Olá,

      É sempre melhor ir para um sítio sem luz.
      Se está num sítio com muita poluição luminosa, então nada ou muito pouco vai ver 🙁

      Não consegue fugir, no mínimo, das luzes nas ruas e casas?
      É que isso já ajudava 😉

      abraço!

  4. elsa

    entre as 23h20 e as 00h00 vi 2 meteoros

  5. Carlos Oliveira

    Foram brilhantes? 🙂

    Eu ontem vi 3 em pouco tempo… cerca de meia-hora.

    Hoje parece que está enublado em Portugal, por isso vai ver-se pouco 🙁

    O Meteorwatch tem reportado vários meteoros:
    http://www.meteorwatch.org/meteor-map/

    Internacionalmente, estão a ser reportados cerca de 20 meteoros por hora:
    http://www.imo.net/live/perseids2011/

    Esta noite é o pico, mas amanhã também haverá Perseidas 😉
    Pode ser que se veja melhor amanhã em Portugal 😉

  6. Felipe

    Nao estou vendo nada por enquanto

  7. Carlos Oliveira

    Eu vi 5 Perseidas bem brilhantes 🙂

  8. Dinis Ribeiro

    Algumas ideias:

    The Ghost of Fireballs Past
    http://science.nasa.gov/science-news/science-at-nasa/1998/ast22dec98_1/

    Science Balloon Captures Eight Fireballs on Video from 100,000 Feet Up.
    http://science.nasa.gov/science-news/science-at-nasa/1998/ast18nov98_1/

    The way in which a meteor reflects radio waves essentially depends on the density of free electrons in the trail. http://www.imo.net/radio/reflection

    Leonids Sample Return payload has been found
    http://science.nasa.gov/science-news/science-at-nasa/1998/ast23nov98_1/

  9. Sérgio Paulino

    Embora tivesse boas condições, não tive muito tempo (a birra de sono do meu filho não me deixou ficar até mais tarde). Vi só duas perseidas. 🙁

  10. Nuno Almeida

    Na noite de 12 para 13 de Agosto, devido às condições atmosféricas, não vi nenhum meteoro.
    Na noite de 13 para 14, apesar deste ano a lua Cheia não permitir ver muitos meteoros, consegui ver cerca de 10 após a meia-noite. 😉

  1. TOP 100

    […] Chuvas de Meteoros: Quadrantidas. Líridas (2013, 2012). Eta Aquarids, Perseidas (2013, 2011 (aqui), 2010, 2009), Dracónidas (e aqui), Leónidas, Geminídeas. […]

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>