M106: uma galáxia espiral com um núcleo estranho – APOD

m106_colombari_960

Créditos da imagem: NASA, ESO, NAOJ, Giovanni Paglioli. Montagem e processamento: R. Colombari e R. Gendler.

O que está acontecendo no centro da galáxia espiral M106? Como um disco rodopiante de estrelas e gás, a aparência de M106 é dominada pelos braços espirais azuis e faixas vermelhas de poeira perto do núcleo, como mostrado na imagem em destaque.

O núcleo de M106 brilha intensamente em ondas de rádio e raios X, onde jactos individuais têm sido encontrados em toda a extensão da galáxia. Um brilho central incomum faz de M106 um dos exemplos mais próximos da classe de galáxias Seyfert, onde grandes quantidades de gás incandescente provavelmente estão a cair num buraco negro maciço central.

M106, também designada NGC 4258, está relativamente perto, a 23,5 milhões de anos-luz de distância, se estende por 60 mil anos-luz de diâmetro e pode ser vista com um telescópio pequeno na direção da constelação dos Cães de Caça (em latim: Canes Venatici).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.