Buraco Negro Monstruoso encontrado nos “confins” do tempo

Cientistas da Universidade de Cambridge, utilizando os dados dos telescópios UKIRT e WISE, conseguiram descobrir um buraco negro gigantesco localizado a 11 mil milhões de anos-luz de distância.
O buraco negro supermassivo recebeu o nome ULASJ1234+0907.

A detecção do buraco negro foi feita em infravermelho (calor).
Na imagem, o objecto está avermelhado, devido a toda a poeira que rodeia o buraco negro, que absorve a luz azul e esconde o buraco negro em luz visível (daí não ter sido detectado até agora).

Este buraco negro supermassivo tem 10.000 vezes mais massa que o buraco negro supermassivo que está no centro da nossa Galáxia. Este é assim um dos buracos negros mais massivos alguma vez detectados.
No Universo Observável existem provavelmente 400 buracos negros tão massivos como este.

Este estudo mostra que os buracos negros supermassivos formaram-se rapidamente e cresceram bastante naquela altura.
Provavelmente formaram-se após colisões entre galáxias.

Leiam mais detalhes, aqui.

2 comentários

1 ping

  1. Mesmo assim, não se mostra enfartado e com sinais de má disposição. Quem estiver por perto que se acautele com as saidas de…gás a alta temperatura!

  2. Ele é 4x maior doq o que era considerado maior anteriormente.
    Mais detalhes sobre este anterior aqui => http://forum.intonses.com.br/viewtopic.php?f=77&t=1860&p=185481#p185481

  1. […] Blazar. Quasar Triplo. Buracos Negros a comer, com união. Buracos Negros. Sagittarius A*. ULASJ1234+0907. Buracos negros supermassivos a vaguear. Espectros e Sequência. Funcionamento. Funcionamento e […]

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.