Fantasia planetária – Nibiru

Uma página muito interessante na Super-Interessante:

“A internet converteu Nibiru num fenómeno de massas: os milhões de seguidores deste planeta inexistente, nascido da fértil imaginação do escritor pseudo-científico Zecharia Sitchin e suposto lar da poderosa raça alienígena dos Anunnaki, estão convencidos de que ele chocará com a Terra em 2012.
O astrónomo David Morrison, do Instituto de Astrobiologia da NASA, estima que haja uns dois milhões de páginas da internet dedicadas quase exclusivamente a discutir este assunto. Todos os dias, ele próprio recebe mais de cinco mensagens de correio electrónico com perguntas diversas sobre o hipotético e apoteótico fim do mundo. Além de Sitchin, temos de agradecer a Nancy Lieder, uma mulher que diz estar em contacto com extraterrestres (os zetas), graças a implantes que aqueles lhe colocaram no cérebro, e que anunciou a terrível notícia em 2004.
Na realidade, a ideia nem sequer é muito original. Há umas décadas, o colombiano Joa­quín Amortegui Valbuena, mais conhecido como V.M. Rabolú, já sustentava que o enorme planeta Hercólubus (tão fictício como Nibiru) se aproximaria catastroficamente do nosso, com o objectivo de depurar a aura terrestre, seja lá isso o que for.”

Neste post sobre o cometa Elenin, eu já tinha falado do Nibiru. Estas foram as minhas palavras:

O chamado planeta Nibiru foi imaginado por Zecharia Sitchin, que nada percebendo de ciência (incluindo astronomia), decidiu dizer que há um planeta gigante que passa por aqui periodicamente e que traz uma raça de extraterrestres chamada Anunnaki.
Podia dizer que era o Pai Natal, mas decidiu simplesmente mudar o nome e chamou-lhe planeta Nibiru. A crença é a mesma, o disparate é o mesmo, só muda o rótulo.
Qualquer pessoa minimamente inteligente perceberia que esta pessoa, das duas uma: acredita naquilo que imagina e por isso deveria ser internado (como qualquer outra pessoa com problemas mentais e que imagina ser o Napoleão, etc), ou não acredita mas decide vigarizar as pessoas de modo a fazer montes de dinheiro. Tendo em conta a quantidade de livros que ele vendeu, então penso que se percebe que ele simplesmente gosta de vigarizar os crentes que de forma acéfala aceitam qualquer conspiração disparatada que lhes seja apresentada.

Note-se que para Sitchin, esse enorme planeta viria perto da Terra (sem afectar os outros planetas), mas não colidiria com o nosso. Daí que os supostos extraterrestres saltavam do planeta deles para o nosso.
No entanto, em 1995, Nancy Lieder – mais uma pessoa com problemas psiquiátricos que só não está internada porque há outros muito piores que ela que acreditam nela – disse que recebe comunicações telepáticas de extraterrestres de Zeta Reticuli, e estes disseram-lhe que o Nibiru vai colidir com a Terra.
Em 1997, ela ficou famosa por dizer que os extraterrestres tinham-lhe dito que o cometa Hale-Bopp era afinal o planeta Nibiru que iria colidir com a Terra nesse ano. Muitos crentes acéfalos acreditaram nela e seguiam-na como se ela fosse uma profeta. No entanto, claro que ela só dizia disparates, e como se viu, o cometa Hale-Bopp era realmente um cometa, que veio e passou, e nada aconteceu – como sempre disseram os cientistas que iria acontecer.
Como entretanto perdeu aderentes, em 2003 tornou a divulgar a mesma mentira. Os extraterrestres disseram-lhe que o Nibiru iria bater na Terra nesse ano e destruir a Humanidade. Mais uma vez, houve acéfalos que tornaram a cair na mesma mentira e acreditaram nela. Como nada aconteceu, mais uma vez ela foi temporariamente votada ao esquecimento.
Mas as mentiras dão dinheiro. Daí que estes vigaristas não desistem, porque à conta disto, ficam ricos à custa dos crentes em conspirações.
Por isso, cá anda ela novamente. Resolveu disseminar a ideia – que, segundo ela, lhe foi comunicada telepaticamente pelos extraterrestres – que o Nibiru vai bater na Terra em Dezembro de 2012, e que o Elenin é na verdade o Nibiru disfarçado. O facto de que o cometa Elenin desintegrou-se em 2011 e não em 2012 não interessa para ela. O que interessa é dizer sempre os mesmos disparates de modo a vigarizar os crentes em conspirações.

Sendo que estes disparates são periodicamente transmitidos por este tipo de pessoas – são sempre as mesmas vigarices, repetidas em anos diferentes -, então qualquer pessoa minimamente inteligente percebe que tudo isto é pura treta para enganar papalvos.
Infelizmente, os crentes em conspirações não têm esse filtro, e por isso não conseguem separar factos de mentiras imaginadas por vigaristas.

P.S.
(escrito a 14 de Dezembro de 2012): a 7 dias do suposto “dia fatídico”, se o Nibiru existisse estaria neste momento maior que o Sol no nosso céu, cobrindo grande parte do céu. Obviamente que basta ir lá fora e olhar para o céu, para perceber que mais uma vez toda a história do Nibiru é mentira. Mesmo assim, ainda há acéfalos a acreditar e a divulgarem vídeos e textos de vigaristas a dizer que ele vem aí. Enfim… não quererem sequer olhar para o céu, preferindo fechar os olhos e acreditarem em disparates, é a definição de burrice.

94 comentários

23 pings

Passar directamente para o formulário dos comentários,

  1. Penso que o sr. Carlos Oliveira é o mais qualificado a mostrar as diversas incongruências mostradas neste vídeo – se calhar, tratar-se de uma sátira. 😉

    ____________________________

    http://www.youtube.com/watch?v=orp19gORgfo

    Abraços.

    1. Oi,

      Ele não é professor, mas é um aluno de doutoramento 😉
      http://www.as.utexas.edu/astronomy/people/people.html?u=135

      Eu ia falar com ele, mas não vale a pena. Já falaram com ele 😛
      http://beforeitsnews.com/alternative/2014/01/nibiru-astronomer-cover-up-found-footage-claim-2885652.html

      O vídeo dele tem várias incongruências… veja-se por exemplo, aos 8:58… o email é de “me” para “me”. Ou seja, é um e-mail que ele mandou pra ele próprio 😛

      E diz que o director chama-se Brad Moffett.
      No entanto, cá está o organigrama: http://www.as.utexas.edu/mcdonald/org/mcdonald_01.html

      Quanto a Agosto, bem, já teria tirado todos os planetas do lugar… mas qualquer pessoa com telescópio vê os planetas nos sítios certos 😛

      Enfim…é uma parvoíce… ele fez isso como brincadeira, sem entender como funciona a internet. Enfim… uma parvoíce que lhe vai custar caro certamente…
      http://www.youtube.com/watch?v=nFMDpzzfigw

      abraços!

    • Mauricio Eloy on 10/02/2014 at 06:59
    • Responder

    Olá Carlos Oliveira.

    Bom, primeiramente sou prof de historia da arte e historia da cultura, entre outras áreas do conhecimento. Não sou astrônomo, nem engenheiro, nem arquiteto, nem biólogo, etc…mas tenho amigos em todas essas áreas, onde os consulto sempre.

    Pelo que eu notei você não leu os livros de Zecharia Sitchin, erro seu…

    Porque logo em seu texto vc da informações erradas sobre a fala de Sitchin por não ter lido os livros…irresponsabilizabilidade de conhecimento

    Ele sim estudou astronomia e varias outras áreas do conhecimento. Ele era consultor oficial da NASA e de outras entidade governamentais. Ele estava entre 5 pessoas que liam a escrita sumeriana, entre outras línguas antigas

    (… comentário editado…)

    1. Não só li os livros dele, mas até os tenho aqui ao meu lado.

      Zecharia era economista. Nunca estudou outras áreas do conhecimento. Simplesmente fez de conta que sim, aplicando as suas crenças irracionais ao que queria.
      Ele não foi “consultor oficial” da NASA. Aliás, gostava de saber o que é um “consultor oficial”. Eu já fui mais consultor da NASA do que ele alguma vez foi… e note, nunca fui “consultor oficial” da NASA.

      Quanto ao resto do seu comentário foi editado por motivos óbvios.
      Se não tem educação, não deve ter palavra. Aprenda a respeitar o conhecimento.

      Se é professor de história… tenho pena dos seus alunos.

  2. Sei que este é um artigo bem antigo mas gostaria de agradecer seu conteúdo, esclareceu muita coisa. Eu lembrei que a um tempo atrás todos ví um vídeo que na época me intrigou muito e agora com o passar do tão esperado e decepcionante 21/12/12 lembrei dele e resolvi pesquisar se algum fato interessante ocorreu no céu nesta data. Claro que encontrei uma centena de artigos falando do Nibiru e este blog entre eles.
    Mas minhas descobertas estão mais para o campo da sociologia que astronomia. Nunca imaginei o quanto as pessoas se decepcionariam pelo mundo não ter acabado. LOL!

    Adoraria ver mais comentários deste tal Doug. Morri de rir com a história da 3ª dimensão.

    Provavelmente já viu este vídeo porém se não o viu aqui está:
    (… comentário editado …)

    Divirta-se!

    Para fins de conhecimento se puder dar uma explicação científica para o 1:51:20 onde supostamente seria possível ver Nibiru em infra-vermelho eu gostaria muito de saber de alguém que realmente sabe o que está falando. Desculpe se o pedido na realidade for muito idiota e imagens como esta forem na verdade muito comuns. Não sei absolutamente nada do assunto.

    1. Gabriel,

      Peço desculpa, mas tive que editar o seu comentário, para não dar mais cliques aos videos desse enganador 😉
      (já falamos dele algumas vezes em comentários aqui no blog, mas aquilo é tamanha bagunça que para post nem sabemos por onde começar)

      Quanto a ver-se o Nibiru em infravermelho, é deste estilo:
      http://www.astropt.org/2012/02/20/objectos-estranhos-no-google-sky/

      abraços!

        • Gabriel on 28/12/2012 at 19:15

        Muito obrigado pela atenção Carlos. Pessoas como eu que se fascinam pelos astros porém não tem conhecimento algum são facilmente enganados por charlatões como este.
        Seus artigos são esclarecedores, informativos e aprendi muito lendo eles.
        Prometo não acreditar nestas histórias novamente e sempre procurar fontes científicas seguras.
        Geralmente estes conspiradores sempre dizem que não podemos acreditar nas fontes científicas por que querem ocultar a verdade de nós, mas vejo o quanto vocês dedicam seu tempo a ensinar a verdade e vejo o quanto na verdade eles tem medo de serem desmascarados.
        Novamente obrigado pela atenção e um feliz 2013 que veio pra provar o quanto estes conspiradores não passam de conspiradores.

      1. Obrigado pelas palavras 🙂

    2. Gabriel,

      Só um complemento ao comentário do Carlos: neste trecho do seu comentário…

      “Mas minhas descobertas estão mais para o campo da sociologia que astronomia. Nunca imaginei o quanto as pessoas se decepcionariam pelo mundo não ter acabado. LOL!”

      … sugiro-lhe este artigo do AstroPT: http://www.astropt.org/2012/08/28/esperanca-e-ilusao/

      😉

        • Gabriel on 28/12/2012 at 19:03

        Excelente artigo Cavalcanti! Muito obrigado.

  3. Pô, Carlos, obrigado pelos links!

    Sobre o ultimo link, da “nave espacial perto do sol”, eu já tinha visto em outro lugar com o titulo de “grande objeto sugando energia do sol”, só que a única coisa que pensei ter faltado quando vi o vídeo foi exatamente o tal “grande objeto sugando a energia do sol”.

    Sim, eu acredito que nesses videos de charlatões possa ser algum planeta como Vênus ou Mercúrio, ou então em alguns casos até algum (de)efeito produzido pela lente da câmera quando exposta diretamente à luz do Sol. Lembro até que em junho, se não me engano, ocorreu uma passagem de Vênus na frente do Sol e que essa passagem teria alguma importância para astrônomos fazerem medições que eu desconheço.

    Valeu Carlos, abraço.

    1. A passagem de Vénus em frente do Sol é chamado de trânsito ;), e serve realmente para algumas medições astronómicas, mas não tem qualquer efeito na Terra 😉

      abraços!

  4. Apesar de ter lido pouco, gostei do blog e pretendo voltar mais vezes aqui.
    Meu conhecimento é bastante limitado e somente de uns 2 anos para cá que comecei a me interessar por assuntos sobre o universo. Até então, nunca tinha me feito perguntas sobre como funciona Sol, o “por que” dos planetas serem arredondados e sequer sabia que Sol é apenas uma estrela dentre bilhões que existem na nossa galáxia.
    Hoje gosto de sair no quintal de vez em quando para ver e tirar fotos das estrelas(da lua também) e assim descobrir o nome de algumas delas e de suas constelações. Percebi coisas bobas, como no verão, o Sol ilumina determinada área do meu quintal e no inverno não. Percebi que o céu se move, uma estrela que eu esteja vendo em determinada parte do céu e em determinado horário estará em outra posição quando eu voltar para vê-la no mesmo horário depois de algumas semanas, e durante o ano vi alguns videos desse tal “planeta” nibiru e em vários deles o planeta está perto do Sol(o que parece ser bem conveniente para alguns).
    O que eu gostaria de saber é, se é provável que algum objeto tenha uma trajetória que permita isso? Pois mesmo em videos com vários meses de diferença o tal planeta continua lá “perto” do Sol.

    Uma coisa curiosa é que existem pessoas que não acreditam de jeito nenhum que o homem foi à lua, acham isso um absurdo, mas acreditam que um planeta está vindo aqui em nossa direção porque um cara no youtube dizia isso. Não acho que a vinda de um planeta seja algo impossível, mas também não acho que essas pessoas que afirmam isso realmente saibam o que estão dizendo. Parece até eu jogando sinuca, toda vez que vou dar uma tacada eu digo que farei uma jogada de mestre, depois de umas 30 tacadas realmente sai uma jogada muito boa, claro que não foi porque eu disse que iria fazer e sim porque uma hora ou outra iria acontecer.

    1. Paulo,

      Obrigado pelo seu feedback 😉

      Quanto às suas questões:

      1 – Ele continuaria perto do Sol, se tivesse órbitas como Vénus ou Mercúrio. Mas nesse caso, nunca viria para a Terra. 😉

      2 – É impossível um planeta desses não ser detectado por astrónomos profissionais e amadores. Já há vários anos que milhões de astrónomos amadores por todo o mundo, teriam visto que alguns planetas do Sistema Solar (como Saturno) estariam noutro sítio porque o suposto Nibiru teria afectado gravitacionalmente a sua órbita 😉

      Já agora, um evento destes seria óptimo para a NASA e para todos os astrónomos profissionais, porque receberiam uma enorme injecção de dinheiro para as suas pesquisas.
      Ou seja, um evento destes seria o “paraíso” de quem realmente estuda estes assuntos 😉
      O facto de se negar é mesmo porque não existe… infelizmente para nós 😛

      abraços!

        • Paulo on 18/12/2012 at 04:23

        Obrigado pela resposta Carlos.

        Sobre a minha dúvida, eu me expressei mal. Quando eu disse que o suposto planeta estava perto do Sol nos videos postados na internet, quis dizer que estava quase na mesma direção que o Sol(nos videos eles usam até uma espécie de filtro para que o planeta fique visível). É como eu dizer que Júpiter está “perto” da constelação do Touro, mas o melhor é dizer que, do meu ponto de observação Júpiter está na mesma direção que a constelação do Touro.
        Eu imagino que uma hora ou outra Júpiter já não estará mais na direção da constelação do Touro e o que achei um pouco estranho é que existem vídeos tanto do começo do ano quanto de agora, no final do ano, que mostram esse nibiru ainda quase na mesmo direção que o Sol.

        Não sei se consegui ser mais claro, mas, de qualquer forma, percebi que não é uma dúvida relevante. Como você já disse, existem muitos astrônomos profissionais e amadores que já teriam detectado anomalias que indicassem algo, além de acreditar que muitos deles gostariam de ter o reconhecimento por ter realmente encontrado e provado a existência desse nibiru. É melhor gastar o tempo aprendendo sobre coisas mais interessantes do universo.

        Abraço

      1. Vénus e Mercúrio estão muitas vezes na “direcção do Sol”.
        Não serão eles? 😉

        Dê uma olhada nestes posts:
        http://www.astropt.org/2012/05/28/mosquito-negro-no-sol/
        http://www.astropt.org/2011/12/07/enorme-ovni-detectado-perto-do-planeta-mercurio/
        http://www.astropt.org/2012/05/09/nave-espacial-perto-do-sol/

        abraços 😉

  5. Gostei deste comentário no Facebook do nosso leitor Rui Costa:

    “A mecânica do sistema Solar e os corpos de grande massa nele contidos, já estão relativamente bem conhecidos. Este conhecimento, é suficientemente preciso para se lançar uma sonda para Marte e essa sonda, com um mínimo de correções da trajectória, atingir o destino com uma precisão tal que não apenas atinge o planeta, mas vai ao pormenor de atingir o solo marciano dentro de uma oval relativamente pequena, próximo a uma cratera pré-estabelecida.

    E os cientistas que calcularam a trajectória e o impulso necessário para colocar lá o rover Curiosity, não precisaram de tomar em consideração a gravidade de nenhum Nubiru nem de outros astros fantasiosos. Tomaram em consideração apenas as interações gravíticas dos corpos já bem conhecidos e estudados que compõem o sistema solar.

    Vai mesmo uma outra sonda (New Horizons) para os confins do Sistema Solar e que passará por Plutão em Julho de 2015. E, também neste caso, tenho confiança nos cálculos dos cientistas que projectaram esta missão e que não contaram com esse ou outros astros imaginários.

    A questão é que explorar a ignorância e os medos das pessoas é lucrativo.
    Faz aumentar audiências de programas televisivos, vende livros, dá notoriedade a pessoas que ardilosamente misturam conceitos científicos com falsidades (na esperança de que as pessoas ao reconhecerem os conceitos autênticos acabem por assumir que o restante também é verdadeiro) e, pior que tudo, transforma as pessoas em cidadãos acéfalos e acríticos.”

  6. eu acho que tudo pode acontecer, vc deve acreditar mais que as outras pessoas que o nibiru existe,por isso essa negação convcta, isto é medo inconciente que faz com que vc negue para vc mesmo, para se sentir melhor.

    1. Cara Luciane,

      Deixe de ser burrinha.

      Este seu comentário totalmente aparvalhado, já foi explicado aqui neste local de conhecimento por centenas de vezes.
      Leia os artigos, antes de fazer comentários absurdos. Respeite o conhecimento!

      Tudo o que está escrito no post são FACTOS.
      Não dependem se eu acredito ou não. São FACTOS. Tal como 2 + 2 = 4.

      Se você acha que FACTOS científicos dependem da pessoa acreditar ou não neles, faça a experiência do Dawkins e atire-se do topo de um edifício e “acredite” que a Gravidade não funciona…

      E deixe de ser hipócrita e saia da net, e não use celular, etc, que é TUDO feito com FACTOS dados pelos cientistas.

      Os vigaristas em quem você acredita, nunca lhe deram nada.
      Mas você continua sendo ignorante e hipócrita a deixar-se levar por eles.

      Se você quer acreditar (crenças, que são o OPOSTO de factos) em fantasias, que já matou algumas pessoas que se deixaram levar por essas seitas religiosas, o problema é seu.
      Mas deixe de ser hipócrita e PÁRE de utilizar tudo o que o conhecimento científico lhe dá.

  7. Carlos, gostei muito do blog.

    Eu assisti o video da palestra do Ruiz. Pesquisei quase tudo o que ele apresentou. A palestra do Ruiz é muito bem estruturada e ele tece uma teoria da conspiração simplesmente fantastica, no entanto ele entra em um campo muito complicado para quem não é da área, a astronomia. É aí que começa a derrapar, nisto e vem vários aspéctos.

    O ponto maximo é o suposto depósito de caixões da Georgia (EUA) que seria da FEMA afinal o governo americana estaria se preparando para uma catastrofe sem precedentes. Bem … encontrei até o fabricante. Primeiro que não são caixões, são forros para tumulos (ou burial vaults como eles dizem). Não é um depósito da FEMA, mas sim do proprio fabricante, que os mantém lá pois é próximo a um importante terminal logistico.

    E a mudança dos polos magnéticos ? Achei no site da Nature. Sim, está em curso, com data para terminar daqui a centenas de anos.

    A NASA está tão p. da vida com essa história da Nibiru e polar shift pois fizeram um FAQ só sobre a paranóia. Foi o que encontrei lá. Ache depois de milhares de e-mails de americanos preocupados com o tal doomsday que eles fizeram até um FAQ !

    Olha, tenho um amigo que é astronomo amador. Do quintal dele e com um telescópio barato ele me mostrou os anéis de saturno. Sejamos no mínimo, lógicos ! Algo tão gigantesco como Nibiru já era para ter sido visto tem muito tempo.

    É assim com a teoria da conspiração – o google e paciencia resolvem tudo. E todos podemos dormir em paz.

  1. […] e para fazerem os coitados dos pseudos continuarem a salivar pelo inexistente Nibiru. De “notícia”, isto nada […]

  2. […] final: isto nada tem a ver com o suposto planeta Nibiru. O planeta Nibiru é uma fantasia pseudo-religiosa. Já estas descobertas são feitas pela ciência. Por outro lado, o planeta que se estima existir […]

  3. […] Palestra sobre Alinhamentos, Inversão dos Pólos Magnéticos, Tempestades Solares, Cinturão de Fotões e Nibiru: […]

  4. […] – o Nibiru não irá aparecer. É só uma fantasia planetária de quem quer vigarizar os mais […]

  5. […] Nibiru, duas Luas no céu, bloqueio da luz solar pelo cometa Elenin, alinhamentos planetários capazes de causar terremotos devastadores na Terra, tempestades solares com potencial para destruir o Planeta, fim do mundo… “Sempre houve o medo ‘que o céu caísse sobre nós’”, ressalta o astrônomo, educador científico e coordenador-geral do blog AstroPT, Carlos Oliveira. “O terror vindo dos céus, assim como o medo em figuras celestes, sempre estiveram presentes na mitologia humana”. […]

  6. […] caso, esta senhora acredita na fantasia do Nibiru (ou Planeta X ou Hercólobus ou Absinto), de que o cometa ISON é um planeta, e que na verdade é […]

  7. […] – o Nibiru não irá aparecer. É só uma fantasia planetária de quem quer vigarizar os mais […]

  8. […] Olho para cima e procuro vestígios de nuvens fotónicas (ainda aqui, e aqui) de supernovas ou de planetas e nada… O mundo não acabou e não deverá acabar tao […]

  9. […] de Dezembro, Júpiter desapareceu dos céus brasileiros! O responsável por este fenómeno não foi Nibiru, Hercólubus ou outro objecto celeste imaginário, mas sim a bela e sedutora Lua. Durante pouco […]

  10. […] o Planeta Nibiru? Como podem ler aqui, podem dormir […]

  11. […] do nosso Sol (tornando assim o Sistema Solar um sistema binário). O nome “Nibiru” foi desenterrado pelo autor Zecharia Sitchin, na suposição da possível intervenção de extraterrestr… nos inícios da história da humanidade. Nibiru é um hipotético planeta procedente da cultura […]

  12. […] como Annunaki (nossos ancestrais alienígenas) que querem a devolução para eles do planeta. Isto soa como maravilhosa ficção científica, mas sem nenhum embasamento em fatos […]

  13. […] como “The Twelfth Planet (O décimo segundo planeta)” foi escrito por Zecharia Sitchin. Sitchin havia interpretado alguns textos cuneiformes sumérios antigos (a primeira forma conhecida de escrita) como uma […]

  14. […] Nibiru, esse extraordinário e enigmático […]

  15. […] aos tags/etiquetas respectivas. Alguns exemplos: Profecia Maia para 2012, Alinhamento Planetário, Nibiru, Reversão dos Pólos, Tempestades […]

  16. […] Maias, pro­fe­cias, co­me­tas as­sas­si­nos, ali­nha­men­tos ga­lác­ti­cos, pla­ne­tas Nibiru e ener­gias tre­to­plas­má­ti­cas no YouTube e em cen­te­nas de sí­tios de de­sign tão […]

  17. […] exemplo, nos divulgassem alguns artigos (sobretudo de análises críticas a assuntos pseudo, como o Nibiru, Profecia Maia, etc), através de links, nos vossos próprios […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.