Luzes de Phoenix voltaram

Por esta altura, provavelmente já toda a gente ouviu falar das Luzes de Phoenix, um dos casos de OVNIs mais falados nos últimos 15 anos. Existem explicações para elas, mas é óbvio que os Media só dão relevância ao suposto “mistério” e por isso as pessoas são levadas a acreditar que existem mistérios onde na verdade existem explicações racionais.

No passado dia 28 de Outubro, foram vistas novamente luzes no céu de Phoenix… e foram gravadas em vídeo.
Vejam aqui.
O vídeo recebeu imediatamente mais de 50.000 visitas.
O facto de ser um vídeo autêntico levou logo a uma histeria na internet e nos Media de serem extraterrestres a visitarem-nos.

No entanto, como sempre, as explicações verdadeiras são mais terrestres.
Tal como há 14 anos atrás, o que se viu são “flares“/sinalizadores.

Neste caso, o que se passou foi que num evento chamado “Halloween Balloon Spooktacular” a equipa de pára-quedistas Arizona Skyhawks saltou de um avião com sinalizadores nos tornozelos.

Claro que para pessoas sedentas por acreditar em conspirações sem sentido e para os Media que só querem “vender o mistério”, a verdade sobre os casos não interessa.

Como diz Robert Sheaffer, um ufólogo (investigador de OVNIs): “It’s remarkable how so many people, when they see lights in the sky, immediately jump to the conclusion that they might be seeing alien visitors… In reality there are many different possible explanations for lights in the sky, all of them more likely than ‘alien visitors’. In this case, just a few minutes of web searching revealed not only that these lights were parachutists carrying flares, but gave us the actual identity of the parachutists.”

2 comentários

    • Dinis Ribeiro on 10/11/2011 at 19:41
    • Responder

    Acidentalmente, ao fazer zapping, vi uma parte (só a parte do fim) deste filme: http://en.wikipedia.org/wiki/Night_Skies_(film)

    O interior “orgânico” da nave tem alguns aspectos curiosos…

    Quanto ás luzes de Phoenix, não há dúvida nenhuma de que se trata de “vender” uma fantasia… folk + lore http://en.wikipedia.org/wiki/Oral_lore

    Aliás trata-se disto: http://en.wikipedia.org/wiki/Folklore & http://pt.wikipedia.org/wiki/Folclore

    E também tudo isto: http://en.wikipedia.org/wiki/Superstition & http://pt.wikipedia.org/wiki/Supersti%C3%A7%C3%A3o

    Uma outra fantasia é o Monstro do Loch Ness:
    http://en.wikipedia.org/wiki/Loch_Ness_Monster & http://pt.wikipedia.org/wiki/Monstro_do_lago_Ness

    Sugiro este link para que se possa ver bem tudo o que se pode “vender”:

    Loch Ness Monster in popular culture
    http://en.wikipedia.org/wiki/Loch_Ness_Monster_in_popular_culture

    Em qualquer dos casos, há um turismo “Folclorico” que dá bastante dinheiro…

    Exemplos: http://www.lochness.com/ & http://www.lochnesswelcome.co.uk/

    Uma outra história (um pouco) deste género é a do “Lobo Mau” que anda pelos “bosques sombrios”…

    Ver: http://en.wikipedia.org/wiki/Big_Bad_Wolf & http://pt.wikipedia.org/wiki/Lobo_Mau

    Na mesma lógica, é profundamente natural que as pessoas tenham um medo instintivo (infantil?) dos insondáveis e sombrios bosques infinitos do espaço exterior.

  1. Mais uma discussão interessante no nosso Facebook 😛
    http://www.facebook.com/astropt/posts/286867101347827

    “(…) o post nada tem a ver com ETs, se existem, se não existem, se são inteligentes ou não.
    Pensar em ETs noutras galáxias não faz sentido, devido às distâncias entre elas. Noutros sistemas solares, faz sentido. Mas não em ETs que viajam entre estrelas em aviões do nosso século XX. Isso é uma completa falta de imaginação de quem não tem noções de astronomia ou engenharia espacial ;). É puro geocentrismo psicológico, em que os ETs fazem o papel religioso de anjos. Nada mais 😉
    Estudar astrobiologia faz-nos pensar em inúmeras alternativas de extraterrestres, e não nos limita àqueles que os Media nos impingem.
    (…)
    Note-se que eu (Carlos) segui astrobiologia porque adorava os ETs na ficção científica… e entrei nestes assuntos dos ETs pelos OVNIs. Depois percebi que isso era a Idade das Trevas da astrobiologia – superstições que ficam a léguas do maravilhoso possível mundo dos extraterrestres que a astrobiologia nos dá ;)”

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.