Espiral misteriosa encontrada no Egipto

desert-breath

Esta enorme formação em espiral foi encontrada em El Gouna (Egipto).
Com uma área de cerca de 100.000 m², que inclui 178 cones (89 superiores e 89 buracos), obviamente que este desenho despertou logo a imediata curiosidade dos internautas.

A estrutura foi descoberta por investigadores… quer dizer, não.
A estrutura foi vista no programa Google Earth (coordenadas: 27°22’54.59″ N, 33°37’48.46″ E) por algumas pessoas que, não tendo ferramentas de investigação, passam o tempo à caça de gambozinos.

Claro que uma imagem destas levou logo a especulações totalmente absurdas nas redes sociais, como por exemplo ser uma estrutura muito antiga (centenas de milhares de anos), especularem que seria um portal para outra dimensão (ou universo paralelo) ou até dizerem que é um sistema de sinalização para naves extraterrestres (porque ETs que viajam milhões de quilómetros no espaço são tão atrasados que precisam de sinais de sinalização no solo para saberem onde estão).

1

Na verdade, esta estrutura chama-se Desert Breath.
Como nos diz a wikipedia: “Foi criada pelo grupo D.A.ST. Arteam, um coletivo de três artistas – Danae Stratou, escultor, Alexandra Stratou, designer industrial, e Stella Constantinides, arquiteta. A obra, terminada em 7 de março de 1997, cobre uma área de 100 000 m2 e está junto a uma estrada. Contam-se 89 cones proeminentes de dimensão gradualmente maior à medida que se afastam do centro das espirais, e outros 89 cones invertidos. A areia retirada dos cones invertidos foi usada para construir os cones salientes, o que implicou a movimentação de 7900 m3 de areia. No centro da obra está uma superfície de água que forma uma piscina circular com 30 m de diâmetro. A obra está sujeita à erosão natural e acabará por ser erodida, voltando a ser planície desértica. É observável em imagens de satélite, por exemplo no programa Google Earth. Os artistas afirmaram que o projeto visava sugerir uma experiência de infinito tendo a paisagem do deserto como enquadramento.”

2

Vejam como a estrutura foi feita:

“Desert Breath” | Land Art Installation | By D.A.ST. Arteam, Egypt (1997) from Danae Stratou on Vimeo.

Ou seja, esta construção foi feita recentemente por humanos, como uma forma de arte.
Infelizmente, algumas pessoas estão tão desejosas de ver extraterrestres em todo o lado, que continuamente desconsideram o engenho e criatividade humanas.

8 comentários

1 ping

Passar directamente para o formulário dos comentários,

  1. Feito em 1997 e ainda resiste? Ou não existe nenhum ventinho por esses lados ou então é obra de ET’s…

    1. A minha casa foi feita antes e também ainda resiste… 😉

      A estrutura está, obviamente, num processo de erosão lento e contínuo…
      A degradação, o desgaste é real… 😉

      abraços

        • Cavalcanti on 06/03/2014 at 16:10

        O Filipe está a ser irônico frente teorias conspiratórias de construção por extraterrestres.

        😉

    2. ahhh ok 😀

      Lei de Poe 😛
      http://pt.wikipedia.org/wiki/Lei_de_Poe

    • BetinhoFloripa on 06/03/2014 at 11:35
    • Responder

    mais um candidato à construção ALIEN daqui há alguns anos:

    http://contamine.net/memorial-no-deserto/

  2. E os crop circles que supostamente aparecem de um dia para o outro, são feitos por quem?

    1. Todos os que sabemos, têm sido feitos por humanos. Basta ler os nossos posts.

  3. “Ou seja, esta construção foi feita recentemente por humanos, como uma forma de arte.
    Infelizmente, algumas pessoas estão tão desejosas de ver extraterrestres em todo o lado, que continuamente desconsideram o engenho e criatividade humanas.”

    Perfeito!

  1. […] Imagem Inspiradora. Luís Carmo. Beleza. Ficção Científica. Frigideiras planetárias. Espiral. Pó de Estrelas. Música. U2. Sinfonia da Ciência (todos). Gigantes. Bohemian Gravity. Ciência […]

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.