Adeus Kepler

Créditos: NASA / Ames / JPL-Caltech

Após 9 anos de sucesso, com tremendas descobertas, o Telescópio Espacial Kepler deixou de funcionar.
Este era um fim previsto, já que o seu combustível chegou ao fim.

A falta de combustível faz com que não se consiga orientar corretamente para estudar objetos cósmicos e não consegue enviar os dados de volta para a Terra.
Por isso, para todos os efeitos, deixou de funcionar eficazmente.

Crédito: NASA / Ames / Wendy Stenzel

Desde 2009 que o Kepler nos tem deslumbrado com as suas descobertas de exoplanetas. Ele descobriu 70% dos exoplanetas já confirmados até hoje.
E irá continuar a fazê-lo, já que muitos dos seus dados ainda não foram analisados. Teremos ciência devida ao Kepler ainda por vários anos. No entanto, o telescópio em si, já não está em atividade. No dia 30 de Outubro, a NASA anunciou a triste notícia.

Os comandos finais para a “morte” do Kepler foram dados a 15 de Novembro de 2018.
Isto coincidiu com o aniversário da morte de Johannes Kepler, que morreu a 15 de Novembro de 1630.

Fontes: NASA, NASA, NASA, LASP, Space.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.