Evolução de V838 Mon

Crédito: NASA/ESA

Crédito: NASA/ESA

V838 Monocerotis é uma estrela hipergigante vermelha. É uma estrela variável que se encontra a cerca de 20.000 anos-luz de distância da Terra.
Em 2002 sofreu uma grande erupção (chamada nova). Isto não é estranho. O estranho é que sofreu várias erupções seguidas.
A última erupção, em Abril de 2002, foi algo nunca visto. O brilho da estrela alcançou uma magnitude de cerca de um milhão de vezes a do Sol – V838 Monocerotis foi uma das estrelas mais brilhantes da Via Látea. A causa foi uma veloz expansão das camadas externas da estrela.
diferentes hipóteses para o porquê destes acontecimentos. A hipótese que gosto mais, é a que diz que a estrela terá engolido enormes planetas gasosos.

A imagem em cima mostra a belíssima evolução da estrela, vista da Terra.

2 comentários

2 pings

  1. Carlos, a quantidade, natureza ou distribuição dos Elementos formados na nucleossíntese de uma estrela gigante pode influenciar de alguma forma os seus momentos finais (supernova)?

    1. Sinceramente, não sou especialista em estrelas… ;),. Por isso, o que eu disser não é certo 😉

      Mas penso que essa é uma hipótese para este caso 😉

      “É possível que o aumento do seu brilho fosse um flash de hélio, no qual o núcleo de uma estrela moribunda de pouca massa produz depressa uma fusão de carbono que transtorna a estrela (um acontecimento similar ao ocorrido no Objeto de Sakurai) sem destruí-la.”

      abraços!

  1. […] V838 Monocerotis era uma estrela relativamente discreta até «perder o juízo», aumentar de diâmetro de forma repentina e drástica, e tornar-se 600 mil vezes mais luminosa do que Sol. […]

  2. […] R Sculptoris. Zircónio. W1-26. Canis Majoris (Óxido e Dióxido de Titânio). V838 Monocerotis (evolução, aqui). Fomalhaut C. Pleiades (aqui). Enxames. Messier 68. NGC 602. 96 novos. Omega Centauri. […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.