Faleceu a astronauta Sally Ride, a primeira americana no espaço

Faleceu a primeira astronauta dos Estados Unidos, Sally Kristen Ride.

Nascida a 26 de Maio de 1951, Sally Ride participou na missão STS-7 a bordo do vaivém espacial OV-099 Challenger, tornando-se na primeira astronauta dos Estados Unidos a viajar no espaço. A missão STS-7 foi colocada em órbita a 27 de Junho de 1983 e teve uma duração de seis dias.

O seu segundo voo espacial teve lugar em Outubro de 1984 a bordo do vaivém espacial OV-103 Discovery.

5 comentários

1 ping

Passar directamente para o formulário dos comentários,

    • Dinis Ribeiro on 28/07/2012 at 09:21
    • Responder

    Penso que ela deve ser lembrada sobretudo pelo seu profissionalismo:

    http://nasawatch.com/archives/2012/07/sally-ride.html#comments

    1) Sally was an inspiration for all of human spaceflight. She understood the power space has to inspire students to pursue STEM careers; knew the differences between managing basic and applied research, and; recognized the intrinsic value of the ISS and its importance in the evolution of spaceflight. She was a woman of extraordinary leadership bearing and intellect.

    2) Sally Ride was a darn good astronaut. I recall when mission control gave her orders for a manipulator arm manuever. Sally radioed back that the maneuver would impact the shuttle. She was very professional and really knew what she was doing. She is an insperation to all.

    3) She was very highly regarded by the engineers @ JSC, unlike some of her fellow astronauts. Rode the elevator with her in Building at JSC a couple of times. One was when the Rogers Commission report was released. She got on the elevator with 2 boxes of the report to pass out to the managers and was struggling with them. I offered to take one box and went with her to the center director’s office.

    4) According to Roger Boisjoly, the engineer who warned of the technical problems that led to the Challenger accident, Ride was the only public figure to show support for him when he went public with his pre-disaster warnings (after the entire workforce of Morton-Thiokol shunned him). Sally Ride hugged him publicly to show her support for his efforts.

    5) Ela treinava para uma terceira missão quando ocorreu o acidente que destruiu a Challenger, matou sua colega de turma pioneira Judith Resnik, paralisou o programa espacial americano por quase três anos e a impediu de voar mais uma vez. Em 2003, ela foi convidada pela agência a fazer parte da equipe de investigação das causas da tragédia com a Columbia, tornando-se a única astronauta a participar das duas investigações.

    • Dinis Ribeiro on 28/07/2012 at 08:54
    • Responder

    Sugiro a leitura deste artigo:
    http://www.newscientist.com/article/dn22115-why-sally-rides-sexuality-really-matters.html

    Por associação de ideias, poderíamos meditar sobre o que aconteceu a Alan Turing:

    1) http://www.bbc.com/news/technology-18419691
    2) http://www.bbc.com/news/technology-18327261
    3) http://www.bbc.com/news/technology-18350956
    4) http://en.wikipedia.org/wiki/Alan_Turing#Conviction_for_indecency
    5) http://pt.wikipedia.org/wiki/Alan_Turing#Morte

    Para aprofundar esta problemática:
    The Five Sexes: Why Male and Female Are Not Enough
    http://frank.mtsu.edu/~phollowa/5sexes.html

    Biology and Gender Studies
    http://en.wikipedia.org/wiki/Anne_Fausto-Sterling

    • Lucas João Estevão on 26/07/2012 at 20:03
    • Responder

    Gostaria de saber, quais as causas que levou a morte da Austronauta?

      • Dinis Ribeiro on 28/07/2012 at 08:36
      • Responder

      Cancro do pâncreas
      http://www.medipedia.pt/home/home.php?module=artigoEnc&id=57

      Trata-se de um tumor maligno que tradicionalmente não é muito frequente, mas a sua incidência nos países industrializados tem aumentado progressivamente nas últimas décadas.

      http://idademaior.sapo.pt/bem-estar/saude/cancro-do-pancreas-o-resistente/

      O cancro do pâncreas, que tem uma taxa de sobrevivência de apenas 5,5 por cento em cinco anos, é, de acordo com o Eurocare 4, um dos cancros mais mortíferos da Europa.

  1. Está um pouco probre esse obituário. Sim, ela foi a primeira Americana no espaço mas ela foi muito mais que isso.
    Ela era uma defensora da divulgação cientifica. E esforçou se para motivar os jovens a se interessarem por Ciência..
    https://www.sallyridescience.com/sallyride/bio

  1. […] – Falecimentos: Paulo Santos. Arthur C. Clarke. Ray Bradbury. Sally Ride. Viver. […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.