M64: A galáxia do Olho Negro por Michael Miller e Jimmy Walker

http://apod.nasa.gov/apod/ap150618.html

M64: A galáxia do Olho Negro por Michael Miller e Jimmy Walker

A belíssima, grande e brilhante galáxia espiral Messier 64 (NGC 4826) é comumente chamada de Galáxia do Olho Negro (Black Eye Galaxy) ou de Galáxia da Bela Adormecida (Sleeping Beauty Galaxy) devido a sua aparência exótica. M64 aparece com um “olho com pálpebras pesadas” quando a observamos por telescópios.

M64 reside a cerca de 17 milhões de anos-luz de distância na ‘bem penteada’ constelação boreal de Coma Berenices (Cabeleira de Berenice, em homenagem a Berenice II – rainha do Egito).

Na verdade, a designação “Galáxia do Olho Negro” pode também ser um apelido apropriado ao analisarmos esta composição colorida. As enormes nuvens de poeira que obscurecem o lado mais próximo da  região central da M64 estão entrelaçadas com o brilho avermelhado revelador da massiva presença do hidrogênio, substância comumente associada as regiões de formação estelar.

Mas estas não são únicas características peculiares desta galáxia. Observações revelam que M64 é realmente composta de dois sistemas concêntricos em contra-rotação. Enquanto todas as estrelas na M64 giram na mesma direção que o gás interestelar na região central da galáxia, em contrapartida, o gás nas regiões exteriores, que se estende até cerca de 40.000 anos-luz, roda na direção oposta. O ‘olho empoeirado’ e os sistemas em rotações bizarras são provavelmente consequências da fusão de duas galáxias distintas, em um processo de um bilhão de anos de idade.

Fontes

APOD

Hubble Heritage: AN ABRASIVE COLLISION GIVES ONE GALAXY A “BLACK EYE”

Artigo Científico

Kinematics of NGC 4826: A sleeping beauty galaxy, not an evil eye por Vera C. Rubin

._._.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.