Hubble descobre uma nova lua de Neptuno

S2004N1_Neptuno_WFC3_Hubble_comp2009Composição de duas imagens obtidas em 2009 pelo telescópio espacial Hubble, mostrando a localização da lua recém-descoberta de Neptuno.
Crédito: NASA/ESA/Z. Levay (STScI/AURA).

Foi hoje anunciada a descoberta de uma nova lua de Neptuno. O pequeno objecto foi observado pela primeira vez no passado dia 1 de Julho pelo astrónomo Mark Showalter do Instituto SETI, enquanto estudava os arcos escuros do sistema de anéis do planeta, em imagens obtidas pelo telescópio espacial Hubble. Esta é a 14ª lua conhecida na órbita do gigante azul.

“As luas e os arcos orbitam com grande rapidez, pelo que tivemos de conceber uma maneira de seguir o seu movimento, de forma a realçarmos os detalhes do sistema”, afirmou o astrónomo à NASA. Showalter estendeu a sua análise a regiões muito distantes do sistema de anéis, o que o levou a observar um pequeno ponto branco a cerca de 150 mil quilómetros de Neptuno, entre as órbitas das luas Larissa e Proteus. Para esclarecer a sua natureza, Showalter analisou, de seguida, mais de 150 imagens de arquivo obtidas pelo Hubble entre 2004 e 2009. O pequeno ponto não só reaparecia noutras imagens, como também aparentava seguir uma trajectória quase circular em redor do planeta, com um período aproximado de 23 horas.

repres_art_orbitas_luas_NeptunoDiagrama mostrando as órbitas de Tritão e das luas mais interiores de Neptuno, incluindo a da lua recém-descoberta.
Crédito: NASA/ESA/A. Feild (STScI).

A pequena lua foi designada provisoriamente S/2004 N1, e não terá mais de 19 quilómetros de diâmetro, o que a torna no mais pequeno corpo conhecido na órbita de Neptuno. O seu pequeno tamanho explica o facto da Voyager 2 ter falhado a sua detecção, aquando da sua passagem pelo sistema em 1989.

2 pings

  1. […] lâminas de gelo, vapor de água, oceano). Io (superfície). Ganimedes. Miranda. Tritão. Nova lua de Neptuno. Luas […]

  2. […] – S/2004 N 1 (Netuno) […]

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.