Auto-ajuda?

Por várias vezes, criticamos aqui as frases ôcas, vazias de significado, proferidas por supostos mestres de auto-ajuda.
Ainda recentemente, mencionamos um estudo que liga a propensão de acreditar nestas expressões com pseudo-profundidade com a propensão de acreditar em notícias falsas.

Agora, li sobre um crime perpetrado pela NXIVM (pronuncia-se nexium), que se auto-intitulava como um grupo de autoajuda: que se definia como “comunidade guiada por princípios humanitários” e que procurava “responder a importantes questões sobre o sentido do ser humano”.

Isto são frases vazias, que nada dizem, e em que muitas pessoas caem.

Na verdade, o grupo estava ligado a interesses obscuros.
Um dos alertas para os participantes devia ser constantemente terem de dar dinheiro para o grupo (investiam dinheiro para aulas, workshops e livros).
Outro dos alertas devia ter sido o facto de assinarem um contrato de confidencialidade.

Ainda outro alerta devia ser as “dietas de emagrecimento”, porque segundo o dirigente máximo, a gordura das mulheres interferia com a sua energia (do dirigente).
Como eu também já alertei aqui diversas vezes, os pseudo-treteiros utilizam a palavra “energia” para o que lhes convém. Energia tem uma definição precisa, que é da física (como também já expliquei). Se não é essa a definição utilizada, então é vigarice.

Crédito: Frank Report

Na prática, a fachada de “auto-ajuda” servia para os dirigentes ficarem ricos. E, segundo o relatório do FBI, servia para os dirigentes se servirem das mulheres como escravas sexuais.

A auto-ajuda realmente ajudava, mas só aos próprios dirigentes…

Como é que conseguiam manter as pessoas no culto?
Filmavam os membros, e depois chantageavam esses mesmos membros.

Curiosamente – como até me parece normal – várias estrelas de Hollywood e pessoas demasiado ricas um pouco por todo o mundo, foram levadas nesta treta.

Conclusão: cuidado com estas tretas! É preciso estar sempre muito atento aos sinais de alerta. É preciso ter pensamento crítico. E devia ser obrigatório utilizar sempre o Baloney Detection Kit, que nos foi fornecido por Carl Sagan.

Fontes: USA today, The Sun, CMjornal

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.