UGC 1810

Créditos: NASA, ESA, Hubble, HLA; Domingo Pestana

Na imagem vê-se a galáxia UGC 1810, que se encontra bastante distorcida devido à batalha gravitacional que está a travar com a sua companheira galáctica.
O par em colisão denomina-se Arp 273.

A forte interação gravitacional entre as duas galáxias promovem uma forte formação estelar. Assim, os braços espirais têm imensas estrelas quentes e jovens (daí os braços serem azuis), com somente alguns milhões de anos de idade.

Arp 273 encontra-se a cerca de 300 milhões de anos-luz de distância da Terra, na direção da constelação de Andrómeda.

Nos próximos milhares de milhões de anos, a UGC 1810 irá devorar a sua companheira.
A fusão destas galáxias resultará numa maior galáxia espiral.

Fonte: APOD

Créditos: NASA, ESA, Hubble, HLA; Domingo Pestana

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.