Eclipse Solar e Maias

Terceiro Milénio é um programa totalmente pseudo apresentado por Jaime Maussan, no México.
É um programa de bastante sucesso que anda a enganar inocentes e ignorantes há muitos anos.
O programa fala um pouco de tudo que supostamente é mistério, sem ser mistério nenhum, mas em que a audiência é enganada com frases de supostos “investigadores” (na verdade, crentes em tretas), a afirmarem de tudo um pouco: sinais de extraterrestres, grandes ovnis, desenhos nos campos (crop circles), etc, etc, etc. Basicamente, a ideia é que o fim do mundo é sempre na semana seguinte, em que teremos a visita de extraterrestres em cuecas.
O programa tem bastante sucesso porque diz aquilo que as pessoas querem ouvir. Da mesma forma que a fraude das pulseiras quânticas tiveram sucesso.
O que a mim me faz mais confusão é no porquê das pessoas serem enganadas todas as semanas, na semana seguinte perceberem que afinal tudo o que foi dito era mentira (ex: cometa Elenin), e mesmo assim as pessoas continuam a acreditar (crença, que é oposto de conhecimento) nas mesmas mentiras todas as semanas e a dar uma grande audiência ao programa. Será que a burrice não tem limites? Será que não se consegue aprender com os próprios erros, mesmo que sejam erros que se cai centenas de vezes nos últimos anos? É realmente um paradoxo enorme as pessoas terem um cérebro e não o usarem…

A parvoíce pseudo mais recente tem a ver com o próximo eclipse solar anelar de 20 de Maio.
Na internet, andam a dizer que os extraterrestres desenharam nas cearas, em linguagem Maia, que este eclipse iria ser muito importante e levar a mudanças na Terra.
Claro que o Jaime Maussan pegou logo neste disparate, e fez um programa para dar estas informações às pessoas. Ele sabe que dando publicidade a estes disparates tem mais audiência.

Mas vamos a uma análise crítica:

1 – Os “investigadores” do programa não são investigadores coisíssima nenhuma, porque o objectivo deles não é investigar para chegar a uma conclusão; o único objectivo desses pseudos é terem uma crença e depois usarem informações sem nexo para mostrarem supostas “evidências” que a sua crença àpriori estava correcta.

2 – A interpretação feita às figuras é totalmente subjectiva. Podem ser símbolos Maias ou de um bebé de 5 anos.

3 – A interpretação feita dos desenhos é totalmente subjectiva. Depende da crença pessoal das pessoas e não do desenho em si.

4 – Nada nos desenhos mostra qualquer influência extraterrestre.

5 – Eles assumem que civilizações extraterrestres são tão avançadas que viajam entre as estrelas, mas depois só querem vir à Terra fazer desenhos, porque, para eles, os Humanos são os seres mais interessantes no Universo. Para estas pessoas, a Terra continua no centro do Universo.

6 – Eles assumem que civilizações extraterrestres são tão avançadas que viajam entre as estrelas, mas são tão estúpidos que nem conseguem escrever uma mensagem óbvia, sem precisarem das interpretações pessoais de pseudos.

7 – Eles assumem que civilizações extraterrestres são tão avançadas que viajam entre as estrelas, mas são tão estúpidos que nem percebem que não aterraram no meio da civilização Maia… porque se soubessem que era Inglaterra, então os ETs escreveriam em inglês, claro.

8 – Eles assumem que civilizações extraterrestres são tão avançadas que viajam entre as estrelas, mas são tão estúpidos que nem percebem que esse eclipse solar já está previsto pelos cientistas há muitos, mas muitos anos. Por isso, a informação que supostamente os extraterrestres estão a dar, é informação menos inteligente que a dos cientistas.

9 – Eles assumem que civilizações extraterrestres são tão avançadas que viajam entre as estrelas, mas são tão estúpidos que nem percebem que essa informação do eclipse solar está já disponível na internet para qualquer humano há muitos anos.

10 – Eles assumem que civilizações extraterrestres são tão avançadas que viajam entre as estrelas, mas são tão estúpidos que só conseguem prever eclipses para 7 anos, quando os cientistas já disponibilizaram na internet informações sobre eclipses até ao ano 3000! Ou seja, esses extraterrestres sabem menos que os astrónomos!

11 – Na verdade, os supostos extraterrestres parecem ser tão estúpidos que sabem menos que os Babilónios há mais de 3000 anos atrás, sabem menos que os Chineses há mais de 2500 anos atrás, e sabem menos que os Gregos há mais de 2500 anos atrás. Ou seja, segundo os pseudos, essas civilizações extraterrestres não sabem só muito menos que os astrónomos actuais! Não! Esses extraterrestres com pouca imaginação dos pseudos, são mais ignorantes que as civilizações humanas antigas.

12 – Obviamente que um eclipse solar não tem qualquer significado místico especial. Ocorre um, em média, todos os anos. As pessoas já deviam saber que eclipses solares não provocam coisíssima nenhuma. Nem há qualquer “alinhamento” especial com estrelas lá longe (como as Pleiades) – alinhamentos com objectos lá longe que passam por trás do Sol acontecem constantemente, como acontece com qualquer objecto. Todas essas tretas que se dizem na internet são puras vigarices de quem não sabe dos assuntos, baseadas em medos irracionais do passado. Todos esses sites que mentem às pessoas, porque se aproveitam da ignorância destas mesmas pessoas, servem só para estupidificar a população. O mesmo objectivo é conseguido com o programa Terceiro Milénio: estupidificar ainda mais a audiência que já por si só é demasiado estúpida para nem compreender que NADA do que lá é dito todas as semanas alguma vez aconteceu como eles “prevêem”. Os profetas da desgraça nunca acertaram em nada, a não ser nos bolsos das pessoas. As únicas profecias que se demonstram correctas são sempre da ciência.

13 – Infelizmente este é o tipo de programas que mais vemos nas televisões, seja na televisão mexicana, em canais internacionais que supostamente deveriam dar conhecimento, seja em programas da manhã e da tarde em certos canais da televisão portuguesa. O objectivo é sempre o mesmo: dar às pessoas o que elas querem ouvir, de modo a estupidificá-las. Uma população cada vez mais estagnada mentalmente, dá muito mais dinheiro e poder àqueles que a controlam, porque essa população é mais facilmente controlada para se continuar a “vender” tretas sem sentido. Os pseudos não são burros comercialmente. Eles sabem que uma população acomodada, é mais facilmente sugestionável. O status quo é assim mais fácil de manter. Estes programas de televisão são os novos “circos romanos”: dê-se à população um divertimento sem qualquer valor, e ela estará assim mais feliz, mais acomodada, e menos problemática.

14 – O que se calhar é ainda mais triste é que, tal como aqueles que tentavam abrir os olhos da população para os “circos romanos” serem espectáculos degradantes eram apedrejados por as pessoas sentirem que esses estavam contra os desejos delas, também actualmente aqueles que dão conhecimento às pessoas, abrindo-lhes os olhos para as maravilhas da natureza e para a verdade do mundo que as rodeia, essas pessoas com conhecimento também são “mal vistas” por alguma parte da população actual, que prefere os “circos romanos” dos vigaristas, em vez do conhecimento daquilo que se passa na realidade. Têm dúvidas? Basta lerem-se alguns comentários de trolls que vão aparecendo por aqui.

45 comentários

1 ping

Passar directamente para o formulário dos comentários,

    • Raquel La Corte on 08/12/2014 at 14:49
    • Responder

    Desculpe-me, Carlos Oliveira, fiz uso inadequado deste espaço, ao invés de participar com um comentário, enviei uma dúvida, deveria ter enviado por e-mail mas não localizei seu e-mail.

    1. Raquel, não tem mal. Este espaço também serve para isso. Se tem dúvidas, pergunta 🙂

    • Raquel La Corte on 08/12/2014 at 14:45
    • Responder

    Olá, gostei das fotos dos fractais e gostaria de utilizá-las em um trabalho acadêmico, é possível? Estão autorizadas? Obrigada e parabéns pelo blog.

    1. Olá Raquel,

      Quais fotos de fractais está a referir-se?

      Sobre esses assuntos, tem estes artigos:
      http://www.astropt.org/2013/09/14/fractais-a-dimensao-escondida/
      http://www.astropt.org/2013/10/02/teoria-do-caos-2/

      abraços!

  1. bom dia a todos, todas as opiniões acima inclusive a do dono do site são importantíssimas, todos são pessoas de inteligencia bem desenvolvida, eu sou uma simples curiosa e tenho algumas perguntas para todos os que quiserem me responder, mas uma em especial para o sr. carlos oliveira, o senhor estudou astrologia??? pode me responder por que sofre influencia lunar o plantio??? no seu estudo da astrologia o senhor descobriu o que significa mapa astral??? ou o senhor chegou a conclusão que ele é invenção, não tem sentido, e é mais um mito de idiotas? gostaria de saber se algum dos senhores leu sobre glandula pineal, qual a sua opiniã sobre a glandula pineal??? quando falaram que as idéias do ser humano emanam da glandula pineal é fato ou mito?? gostaria de saber se é mito, então de onde emanam as idéias humanas, elas emanam de fonte mensurável??? de fonte material paupável????????? obrigada

    1. Rosely,

      Leu o post???
      Por favor, leia o post e faça perguntas SOBRE ELE, e não sobre o que lhe der na cabeça.
      Isso é uma das evidências que estamos na presença de alguém pseudo, quando utiliza a falácia de perguntar por coisas que NADA têm a ver com o texto.

      Temos uma categoria só para a astrologia. Sugiro que leia os nossos textos sobre isso, e chega às respostas às suas perguntas.
      http://www.astropt.org/?cat=394

      Sobre a glandula pineal:
      http://pt.wikipedia.org/wiki/Gl%C3%A2ndula_pineal#Fun.C3.A7.C3.A3o
      Não faltam websites médicos na net sobre isto. Sugiro que os procure. Procure o conhecimento dos especialistas, médicos, e não dos vigaristas.

      abraços

  2. Achei q seria um link para o concurso. Pois é isso que quero ver. Quero ver eles abrindo a temporada de desenhos de Maio a Outubro, dando prêmios para os melhores desenhos e tudo mais.

    Também vou pesquisar sobre esse concurso em outros países, pois figuras complexas nos campos não é exclusividade da Inglaterra.

    1. Um local para começar:
      http://www.circlemakers.org/leaders.html

      abraços

        • rosely on 15/06/2012 at 14:51

        aguardo respostas

      1. Mais uma evidência que estamos na presença de alguém pseudo.

        Alguém que nem respeita os cientistas ou o seu trabalho, e por isso, 11 minutos após ter enviado um comentário, já está impaciente com quem tem mais conhecimento, arrogantemente assumindo que tem que ter as respostas todas imediatamente.

  3. Quem faz/fazem os crops?
    Sei que 2 velhinhos já fizeram uns pequenos, cheio de defeitos de simetria, e levaram muito tempo pra fazer.
    Também já ouvi falar de uma rede de TV que fez um com uma equipe grande, e levaram uns 3 dias. Mas faz tempo que ouvi isso e nem sei se era verdade mesmo.
    Enfim, quem são os responsáveis por estes desenhos enormes e bem desenhados? Se são várias pessoas inteligentes, pq não sobrevoam as áreas onde aparecem essas figuras, durante uma noite, e flagrem essas pessoas que fazem isso pra acabar de vez por todas com isso de que são ETs ou pessoas e ninguém prova nada?
    Se são pessoas que fazem isso, em uma noite de voo de alguns helicópteros serão pegos, com certeza. Se não pegarem as pessoas, pegarão os desenhos pela metade ou ainda no início.
    E as tretas dos caules dobrados em 90º, sem quebrar as plantas? E os níveis de radiação dentro desses tais círculos. É tudo invenção mesmo? Como que estes vigaristas fazem isso?

    1. Há concursos todos os anos em Inglaterra para se fazer os círculos mais complexos. E no concurso só aceitam humanos. Qualquer equipa de pessoas pode concorrer.

      Não é preciso flagrar ninguém a fazer esses círculos, porque os concursos são públicos.

      De resto as técnicas foram-se aperfeiçoando devido aos concursos. Daí que caules dobrados não são mistério nenhum.

      Quanto à radiação, era tudo uma fraude para apanhar os investigadores (que na verdade são crentes e não investigadores) e os maluquinhos New Age que acreditam em todas as parvoíces e mais algumas.
      http://www.astropt.org/2010/10/05/circulos-nas-cearas/

      Novamente, sugiro que leia os nossos posts.

  4. Complementando: quem anda a divulgar mentiras são aqueles que nunca observaram o Sol, nunca perceberam o que é uma explosão solar, nem sequer sabem o que é um alinhamento. Ou seja, só divulga disparates, quem, sem qualquer conhecimento dos assuntos, têm por único objectivo vigarizar as pessoas.
    Opiniões ignorantes todos podem ter. Conhecimento só está ao alcance daqueles que querem aprender sobre os assuntos. Aqueles que divulgam mentiras (como no vídeo), não estão interessados em ter conhecimento dos assuntos, mas estão interessados somente em enganar as pessoas.

  5. Recebemos um outro comentário a perguntar, e muito bem de forma inteligente, sobre as parvoíces que andam a ser ditas sobre este eclipse solar:

    ” estão falando de um alinhamento e de explosaõ solar, e m c, qual a sua opinião sobre isso. pode trazer consequencias sérias para o planeta, ou não?”

    A minha resposta que me parece interessante para toda a gente que quiser ler:

    “Nós não damos opiniões. Nós falamos com conhecimento dos assuntos.
    Não há qualquer alinhamento, explosão solar, ou outras mentiras que se digam. Existe um eclipse solar, como existem todos os anos.
    Se as pessoas que estão vivas hoje, não morreram em todos os anos anteriores devido a eclipses solares, então é porque não tem qualquer mal.
    Se as pessoas não morreram devido a explosões solares no passado (só este ano, já existiram várias), e se não morreram devido a alinhamentos (todos os dias estamos alinhados com algo), então é porque tudo o que se diz sobre isso é pura vigarice.
    abraços!”

  6. Recebemos agora um comentário interessante no Facebook a falar sobre estes programas idiotas, cheios de mentiras:

    “É muito mais fácil falar e fazer programas idiotas, com idiotas e sobre idiotices, do que com um mínimo de conteúdo sério, interessante e, sobretudo, fundamentado. Isso dá trabalho.”

  7. Tirando os extraterrestres, a beleza é indiscutível. Belo exemplo de arte.

  8. A internet ganha porque é simples, tem todos os proramas de todas as TV e outros bem melhores.

  9. Vinício, Carlos…

    Olha que o imaginário das massas acerca das pirâmides prega uma peça até naqueles que são dotados de conhecimento. Certa feita, um mestre (pois acredito que não exista “ex-mestre” e amigo pessoal, catedrático de disciplinas da Engenharia Civil, disse-me durante uma aula: “As pirâmides são a maior obra de Engenharia de todos os tempos. Pena que não foi feita por humanos.”

    Contudo, as pessoas em geral acreditam que as pirâmides foram construídas da noite-pro-dia. Os egípcios acordaram um dia e resolveram montar um bloco sobre um outro – sem tentativa e erro.

    1. Correto, Cavalcanti.

      Preferem ignorar todo o processo de criação – da idéia original à execução da obra! Ignoram os exemplos arqueológicos evidentes dos erros, acertos, abandonos de projeto, reformulações, logística, etc, etc… Ignoram até o fato de existirem mais de uma centena – sim, parece-me que até 2008, cerca de 130 pirâmides (completas ou inacabadas) foram catalogadas no Egito e mesmo entre o Egito e Sudão, cerca de outras 200 existem! Isso só para ficar com um exemplo de civilização antiga! Como o tráfego aéreo de discos-voadores deve ter sido intenso naquelas eras! LOL!!!

      Nesse deserto de sandices como é essecial um oásis de inteligência como o AstroPT!

      1. Em suma, o Carlos tem razão: muitas vezes, as pessoas veem coisas extraordinárias em fatos nada extraordinários. E para os pseudos, Vinício, uma centena de pirâmides não-acabadas não é um fator importante. Pra eles, só existem as de Quéops, Quéfren e Miquerinos.

        Abraços.

  10. O que me entristece, sim, entristece, nessa falácia alienígena e que tais, é o desprezo para com toda a produção cultural e tecnológica de nossa espécie. Sou formado em História e toda vez que um infeliz vem me dizer que as pirâmides maias ou egípcias são obra de seres de outro mundo, me dói o coração! Todo o esforço de civilizações como os antigos egípcios é ignorado, ou melhor, negado por idiotas que acham que nossa espécie seria incapaz de realizar feitos magníficos! Tenham dó! E mais respeito com a nossa espécie! Acho que talvez o maior sinal de vida inteligente alienígena é a recusa em contatar uma civilização onde existem pessoas que propagam tantas asneiras! Vergonha cósmica! 🙂

    1. Precisamente!!!!

      Não sou formado em História, mas partilho da mesma dor! 🙁

  11. como eu ja disse: Tudo que acontecer esse ano vai ser sinonimo de fim do mundo

    1. Pois… infelizmente 🙁

  12. Permitam-me discordar de todos vocês. Pessoalmente, penso que limitar a liberdade de as TV’s escolherem livremente a sua programação e os conteúdos apresentados, é uma forma de censura. Censura essa que eu dispenso.
    Apesar disso, quero deixar claro que também não me agrada, de todo, a programação da maior parte dos canais e não vejo muitas alternativas com conteúdos interessantes e pedagógicos.
    Infelizmente os vários operadores das Tv’s escolhem os conteúdos com base num único critério: as audiências. Porque é o esse o critério que lhes permite captar mais publicidade e patrocínios, que são o seu ganha-pão.
    A este propósito, já me incomoda sobremaneira que parte dos meus impostos esteja a ser utilizado para financiar uma RTP1 e RTP2, quando só a segunda é efectivamente uma alternativa, sendo que a RTP1 se limita a seguir a linha editorial da SIC e da TVI.
    Assim, acho que têm de ser as pessoas, no fundo cada um dos cidadãos, a fazer as suas escolhas e, dessa forma, a mostrar às operadoras que não é aquilo o que esperam ver quando ligam o televisor.

  13. Pra colocar esses Crop Circles à prova, é bem simples: é só aguardarem o eclipse solar de 20 de maio.

    A resposta, à luz da ciência, todos nós já sabemos: não haverá nenhuma catástrofe à nível mundial (tal como deve sugerir tal tema). Mas, é claro, depois que a data passar, e não houver nenhum terremoto mundial (dentre outras coisas) vão dizer que foi por motivos “x”, “y” e “z” e logo emendarão outras possíveis datas.

    1. Concordo com o Sr. Cavalcanti.

    2. E se houver um terremoto? Daí será uma coincidência, correto?

    3. Há centenas de terramotos todos os dias.
      http://quakes.globalincidentmap.com/

      Prever um terramoto é a mesma coisa que prever que o Sol vai nascer no dia seguinte…

      Logo, “prever um terramoto” é pura vigarice… porque só serve para apanhar os mais ignorantes.

      Essa foi a estratégia do Mensur Omerbashich.
      Já falei disso várias vezes aqui no blog, como por exemplo, aqui;:
      http://www.astropt.org/2011/09/07/cometa-elenin-esta-se-a-desintegrar/comment-page-1/#comment-45629

      Sugiro que leia os nossos posts e comentários 😉

        • João on 21/05/2012 at 01:23

        Mas então é possível prever terremotos com meses de antecedência? Prever terremoto é como prever eclipse, é isso?

        Se é possível prever terremotos assim com tanta antecedência, pq as pessoas ainda ficam nos locais esperando a terra tremer?

      1. Prever terramotos é o mesmo que prever que o Sol vai nascer.
        Há dezenas de terramotos na Califórnia, na Indonésia, Japão, Chile, etc, todos os dias.

        Não é possível prever o local exacto, a magnitude, e a distância à superfície… mas sabe-se que todos os dias existem terramotos em certas partes do mundo.

  14. De facto tenho pena que certos programas se aproveitem de algo que não entendem nada de nada para fazer passar mensagens erróneas, sejam elas quais forem. Podem até ser muito bem intencionados, não os vou julgar, mas só devemos falar sobre algo quando temos a certeza que estamos à vontade para o fazer.

    Mas nesse capítulo, pecam os programas do género e peca qualquer um que se queira aventurar por caminhos que desconhece. E isso remete-me para o post, mesmo concordando com a maior parte do que foi escrito, não posso deixar de fazer uns reparos.

    Por pontos:

    1. Concordo.

    2. Concordo, a interpretação para ser válida tem que ser totalmente objectiva.

    3. Concordo, idem idem aspas aspas.

    4. Discordo.
    A frase mais correcta seria: “Nada nos desenhos mostra qualquer influência terrestre”. Isto enquanto estivermos a falar de Crop Circles (CC’s), não Croap Hoaxes (imitações baratas dos humanos sem qualquer sentido matemático).

    Os CC’s nada têm de influência exclusivamente terrestre, são perfeitamente universais e têm regras definidas pelas leis da matemática. Os seus símbolos são formas geométricas que são iguais aqui ou em qualquer outro lugar do universo. São 100% objectivos e uma vez matematicamente entendidos, não dão espaço a segundas interpretações. A Matemática, refira-se, não é um exclusivo terrestre, existe e faz parte do universo.

    5. Concordo mas só em parte.
    É verdade que existe um conceito geocêntrico muito grande que leva muita gente a pensar que estes desenhos são feitos para nós. Não creio, ainda que possa admitir alguma excepção. Sem o poder provar ainda, tudo indica que estes desenhos procuram vida inteligente. Pelo menos parece ser uma das suas funções, talvez mesmo a principal. São uma forma de comunicar. Mostram-nos (e isso já se pode provar) que são inteligentes, que são capazes de raciocionar e fazer análises matemáticas. Mas mais importante do que isso, que são capazes de o transmitir sem recorrer a qualquer símbolo que não seja uma forma universal.

    A Terra não é o centro do Universo mas tem vida e é natural que se uma ou mais civilizações descobrirem um planeta com vida, queiram saber se lá existe vida inteligente. Nós faríamos o mesmo. A questão é como? Para isso acontecer (definir se existe vida inteligente), terão sempre que se utilizar padrões universais. Ninguém tem a patente do que é ou não ser inteligente, esta análise terá que ser feita sempre com recurso a regras iguais para todos, ou seja universais. As regras universais que mais se adequam são expressas na matemática.

    O problema está é que a nossa concepção abstracta das fórmulas matemáticas são baseadas em símbolos humanos de incidência grega. Nós não estamos preparados para entender matemática de outra forma, não estamos treinados para isso. Como é lógico de se ver, símbolos gregos não são propriamente universais, mas a matemática é.

    A questão é como expressar a matemática através de algo universal, que possa ser entendido por qualquer vida inteligente?

    E a resposta é óbvia, através de formas universais como as formas geométricas. Nós já os utilizamos na lógica simples, ainda não aplicamos é esse conceito aos CC’s. Porque são exactamente isso, expressões de raciocínio lógico com recurso a formas geométricas com o círculo à cabeça por deter propriedades matemáticas únicas.

    6. Discordo.
    As mensagens são óbvias, as interpretações que muitos lhes dão por não as compreenderem é que são erradas. Por exemplo, ao se afirmar que não conseguem escrever uma mensagem óbvia, estamos a subjectivar o próprio entendimento de mensagem óbvia.

    Antes de se descobrir Rosetta Stone muitos disseram o mesmo dos hieróglifos, no entanto o problema esteve sempre do lado de quem não os compreendia, não do seu conteúdo.

    7. Concordo. Só há uma linguagem nos CC’s e é universal, trata-se de matemática.

    8 e seguintes, concordo na generalidade com todos, em especial o último.

    Abç e desculpa mas devido ao tema não podia deixar de postar.

    1. Marco,

      Nota que eu não dei opiniões… logo concordares ou discordares é completamente irrelevante.

      Por outro lado, os argumentos em que discordaste são totalmente pseudos.

      Por exemplo:

      4 – Discordas porque dizes: “Nada nos desenhos mostra qualquer influência terrestre”.
      LOLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLL
      Realmente, isto só para rir!!!!
      Dizeres que é o Pai Natal para explicares coisas que não consegues compreender, é basicamente a mesma coisa.
      Quando vires alguma mensagem a solucionar um daqueles problemas insolúveis da matemática pelos terrestres, aí falamos… porque até aí… POR FAVOR, não digas disparates.
      “não dão espaço a segundas interpretações” — pois não. Só dão uma: dos fundamentalistas religiosos que querem impôr a sua visão a algo perfeitamente terrestre.

      6 – “As mensagens são óbvias”. Pois são, são terrestres e feitas por terrestres.
      Carl Sagan escreveu no Mundo Infestado de Demónios:
      “The aliens are very advanced remember. So I ask things like, ‘Please provide a short proof of Fermat’s Last Theorem’. I write out the simple theorem equation with the exponents. It’s a simulating exercise to think of questions to which no human today knows the answers, but where a correct answer would be recognised as such. It’s even more challenging to formulate such questions in fields other than mathematics.”
      Sabes, é isto que distingue os cientistas dos pseudos…

      abraços!

        • Marco Castro on 18/05/2012 at 16:11

        Não deste opiniões, Carlos? Nos pontos em que discordei?

        Então explica isto:

        Ponto 4. O que é afinal uma influência extraterrestre?
        Na tua afirmação pareces saber o que é e passo a citar: “Nada nos desenhos mostra qualquer influência extraterrestre”. Se nada mostra, diz-me o que teria de mostrar para identificares a tal influência? Se não é uma opinião, deves saber a resposta. Se não sabes a resposta, é apenas uma opinião que discordo e já disse porquê.

        Tens razão quando afirmas que a opinião é irrelevante. O que não é irrelevante são os dados matemáticos. Eu tenho-os, tu não. São dados mensuráveis. Podes discutir com os números se quiseres. Factos não são opiniões e, se publicados, vão estar disponíveis para quem os quiser analisar numa revista científica de renome.

        Para algo ser extraterrestre, não tem obrigatoriamente de ser desconhecido pelos terrestres. Aliás, se exceptuarmos possível tecnologia, nem fazia sentido que assim fosse tendo em conta que vivemos no mesmo universo. É a mesma coisa que afirmar que tudo o que sabemos não pode ser do conhecimento extraterrestre, isto faz algum sentido?

        No caso em questão estamos a falar de lógica matemática. Os terrestres conhecem lógica matemática, o facto de nós a podermos utilizar não significa que não possa ser utilizado por outros. Muito pelo contrário, especialmente tratando-se a lógica de um resultado de raciocínio universal.

        Ponto 6 – “São terrestres e feitas por terrestres”, outra opinião. Tratando-se de matemática aplicada sem qualquer referência geocêntrica, podem ser tanto terrestres como não terrestres, é exactamente igual. Como afirmar que são exclusivamente terrestres? Conheces algo de exclusivo neles que seja apenas terrestre? Nada, não nos CC’s.

        Obviamente nos hoaxes tens a rodos. Mas os hoaxes não têm lógica, não têm ponto de partida, não têm percepção de leitura radial, não têm nada que respeite a universalidade matemática. Os CC’s têm-no e pelo menos 3 estão já identificados utilizando exactamente as mesmas regras de lógica na sua abordagem. Exactamente as mesmas regras e são perfeitos! Todos revelaram análises matemáticas precisas independente da sua geometria. Não existem TANTAS coincidências! Todos revelaram obedecer às mesmas regras universais. Isso tem um nome, chama-se linguagem e é universal.

        PS – Eu li Sagan. Como li Hawking, Feynman, Reeves, Penrose e muitos outros. Há mais de 20 anos que os leio e como deves imaginar aprendi muito mas aprendi mais em 3 anos com CC’s do que com todos eles. Agora imagina o que será preciso para afirmar isto e talvez um dia me entendas…

        PS2 – Para os restantes leitores, em especial o Sr. Cavalcanti, peço-lhe que visite a página “Crop Circles Research” no Facebook e procure entender que nem toda a pesquisa sobre o tema é sensacionalista e subjectiva.

        Cpts e falamos depois do artigo publicado.

        Abç!

      1. A roupa que trago no corpo não foi feita por extraterrestres, mas sim por terrestres.
        Isto não é uma opinião. É um facto.

        Tu podes dizer que é feita por extraterrestres, pelo Pai Natal, ou pelos unicórnios voadores invisíveis que imaginas, sem qualquer prova, existirem na atmosfera terrestre.
        Mas a verdade é só uma: tu não apresentas qualquer prova das tuas afirmações extraordinárias. Este é um claro sinal dos pseudos.

        Tu até podes fazer interpretações subjectivas comparativas entre o comprimento e largura das minhas camisas, e chegares a matemáticas incríveis. Mas a verdade continua a ser só uma: a matemática existe, tudo é feito por terrestres, e tu assumes coisas para essa matemática que não cabe na cabeça de ninguém racional.

        E sabes, todas as camisas revelam análises matemáticas da sua geometria.
        Incrível as coincidências das camisas que uso! Deve ser uma “linguagem universal” em camisas! LOL
        Vai lá estudar as camisas e dizer que são feitas por extraterrestres… LOL

        Aliás, os teus extraterrestres, como afirmei em vários pontos, são demasiado estúpidos, para saberem menos que os Humanos.

        “Os terrestres conhecem lógica matemática, o facto de nós a podermos utilizar não significa que não possa ser utilizado por outros.”

        Exacto. Por fantasmas, sereias, gambuzinos, Diabo, anjos, extraterrestres, Pai Natal, e unicórnios invisíveis voadores.
        Para a tua pseudo-explicação, todos estes tem IGUAL validade.
        Tudo porque não querem seguir uma coisa muito simples chamada de Navalha de Occam.

        Isto não são opiniões. É a realidade.
        Parece-me que tu andas fora da realidade… mas os unicórnios invisíveis voadores devem ser bons confidentes.

        Se leste Sagan e os outros, tenho pena que os tenhas deitado ao lixo para seguir pseudo-ideias.
        Mas tu dizeres que aprendeste mais com Crop Circles do que com todos eles, penso que diz bem da tua falta de saúde mental.

        Quanto ao artigo publicado numa “revista científica de renome”… sabes quantos pseudos dizem isso todos os anos? Faz uma pesquisa na internet que encontras milhares como tu.
        Sabes quantos publicam mesmo? 0.
        Mas enfim… garganta para assuntos pseudos, todos têm. Fazer uso de um cérebro racional é que nem tanto…

        abraços!

      2. Por outro lado, uma das evidências mais claras de que estamos na presença de uma mentalidade pseudo, é quando a pessoa não ouve a voz da razão, mas continua obcecada numa ideia só por ser sua.

        Dou-te um exemplo: já te disse dezenas (literalmente) de vezes que o teu problema não é a matemática, mas sim o que presumes dela. Tu continuas a achar que é a matemática o argumento que “prova” o que dizes. Não ouves, e continuas com argumentos falaciosos.

        Dei-te em cima o exemplo das camisas.
        Como sabes já te dei dezenas de outros exemplos, e mesmo assim continuas sem entender.

        Deixa-me dar outro:
        2 + 2 = 4
        4 + 4 = 8
        Um matemático olha para isto, vê as ligações entre as 2 equações e percebe que vêm a partir de uma propriedade intrínseca da matemática.
        Um pseudo olha para isto e diz: WOW! Como é possível isto? Como é possível que os números se interliguem de uma forma completamente fantástica? Estas coincidências são incríveis! Só pode ser resultado de uma linguagem universal, em que os extraterrestres nos permitiram tirar estas propriedades.

        Eu sei… vais continuar sem perceber… mas eu continuo a tentar que vejas onde está o teu erro. E, sublinho novamente, não tem a ver com a matemática.

        • Cavalcanti on 18/05/2012 at 17:19

        Olá Castro, tudo bem?

        Bom, obviamente não sou especialista neste assunto de Crop Circles, mas já expus, outrora, algo a respeito:

        http://www.astropt.org/2011/11/28/nexus-2012/#comment-49408

        Se dois velhinhos fizeram figuras simples, pessoas bem mais inteligentes (e com muito tempo de sobra) podem fazer figuras geométricas muito mais complexas. Bom, trata-se, neste caso, apenas uma opinião.

        E não existem evidências, por menores que sejam, que sejam oriundos de extraterrestres. Não vejo uma civilização que consegue vencer distâncias astronômicas; ou que conseguiram descobrir; manipular ou criar (?) buracos-de-minhoca, chegando aqui e fazendo círculos em plantações.

        Com relação ao Crop Circle que mostra o eclipse do próximo dia 20, presumimos, então, que algo à nível mundial acontecerá devido ao eclipse… bom, o tempo falará por si. Não se faz necessário tecer nenhum comentário a mais…

        😉

        Abraço.

      3. O problema do Marco é nem sequer perceber que está no mesmo balde que aqueles que dizem que as pirâmides foram feitas por extraterrestres.
        Eles não querem saber da hipótese mais provável (humanos). Em vez disso, “brincam” com a matemática, dizendo que vêem relações incríveis matemáticas nas pirâmides (e realmente, existem várias, intrínsecas às próprias figuras geométricas, e já conhecidas desde a Antiguidade), e daí retiram a conclusão espantosa que os Humanos eram demasiado estúpidos para fazerem eles próprios essas relações matemáticas, e por isso só podiam ser extraterrestres (ou unicórnios voadores).

        Em vez de perder tempo a assumir a existência de inteligências extraterrestres, o Marco deveria era tentar encontrar os esboços matemáticos em papel, feitos por terrestres para depois transporem para as plantações.

  15. Confesso que não vejo quase TV. Não só pela falta de tempo, mas mesmo que o tivesse, a TV, já há muito, que se encheu de lixo exceptuando a RTP2. E à falta de tv cabo… temos sempre a internet como forma muito mais enriquecedora de expandir o conhecimento e mais interactiva e com infinita diversão bem melhor!… (na verdade, a TV já morreu. A tendência será a internet cada vez mais intrometer-se nas vidas das pessoas.)

    Obrigado pelos artigos. Alguns, por acaso, já tinha lido! O que mais me intriga é que com tanta ASSOCIAÇÃO de defesa não tenha sido proibido de vez esse lixo (estou a fazer eufemismo – eheh)!

  16. temos alguns posts sobre isso tambem 🙂

  17. E aquele programa que dá na TV (de cá) de “contactar” com mortos!?!?!? Uma ABERRAÇÃO sem dimensão. Que faz a ALTA AUTORIDADE PARA A COMUNICAÇÃO SOCIAL!? ok… não é astronomia… mas dentro do tema de enganar descaradamente e aproveitar sofrimento emocional das vítimas… dá-me um asco tremendo.

  18. De facto, e tal como o Carlos diz neste excelente artigo, só existe uma maneira de explicar a estupidificação colectiva ao nível científico que todos os dias vamos assistindo. Ora o mundo acaba em 2012, ora acaba na semana seguinte. Ora as pulseiras equilibram, ora é muita cera nos ouvidos. Ora são sons estranhos nos céus, ora é o vizinho que comeu feijoada! Simplesmente assistimos a um acomodar colectivo, um caminhar para a ignorância comparável a uma Idade Média onde as pessoas viviam aterrorizadas pelo que lhes era imposto e pelo medo do pecado.

    Por muito que se possa duvidar, e apesar de todos os canais de informação disponíveis, é sempre mais fácil escutar o que os burlões nos têm para oferecer do que dedicarmos o nosso tempo ao conhecimento e a compreender o que nos rodeia de forma crítica.

    É uma verdadeira estupidificação de massas!

  1. […] – Fim do Mundo (tag): 2012: Profecia Maia. Documentário. Eclipse Solar e Maias (resultado). Laser. NASA. NASA. Filmes. Rádio. Artigo. Palestra (vídeo + vídeo). Sagan. Matar […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.