Tranquilidade Solar

740363main_latest_4096_0171_1600-1200

Como se vê pelas imagens, o Sol tem estado extremamente calmo.
É verdade que estamos em pleno pico solar. Supostamente o Sol está num máximo da sua actividade. Mas a teoria não está de acordo com a prática.

sunspots_hmi_2013059

Ao contrário dos pseudos, que denunciamos neste post, nós sempre demos a informação correta: o Sol anda calmo.
Aliás, neste post, até deixamos outra preocupação: o Sol anda demasiado fraco.

Vejam o número de manchas solares. Está claramente abaixo dos outros ciclos.

solar_cycles_21-24

sunspot_20130306-300x229

Será que iremos ter um período longo de acalmia do Sol, quiçá como aquele que provocou uma mini-idade do gelo há 300 anos?

Sunspot_Numbers

Será que o máximo solar foi adiado para mais tarde como prevêem alguns especialistas solares da NASA?

aurora zone

Será que vamos ter dois picos máximos neste ciclo, tal como aconteceu nos dois últimos ciclos (22 e 23)?
Dean Pesnell, da divisão de Heliofísica da NASA, pensa que já tivemos um pico solar em 2011 e teremos novo pico solar daqui a uns meses, o que será dois picos neste ciclo 24. Leiam aqui.

Existe ainda uma outra hipótese.
Além dos ciclos conhecidos, existem também épocas de Grandes Máximos e épocas de Grandes Mínimos.
Ilya G. Usoskin defende que desde 1940 até 2011 tivemos um período de Grandes Máximos.
A partir de agora, o Sol vai ficar gradualmente cada vez mais fraco.
Neste caso, é provável que o próximo ciclo solar, com máximo previsto para depois de 2020, seja ainda mais fraco que o actual. Teremos uma acalmia solar.

LR_min

Conclusão: parece-me interessante reflectir sobre os nossos modelos solares, que são bastante simplificados. Os ciclos solares parecem ser mais complexos e com mais variáveis do que lhes damos crédito. Uma revisão dos ciclos solares, com muita maior complexidade do que popularmente se conhece, será essencial.
Continuamos a não entender perfeitamente o funcionamento cíclico do Sol.

29 comentários

2 pings

Passar directamente para o formulário dos comentários,

  1. Boa noite!
    Lendo no comentário sobre o afélio da Terra, quantos graus baixa a temperatura? E quando termina o afélio e a temperatura volta como antes?

    Agradecida

    1. Quando a Terra está mais longe do Sol, é Verão no Hemisfério Norte e Inverno no Sul.
      Quando a Terra está mais perto do Sol, é Inverno no Norte e Verão no Sul.

      Como percebe, não é a distância ao Sol que determina o mais quente ou mais frio 😉

      abraços

  2. Olá!
    Não tem muito á ver com o artigo acima, mas não vi artigo sobre essa matéria.

    Li essa matéria no seguinte link:
    http://www.astronews.com.br/WebSite/index.php?Page=NewsDetail&Id=1518

    Bom, essa estrela seria o “segundo sol” que falam, Nêmesis ou Planeta X?

    O que essa “estrela gêmea” do sol poderia nos trazer? Poderia vir pra cá? Fiquei super preocupado.

    Outra dúvida, ouvi falar que o nosso sol é o único que não é binário, essa “nova” estrela seria irmã binária do sol?

    Obrigado

  3. Olá,
    Se uma tempestade solar atingir outro planeta, o que pode acontecer lá?

    Obrigado

  4. Boa tarde,

    Podes me explicar o que está link abaixo, não percebi muito bem o que lá explica. Procurei explicação num outro lugar, mas a que encontrei pareceu-me muito exagerada.

    http://sohowww.nascom.nasa.gov/pickoftheweek/

    Entretanto tambem está aqui a de classe x, que aconteceu hoje. Há risco de atingir a Terra? Poderemos ver o sua beleza em latitudes baixas?

    Obrigada

    1. Olá mais uma vez,

      Já vi que não vai atingir a Terra nem outro planeta, foi no lado oposto do sol. Acho que pode atingir um satelite da nasa.

      Obrigada

    2. Bruno,

      Tivemos uma sequência de ejecções de massa coronal nas últimas três semanas que contrastam com a relativa calmaria dos últimos meses. Esta é uma actividade um pouco mais próxima do que seria de esperar nesta fase do ciclo; provavelmente, um sinal de que estamos próximos do pico de actividade solar neste ciclo, um ciclo muito mais fraco que os anteriores? É isso que é explicado no link.
      Quanto à fulguração de hoje. Tem toda a informação relevante aqui: http://www.astropt.org/2013/05/13/sol-produz-a-mais-intensa-fulguracao-deste-ano/.

  5. Boas,

    Mais uma, esta é de classe x.

    http://www.apolo11.com/atividade_solar.php

    Sei que não é nada de grave, mas podemos constatar que o sol não anda assim tão calmo…

    Cumprimentos

    1. Olá Bruno,

      O Sol anda muito calmo comparativamente aos últimos ciclos. Eventos como este deveriam ser muito mais frequentes nesta fase do ciclo e o que podemos constatar é que não são. Tivemos de esperar quase 5 meses para assistirmos à primeira fulguração classe-X do ano. 😉

        • Bruno on 13/05/2013 at 14:41

        Olá,

        Sim, tem razão. Estive agora mesmo a ver no SpaceEather, e reparei que no ano passado tivemos muito mais e mais fortes.

        Obrigado pela explicação.

  6. Obrigado

  7. Olá,
    Li sobre o afélio da Terra, li que é a maior distância entre a Terra e o Sol, será em 05/07/13, mas não tive mais informações sobre isso, procurei aqui em Categorias, mas não achei.
    O que seria esse afélio?
    Essa distância altera a temperatura e o clima na Terra?
    E depois o sol volta á distância “normal”?
    É comum esse afélio, ou seja, todo ano tem?
    Obrigado

    1. Todas as órbitas, como são elipses, têm alturas em que que a planeta ou lua está mais longe e outras mais perto.
      Funciona dessa forma desde sempre para todos os objectos.

      Se se está a referir à órbita da Terra, então todos os anos a Terra está mais longe e mais perto do Sol.
      O Verão no hemisfério Norte dá-se quando a Terra está mais longe do Sol. Por aí já vê que tem pouca influência. As estações devem-se à inclinação do eixo da Terra.

      abraços

  8. Olá, boa tarde!
    Há a possibilidade, dependendo do tamanho da tempestade solar, influenciar a órbita, rotação de algum planeta?
    Obrigado

    1. Não 😉

      abraços

  9. Um friozinho para contrastar com o aquecimento global. :-/

  10. Obigado!

  11. O que seria essa quinta dimensão? Pode acontecer isso?

    1. Não ;). Aquilo foi uma ironia 😉

  12. Olá, boa tarde!
    Se houver a “mini era do gelo”, além dos rios congelados e outros, o que pode ocorrer com os humanos?

    Outra dúvida:
    Tendo o máximo solar para o futuro, se for adiado, esse pico o que traz para nós, toda essa atividade e calmaria? o que implica para nós o máximo do próximo ser menor do que o atual?
    Obrigado

    1. 1 – Vão passar muito frio, e certamente existirá um elevado número de mortes durante várias décadas.

      2 – Nada de especial, a não ser que seja extremo… levar à tal mini-idade do gelo 😉

      abraços!

  13. Deixando de parte essas coisas de Dimensão ( que não entendo xD ) se os sol estar fraco, isso pode ser vantajoso ou nem por isso ?

    1. Se ficar muito fraco, podemos ter uma nova idade do gelo… 🙁

        • João on 13/04/2013 at 23:15

        Hum isso certamente seria mau para humanidade, digo eu.

        Obrigado pelo esclarecimento, Continuação de um bom trabalho =).

  14. 5º Dimensão? xD essa cena por caso existe pah? Lool,

    1. Olá Bruno,

      Foi apenas um fulguração de intensidade moderada (classe M). De acordo como o NOAA, existe 60% de probabilidades de ocorrer uma tempestade geomagnética severa para amanhã nas latitudes mais elevadas (regiões polares). 😉

  15. E isso significa que o Sol está em transito para a 5ª. Dimensão e a Terra vai de reboque…
    Sarava irmãos!

  1. […] note-se, nem sequer se considera o facto de que o Sol está tranquilo e prevê-se até um bastante calmo mínimo solar. Tendo isto em consideração (as evidências, os […]

  2. […] – Sol (tag): problemas, máximos e mínimos, tranquilidade, manchas, variável, SDO, Missão SDO, vídeo, informações, proeminência, tempestade […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.