Será M31N 2008-12a a principal candidata a Supernova?

M31N 2008-12a, no centro da imagem, a seta vermelha aponta para a Nova. Crédito: LTA/Ruben Barbosa

Na nossa galáxia vizinha, Andrómeda, existe uma nova absolutamente notável, denominada por M31N 2008-12a. Uma nova é uma explosão nuclear que ocorre numa estrela, causada pela acreção de hidrogénio à superfície duma anã branca que conduz ao início de reações nucleares (as novas não devem ser confundidas com supernovas).

Com 11 erupções já identificadas, incluindo 8 nos últimos 8 anos, o sistema M31N 2008-12a  exibe um período de recorrência de 1 ano, que possivelmente poderá ser somente de 6 meses.

Este curto período entre erupções é impulsionado pela combinação de uma anã branca de alta massa (1,38 Massas Solares) e alta taxa de acreção, tão alta que parece ser proveniente do vento estelar de uma companheira gigante vermelha.

As observações em Hα revelaram a presença de uma enorme nebulosa (400 anos-luz de comprimento, isto é: cerca de 400 sistemas solares) estendida em seu redor, que poderá ser o remanescente de milhares de erupções passadas.

Com uma previsão que a anã branca atinja o limite de Chandrasekhar (que representa a máxima massa possível para uma estrela do tipo anã branca) brevemente, a M31N 2008-12a tornou-se na principal candidata a supernova do tipo Ia.

Mais informações por M. J. Darnley podem ser encontradas aqui: https://arxiv.org/pdf/1611.01301.pdf.

Recente análise atualizada prevê que a anã branca M31N 2008-12a possa atingir a massa de Chandrasekhar em < 20 kyr. Mais informações: https://arxiv.org/abs/1709.10145.

M31, Andromeda Galaxy Composition (AAPOD) . Créditos: DSW/LTA/Ruben Barbosa

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.