Problemas de visualização

Esta é uma mensagem breve para dar conta de alguns problemas de ligação que tivemos nos últimos dias.
Como devem ter notado, o blog estava bastante lento e por vezes os artigos nem sequer apareciam. Dava erro de ligação.
O nosso webmaster, Nuno Coimbra, tem trabalhado dia e noite, quando pode (porque ele também tem o emprego dele e isto faz por voluntariado, como todos nós), para tentar resolver os problemas.
Como devem ter notado, o blog já está muito mais rápido e está a funcionar quase bem. Ainda faltam diversos problemas. Exemplo: os artigos não estão a ser enviados para o twitter, entre diversas outras coisas. O Nuno Coimbra irá continuar a trabalhar para tentarmos resolver tudo isto num prazo razoável.
Peço-vos que tenham paciência e de vez em quando venham ver o blog, mesmo não recebendo notificações de novos posts (devido aos diversos problemas que ainda existem) 😉

2 comentários

  1. Filipe, tás na profissão errada. Ganda filme.

    De resto, pelo que li e andei a ver, essa treta do leap second até pode ter sido mesmo responsável pela lentidão do site (e de outros por esse Mundo fora).

  2. Será que o “segundo intercalar” teve alguma influência? (http://www.pcworld.com/businesscenter/article/258663/leap_second_bedevils_web_systems_over_weekend.html)
    Será até que o segundo intercalar é capaz de causar mais estrago que a entrada no ano 2000 ?
    Fizeram filmes em que aviões caiam com a entrada no novo milénio, em que o mundo acabava no novo milénio.. Fogo, e ninguém foi capaz de fazer um filme sobre aviões cairem e o mundo acabar quando se introduzisse um “segundo intercalar” na hora legal ? Ok admito que seria um enredo altamente desinteressante, mas até parece plausível!.. A economia parava devido a “commits” na base de dados que tinham que ser “rolledback”.. As bases de dados relacionais quânticas, começavam a manipular os dados em “queries” energéticas, e a informação era processada num novo paradigma computacional superior, alterando as características lógicas melhorando o karma gravado em disco… Na nova base de dados, só a informação que estivesse prepara não seria apagada!
    G’anda filme!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.