Nebulosa como Ornamento Festivo

Crédito: ESA/Hubble & NASA

O Telescópio Espacial Hubble fez esta belíssima imagem da nebulosa planetária NGC 6326, que se encontra a cerca de 11 mil anos-luz de distância da Terra.

Uma estrela de baixa massa como o Sol, envelhece entrando na fase de gigante vermelha.
Após essa fase, ela começa a ejetar camadas de gás, criando ao seu redor uma nebulosa.
Entretanto, a estrela inicial, após perder todo esse gás e contraindo, vai-se tornar uma anã branca, quente e compacta.

As nebulosas planetárias representam uma das formas dos elementos mais pesados que hidrogénio e hélio serem dispersados pelo espaço após serem criados no núcleo das estrelas. Parte desses elementos pesados ajudará a criar novas estrelas e planetas.

O seu brilho provém da radiação emanada pela estrela moribunda que se encontra no seu centro.
As cores azul e vermelha vêm de material que inclui oxigénio e hidrogénio ionizados, que brilham devido à radiação ultravioleta da quente estrela central.

Fonte: NASA

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.