Tatuagens electrónicas que vigiam a saúde

Já tinha ouvido falar dos implantes por baixo da pele que, no futuro, irão ser tão normais como ter unhas e servirão como bilhete de identidade, passaporte, cartão de crédito, medidores de tensão arterial, check-ups sanguíneos, etc.

Mas agora a empresa de design de software Chaotic Moon quer criar tatuagens (sem precisar de implantes) de alta tecnologia “com um circuito feito de componentes electrónicos e tinta condutora para recolher dados biométricos do utilizador.”

Crédito: Chaotic Moon

Crédito: Chaotic Moon

Estas tatuagens recolhem e transmitem os dados sobre a saúde do utilizador (da pessoa com a tatuagem).
“Feita com componentes electrónicos, é capaz de monitorizar a temperatura corporal, a pressão arterial ou detectar se uma pessoa está stressada com base no suor, batimento cardíaco e nível de hidratação.” Também poderá incluir “a possibilidade de medir e vigiar a temperatura de uma criança que esteja doente ou monitorizar o padrão de sono do utilizador.” Além de, claro, também poder funcionar como bilhete de identidade, passaporte, e cartão de crédito. E, certamente, muito mais poderá fazer no futuro.

O futuro… está aí.

Leiam o artigo no jornal Público, aqui.

1 comentário

  1. Prefiro não ser vigiada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.