Descoberto planeta terrestre bastante quente com um ano que dura somente 8 horas e meia

Ilustração do planeta. Crédito: Cristina Sanchis Ojeda

Ilustração do planeta. Crédito: Cristina Sanchis Ojeda

Kepler-78b é um mundo impressionante.

É um planeta quase do tamanho da Terra que orbita uma jovem estrela que tem somente 750 milhões de anos de vida (o nosso Sol tem 4.600 milhões de anos de vida) e que se encontra a 700 anos-luz de distância da Terra.

O planeta tem uma órbita muito perto da sua estrela. A sua órbita é 100 vezes mais perto da estrela que a órbita da Terra em relação ao Sol e 40 vezes mais próxima que a órbita de Mercúrio em redor do Sol.
Devido à sua pequena órbita, o seu ano (o tempo que demora a orbitar a estrela) é de somente 8.5 horas (a Terra demora cerca de 365 dias), o que faz com que este seja o exoplaneta mais rápido já observado.
Devido à sua proximidade à estrela-mãe, este planeta rochoso é um verdadeiro inferno, com temperaturas de cerca 2.500ºC à superfície. Ou seja, consegue-se derreter ferro na superfície do planeta. Como se compreende, é um planeta não convidativo à vida tal como a conhecemos.

Na verdade, este deverá ser um planeta de lava bastante “brilhante”.

Os Hot Jupiters, Júpiteres Quentes, planetas do tamanho de Júpiter perto da sua estrela-mãe, são relativamente comuns no Universo. Mas encontrar um planeta do tamanho da Terra a esta distância da estrela é um marco nas descobertas de exoplanetas.

O destino deste planeta parece traçado: a sua órbita irá gradualmente encurtando e eventualmente o planeta irá colidir com a sua estrela-mãe dentro de alguns milhões de anos.
O que nos faz pensar: será que no início do nosso Sistema Solar existiram planetas que passados poucos milhões de anos morreram às “mãos” do Sol?

Leiam em inglês, aqui e aqui.

2 comentários

1 ping

  1. Interessante!

    Veremos se a nova missão lançada pela Nasa cujo nome não me lembro, vai conseguir encontrar algo entre a órbita de Mercúrio e o Sol. Possíveis asteróides? Qual é a sua opinião?

    Abraço 🙂

    1. Nós já temos várias sondas a estudar o Sol e a região ao seu redor. 😉

      Não existe lá nada substancial 🙁

  1. […] Kepler-11, Kepler-16b (Tatooine), Kepler-20e e 20f, Kepler-22b. Kepler-62, Kepler-69. Kepler-78b (aqui). Kepler-90. Kepler-91b. Diamante. 55 Cancri-e de diamante. Negro. Centro Galáctico. Outra […]

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.