Telescópio Hubble descobre nova classe de planeta com mais água que a Terra

“Astrónomos confirmaram a existência de um planeta diferente de todos os conhecidos até agora e que terá mais água que a Terra. O GJ1214b, a 40 anos-luz do nosso planeta, foi descoberto pelo telescópio espacial Hubble.
O GJ1214b, mais pequeno que Urano e maior que a Terra, é descrito como um “mundo de água” distante, envolvido numa espessa atmosfera de vapor de água, segundo um estudo que foi aceite para publicação na revista Astrophysical Journal.
“Uma grande quantidade da sua massa é feita de água”, disse em comunicado o astrónomo Zachory Berta, do Centro de Astrofísica Harvard-Smithsonian, que coordenou a equipa internacional de investigadores. “O GJ1214b é diferente de todos os planetas que conhecemos”.
(…)
De acordo com a NASA, o GJ1214b tem 2,7 vezes o diâmetro da Terra e uma massa quase sete vezes maior. O planeta completa uma órbita em volta de uma estrela anã vermelha a cada 38 horas, a uma distância de dois milhões de quilómetros. Os cientistas estimam que a temperatura à sua superfície seja de 230º C.
(…) a estrutura interna do planeta seria “extraordinariamente diferente” em relação à Terra. “As elevadas temperaturas e as elevadas pressões podem formar materiais exóticos como ‘gelo quente’ e ‘água superfluída’, substâncias que são completamente estranhas à nossa experiência do dia-a-dia” (…)
Os teóricos acreditam que o GJ1214b se começou a formar longe da sua estrela, onde o gelo era abundante, e que depois se aproximou, passando pela zona onde as temperaturas à superfície seriam semelhantes às da Terra. Os cientistas não sabem dizer quanto tempo ele teria ficado nesta posição. (…)”
Podem ler todo o artigo, no Público.

“Observations by NASA’s Hubble Space Telescope have come up with a new class of planet, a waterworld enshrouded by a thick, steamy atmosphere.”
Leiam todo o artigo no Hubble site, Space Telescope, Astrobiology Magazine, e Space.com
Podem ler o artigo científico, aqui.

A comunicação social, internacional e nacional, deu grande relevância a esta notícia como se fosse nova.
Mas não é 🙂
O Luís Lopes já tinha divulgado esta notícia há 3 meses atrás! Leiam aqui.
Ou seja, todas estas informações já se sabiam anteriormente. Passou foi despercebido aos Media… mas não ao nosso professor Luís 😉

A única novidade agora foi que o artigo foi entretanto aceite para publicação na revista The Astrophysical Journal.

7 comentários

1 ping

Passar directamente para o formulário dos comentários,

  1. Olá.

    Não há nada de especial no que faço 😉 nem tenho acesso privilegiado aos autores. Simplesmente estes trabalhos são frequentemente disponibilizados antes de serem aceites para publicação para aumentar a velocidade de disseminação dos resultados científicos em sítios como o arxiv.org. Todos os dias, por volta da 1h da manhã em Portugal, são publicados os artigos submetidos pelos autores no dia anterior. O que eu faço é, com alguma regularidade, ver o que há de novo sobre exoplanetas e escrever sobre isso. Às vezes a notícia só sai nos canais oficiais alguns meses depois, depois de o artigo ser aceite para publicação. Este foi um destes casos.

      • Renato Romão on 28/02/2012 at 20:54
      • Responder

      No entanto, se me dá a liberdade de afirmar que a sua perspicácia determinou que esta noticia fosse facultada aos leitores do astroPT com uma antecedência de 3 meses.
      3 Meses é um periodo de tempo MUITO alargado para divulgar uma noticia!
      Quanto tempo levaria a imprensa a divulgar uma noticia hipotética sobre uma contratação de um jogador pelo SLB?

      Pois…

      Abraço e o mérito deve ser sempre atribuido a quem de direito!

    • Ricardo Andre on 24/02/2012 at 15:51
    • Responder

    Mas antes da descoberta do gliese 581g não se pensava que outro planeta deste sistema também seria um mundo de àgua?

    1. Quando li o artigo pareceu-me já ter ‘ouvido’ falar sobre este assunto anteriormente. Assim uma procura rápida no Astropt, e descobri a razão: O Luís Lopes já tinha escrito algo sobre este Sistema:
      http://www.astropt.org/?s=GJ1214b

      Astropt sempre em cima das notícias!!!

      Abraços

  2. Perdão, num comentário anterior tinha dito que o Carlos sempre estava a nos surpreender… na verdade, é todo o AstroPT sempre a fazer isso.

    😉

    Abraços.

      • Renato Romão on 24/02/2012 at 18:31
      • Responder

      Pois meu caro,
      Agora imagine leigos como eu!
      São golusices para o conhecimento!
      Só para quem anda distraído é que este blog não é uma referência! 😉

      Abraço

      1. Sem dúvidas, Renatão. 😉

        Abraços.

        😛

  1. […] CoRoT-2b. HR 8799. Gliese 581, Gliese 581d (aqui), Gliese 581g (notícia), Gliese 667 cC, GJ 1214b (atmosfera de água), Kepler-186f, KOI-961, KOI-172.02, Alfa Centauri, Quinteto, Mais 10 + 18 + 50. […]

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.