Estátuas que “andavam”

A National Geographic de Julho de 2012, traz um assunto curioso: as estátuas da ilha da Páscoa – moai.

Já se sabia que elas não eram só “cabeças” mas tinham também um “corpo”.

Visit msnbc.com for breaking news, world news, and news about the economy

Mas como poderia tanto peso ser colocado de pé?
E porque na tradição oral dos residentes da ilha, Rapa Nui, existem histórias das estátuas a andar?

Em presença destes mistérios, os vigaristas têm sempre a mesma resposta: foram os extraterrestres!

Já os adultos racionais, procuram investigar os assuntos de modo a ter conhecimento sobre eles.

Neste caso, um arqueólogo e um antropólogo, resolveram o mistério.
Realmente, utilizando as ferramentas tradicionais da altura, as estátuas parecem “andar”…

Leiam aqui, o artigo na National Geographic, e o livro.

10 comentários

1 ping

Passar directamente para o formulário dos comentários,

  1. Quando falam de tecnologias extraterrestres que construirem pirâmides, etc.. etc.. fico me perguntando… se tivessem sido mesmo os extraterrestres usando a tecnologia deles, imagina-se que seria infinitamente superior a que temos hoje… então…

    1_ com tanta presumível tecnologia avançada, demorariam décadas para construirem pirâmides ou qualquer coisa do passado? As evidências dizem que nada foi feito de um dia para o outro.

    2_ fica mais fácil de dizer que foram os extraterrestres quando não se tem manuais de instrução detalhados de uma civilização passada mostrando como fizeram…. Agora reparem, se os chineses tivessem sido extintos, com certeza alguns falariam que a Muralha da China, tão grandiosa, teria sido construida por extras.. mas os chineses estão aí e não ganham tantos louros pelas muralhas como os maias ou os egipcios passados, com suas pirâmides.

    3_ será que uma civlização muito avançada teria condições de construir ferramental básico para lapidar e transportar pedras ? Explico.. tenho muito mais conhecimento e acesso ao conhecimento atual que um indio da Amazonia, uso um computador, um celular, tenho ferramentas que ampliam minha capacidade e minha visão do mundo, e que permite, inclusive, acessar conhecimento que não sei para resolver algumas situações práticas. Mas na selva. tendo só o instrumental que levei, conseguiria fazer uma ferramenta para talhar uma pedra e ajuda-los a fazer um forninho, por exemplo? Não. Não vou ter instrumental suficiente nem vou conseguir fazê-lo, mesmo com instrucoes pesquisadas pelo Google, mesmo tendo um computador, mesmo chegando de helicoptero até eles.. Posso até inventar algo que quebre o galho desmontando o helicoptero, mas o material que tenho à disposicao, natural, já é uma limitacao o acesso ou para fazer o que preciso. Terei fogo, árvores, mas não alumínio, ouro, supercondutividade.

    4_ quem diz que uma tecnologia ou conhecimento superavançado é como uma chave de escoteiro, que teria mil e uma utilidades? É fácil quando se usa a propria tecnologia que se tem para se fazer o que se pode fazer com ela. mas mesmo uma civilização muito avcançada para todas as situações? Uma tecnologia alienigena levantaria pedras se eles só teriam uma nave espacial que percorre grandes distâncias? Não seria mais fácil para eles construirem uma pirâmide de vidro ou de luz, ou mais adequada à tecnologia e conhecimento que eles sabem? Entenderam o ponto onde quero chegar? Por que fariam uma pirâmide de pedras se para eles poderia ser realmente factível fazer uma de hologramas?

    5_ desce o maior sábio dos ceus e digamos que ele não vai saber fazer uma piramide de pedras, vai achar que é coisa de sociedade subdesenvolvida e mentes atrasadas.. kkkkk… Ele pode pensar, posso fazer um portal dimensional e eles querem que eu ajude nessa figura tosca de pedras amontoadas para atender o ego inflado do ditador deles? Não é de rir, alienígenas? Os alienígenas desceram dos céus como “bonzinhos” para atenderem os desejos pessoais dos monarcas e princípes? É também algo sem sentido.

    6_ o conhecimento que o mais evoluido tem não terá compreensão de uso ao muito menos evoluido. O português que chegou com espelhos e os mostrou aos indios brasileiros não conseguiria passar instruções aos indios para eles produzirem espelhos aqui, nem ele que chegou de navio teria trazido toda a tecnologia existente na Europa para fazer qualquer coisa aqui. Cada nível de consciência ( e a tecnologia aí advinda) só chega até onde pode.

    7_ mais, interessaria aos alienígenas repassarem tecnologia se os menos evoluídos não teriam capacidade de usá-la? Os alienigenas se interessariam ou conseguiriam passar conhecimento e tecnologia para uma produção de animais mais eficiente, aos terraqueos, se eles usassem células tronco para fazerem proteína animal? São tecnologias absolutamente distintas e a mais avançada não ajuda a melhorar a menor, não a resolve, e não conseguem ajudar a “menor” (produção de animais) porque estão em mundos de consciência muito diferentes. Os alienigenas teriam de observar a criação de animais no decorrer do tempo, medir propriedades quimicas, estudar a vegetação, o metabolismo animal, para realmente poderem ajudar os terraqueos. Teriam trazido todo o instrumental?

    8_ desce alienigenas só para ajudarem alguns a construirem pirâmides? Reparem, ada mais foi feito de tão extraordinàrio na vida daquele tempo, não apareceu uma medicina espetacular, não apareceu um meio de transporte novo, nada… Não foi passado nada do conhecimento em outras áreas, Então esses caras estavam de férias e vieram se divertir? Imagino a seguinte situação de vida deles.. um concurso planetário oferece 3 vagas para passar uns 40 anos na Terra para uma situação unica, assim como fazem com os programas de tv daqui, dão uma “missão passatempo” para alguns ganharem prêmios,nada a ver com a realidade da vida diária.. então três deles ganham o prêmio e vêm se divertir aqui construindo pirâmides…rsrss.. só de pensar nisso dá para ver que tem algo aí que não é racional ., Uma missão de ETs seria tão “chulé” aqui, só teriam vindo para construirem pirâmides? Desculpem-me a expressão.

    Em suma, sabendo que as pirâmides tiveram um avanço de projeto, dinastia a dinastia, que elas não apareceram gigantes de um dia para o outro, observando que as pirâmides mais antigas tinham projetos mais simples e foram aumentando em complexidade, percebe-se que tinha gente aprendendo, projetando e testando-as, assim como fazemos todo o dia com nossas cabeças há horas. Pode muito bem ter acontecido de um belo dia alguém, com uma cabecinha mais especial, teve um “eureka” para saber fazer algo gigantesco a partir do conhecimento aprendido por eles mesmos, a pedido do ego do monarca da hora, claro.

    É muito mais fácil aceitar que foram os egipcios mesmos que as fizeram, com o conhecimento que eles mesmos buscaram, de dinastia a dinastia, do que imaginar que foi “alguém” muito de fora, de fora da Terra, inclusive, até mesmo porque foram construidas por interesses e objetivos das consciências e culturas dos que dominaram os próprios povos, baseados nas crenças e mitos deles, isso sim documentado, não apareceu da vontade de alguém “do além”.

    1. Pontos muito interessantes!

      Gostei sobretudo da comparação com a Muralha da China, a diferença de consciências, e a falta de outras “tecnologias avançadas”, como hologramas ou medicina moderna. 😉

  2. Sim, 🙂 vou dar uma olhada. 😉

    Obrigado. 🙂

  3. As pirâmides egípcias e/ou outras. 😉

    Não sei se existe um estudo definitivo sobre qual método de “engenharia” estes povos se utilizavam para deslocar pedras de várias toneladas. Vi um método no documentário do artigo – sobre como transportavam os moais – e fiz uma “associação”. 😉

    Abraços.

    1. Ahhh penso que as evidências para o transporte das pedras nas pirâmides mostram coisas diferentes….

      Pelo Nilo:
      http://www.cheops-pyramide.ch/khufu-pyramid/nile-shipping.html

      Por terra:
      http://www.cheops-pyramide.ch/khufu-pyramid/sledge-tracks.html

      Pela pirâmide:
      http://www.cheops-pyramide.ch/pyramid-building.html
      http://www.cheops-pyramide.ch/khufu-pyramid/rope-roll.html

      Penso que será isto…

      abraços!

  4. Este post está excelente.
    E vem mostrar que os povos, mesmo primitivos, conseguiam feitos notáveis graças à criatividade e à imaginação.
    E hoje continua a ser assim.
    Seja mover estátuas pesadíssimas, seja construir pirâmides com blocos de rocha ou até construções geométricas em campos de cereais.

    Para descobrir como se conseguiram tais proezas, há que investigar os conhecimentos e materiais disponíveis em cada época.
    Todas estas coisas estão ao alcance de seres humanos criativos e imaginativos. E são justamente estas duas características que escasseiam nas pessoas que necessitam de recorrer ao extra-terreno, ao fantástico ou ao sobrenatural para explicar essas construções.

  5. Carlos, certamente poderei estar falando bobagens, porém esse sistema de “engenharia” dos nativos não explicaria, de alguma forma, o deslocamento (também) das pedras para a construção das pirâmides?

    Abraços.

    Em tempo: ótimo artigo. 😉

    1. Oi Cavalcanti,

      Quais pirâmides? 🙂 Dos Rapa nui? Não entendi 🙁

  6. Vi esse documentário na RTP2 à uns mesitos. Muito bom.

  7. Foi bom ver a teoria em “andamento”. É interessante ver como é que algo que nos parece quase impossível de fazer sem as nossas máquinas, afinal pode ser feito empregando algum trabalho manual e tecnologia mais simples.
    Os investigadores referem que se pode utilizar este método com estátuas mais pesadas, mas penso que para tirar todas as dúvidas, era importante demonstrar com outras experiências que de facto, assim é.

    Não tenho nada contra a hipótese de existência de vida extraterrestre, mas não compreendo porque raio é que os humanos hão-de ter tido ajuda de extraterrestres para fazer quase tudo!
    Sobretudo quando é sabido que certos povos antigos, como os gregos ou os chineses, foram autores de invenções e fizeram descobertas notáveis para uma época em que tinham pouco mais que o seu intelecto para os ajudar.

  1. […] Casa dos Espelhos. Desenhar. Resposta Única. Canal de Estórias. Erich von Däniken. Dogons. Estátuas da ilha da Páscoa. Astrologia (tag): Signos: Ofiúco. Padrões. Calvin. Televisão. Horóscopo Científico. Pouca […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.