Mais uma mulher morre devido a dieta solar

Há 1 ano e meio atrás escrevi um post sobre o suposto guru Prahlad Jani que supostamente diz que só utiliza como alimento a luz vinda do Sol (chama-lhe o elixir da Deusa).
Nesse post, mostramos que era tudo uma fraude, e que isto são tudo crenças religiosas, contrárias às evidências que se tem do assunto, e contrárias aos testes e conhecimento que se tem do que realmente se passou no caso do Jani.
Na altura, lamentamos que a comunicação generalista portuguesa e mundial se tivesse deixado levar por esta idiotice. Assim como lamentamos que sites como o Ciência Hoje, que divulgam ciência, tivessem caído nestas mentiras anti-ciência.
Isto são alertas, não do astroPT, mas de todos aqueles que querem ver a verdade divulgada, e não a divulgação de mentiras que vigarizam as pessoas. Locais credíveis de conhecimento não podem nem devem divulgar fraudes comprovadas como se fossem mistérios.

Porque a divulgação destas mentiras têm consequências reais.
Como eu disse no outro post, há pessoas a fazer bastante dinheiro com a venda destas mentiras, e até existem hotéis a fazer pequenas fortunas ao vender “luz solar” às pessoas que lá forem passar uns dias sob a promessa de fazerem uma “dieta solar”.
Também como eu disse no outro post, já tinham morrido pessoas devido a esta “dieta solar”, como a australiana Verity Lynn, porque as pessoas acreditam nestas vigarices divulgadas por quem não procura a verdade.

E porque voltei a este tema?
Porque saiu nas notícias esta semana, que mais uma mulher morreu devido a esta “dieta solar” após ver um documentário na televisão a publicitar as “maravilhas” e os “mistérios” do guru mencionado em cima. Assim, decidiu fazer como ele diz que faz: deixou de comer e de beber, “alimentando-se” somente da luz solar. E morreu, obviamente!

Isto é um puro culto religioso que mata!

Este é o verdadeiro perigo dos vigaristas e de quem os divulga: a morte de pessoas!

8 comentários

2 pings

Passar directamente para o formulário dos comentários,

  1. Jesus ficou em jejum 40 dias no deserto, só que ele tinha as manhas.

  2. Ideias interessantes no nosso Facebook:
    http://www.facebook.com/astropt/posts/193469217441146

  3. Já agora, a bem da verdade objectiva, da mesma forma que critiquei a divulgação da fraude desta dieta solar, tenho agora que reconhecer que o director do Ciência Hoje reconheceu que a notícia não tinha razão de ser, corrigiu a notícia retirando-a de circulação, e assim parou a divulgação da mesma.
    A bem da ciência, tenho assim que agradecer a atitude do Ciência Hoje.

    1. Permite-me que discorde.
      Retirar uma notícia de há dois anos atrás, que foi altamente comentada, não corrige a situação. Estaria a corrigir a situação se o Ciência Hoje fizesse uma notícia ao estilo desta, efectivamente alertando para a fraude das “dietas solares”. Quem leu aquela notícia há dois anos atrás e acreditou, continuará a acreditar. Foi um mau serviço à divulgação de ciência.

      1. Diana,

        Penso que pior seria se o Ciência Hoje ainda mantivesse o artigo – após a comprovação da fraude.

        Não explica, mas justifica. Penso que o Carlos foi sim, feliz e correto, no comentário acima.

        Espero que a equipe do Ciência Hoje tenha mais cautela antes de publicar disparates – observando, possivelmente, a audiência da notícia em questão.

        Abraço.

  4. Gostei muito do seu blog. Parabéns!!!

    Me manterei sempre atento as suas novidades!!

    Abraço!

    visite meu blog Ciência em Novo Tempo

  5. Como disse no Facebook: cepticismo. Além de ser uma boa ideia, salva vidas.

    ‎”Dieta solar” = jejum. Não há mal nenhum no jejum desde que se saiba o que se está a fazer, o que entre outras coisas implica não nos pormos com misticismos idiotas, como foi o caso aqui. É *claro* que não podemos viver do sol, e quem diz que o faz (como esses “gurus”) está a mentir.

  6. A evolução faz-se relegando aqueles que não são os mais aptos, física como mentalmente.
    Assim nota-se claramente que o falecimento deste tipo de pessoas pode ser considerado como uma evolução positiva da espécie. É que não há outras palavras.

  1. […] Pseudo-astronomia: Pulseiras Quânticas (fraude, falência). Indiano de 179 anos. Prahlad Jani (morte, Respiratorianismo). Boriska. Braco. Reiki (patetice). Terapias Alternativas. Leitora de sina. […]

  2. […] O que temos são «histórias» – e «histórias» não são provas nem teorias. E esta tem como protagonista um vígaro sobre o qual o AstroPT já escreveu o suficiente. […]

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.