Encontrados fósseis do Maior Dinossauro

Jose Maria Farfaglia/Museo Paleontologico Egidio Feruglio

Jose Maria Farfaglia/Museo Paleontologico Egidio Feruglio

“Maior dinossauro de sempre encontrado na Argentina.
(…)
Quarenta metros de comprimento e um peso equivalente ao de 14 elefantes africanos: uma equipa de cientistas do Museu Paleontológico Egidio Feruglio, na Patagónia argentina, descobriu os restos fossilizados de uma nova espécie de dinossauro que acreditam ser a maior do mundo identificada até agora.
(…)
O dinossauro é um herbívoro, da família dos saurópodes, de cauda e pescoço longos e crânio pequeno, com uma massa corporal de 77 toneladas, inferida a partir do comprimento e diâmetro do fémur. Terá vivido há uns 90 ou 100 milhões de anos, no período do Cretáceo Superior, a recta final da era dos dinossauros.
(…)
Numa imagem divulgada pelo museu, pode constatar-se que uma perna do novo saurópode mede sensivelmente o mesmo que uma girafa; um tiranossauro parece pequeno a seu lado; um humano faz figura de formiga. A nova espécie tem cerca de cinco toneladas mais do que o Argentinosaurus descoberto em 1987, também num rancho argentino, que até agora era o maior dinossauro conhecido. O novo saurópode teria 20 metros de altura, o equivalente a um edifício de sete andares (…)”

Leiam o artigo completo no jornal Público, aqui.
Leiam o comunicado de imprensa do Museu, aqui.
Leiam também na BBC, aqui, e vejam aqui.

Vejam também este vídeo que nos fala de algumas limitações da descoberta:

1 comentário

  1. E agora essa, esses Argentinos, sempre querendo ser melhores em tudo..

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.