Tag: ESO

As Asas da Nebulosa da Gaivota

Esta nova imagem do ESO mostra parte de uma nuvem de poeira e gás brilhante chamada Nebulosa da Gaivota. Estas nuvens vermelhas filamentares formam parte das “asas” desta ave celeste e a fotografia revela uma intrigante mistura de nuvens escuras e nuvens brilhantes vermelhas, que serpenteam por entre as estrelas brilhantes. Esta nova imagem foi …

Continue a ler

Ecos de galáxias do passado – observações do VLT identificam novo tipo de galáxia muito raro

Uma nova classe de galáxias foi identificada com o auxílio do Very Large Telescope do ESO (VLT), o telescópio Gemini South e o telescópio Canadá-França-Hawaii (CFHT). Apelidadas “galáxias feijão verde” devido à sua aparência invulgar, estas galáxias brilham sob a intensa radiação emitida pelo material que circunda os enormes buracos negros centrais e encontram-se entre …

Continue a ler

Até as anãs castanhas podem ter planetas rochosos

Utilizando o Atacama Large Millimeter/submillimeter Array (ALMA), os astrónomos descobriram pela primeira vez que a região exterior de um disco de poeira em torno de uma anã castanha, contém grãos sólidos com tamanhos da ordem do milímetro, comparáveis aos encontrados em discos mais densos situados em torno de estrelas recém nascidas. Esta descoberta surpreendente desafia …

Continue a ler

Planeta anão Makemake não tem atmosfera

Os astrónomos utilizaram três telescópios nos observatórios do ESO, no Chile, para observar o planeta anão Makemake, no momento em que este passou em frente a uma estrela distante, bloqueando assim a radiação emitida pela estrela. As novas observações permitiram verificar pela primeira vez se o planeta se encontra rodeado por uma atmosfera. Este mundo …

Continue a ler

Primeiro candidato a exoplaneta potencialmente habitável num sistema com seis planetas

Representação artística de HD 40307g, um novo candidato a exoplaneta potencialmente habitável descoberto na órbita da estrela HD 40307. Crédito: PHL. Uma equipa de astrónomos europeus e americanos anunciou ontem a descoberta de um candidato a super-Terra potencialmente habitável na órbita de HD 40307, uma estrela do tipo espectral K2,5 V, situada na direcção da …

Continue a ler

Estrelas antigas ou modernas?

Esta imagem colorida do enxame estelar globular NGC 6362 foi obtida com o instrumento Wide Field Imager montado no telescópio MPG/ESO de 2.2 metros, no Observatório de La Silla, no Chile. Esta nova imagem, juntamente com uma outra imagem nova da região central deste objeto, obtida pelo Telescópio Espacial Hubble da NASA/ESA, dão-nos a melhor …

Continue a ler

Um Universo Deslumbrante – Palestra

É já amanhã (1 de novembro) a terceira palestra do programa complementar da exposição “Um Universo Deslumbrante“, no Planetário do Porto: “Exoplanetas” Doutor Pedro Figueira (CAUP) As atividades começam pelas 21h, no edifícido do Planetário do Porto, com uma visita guiada à exposição. De seguida será apresentada a palestra. Mais informações disponíveis aqui.

84 milhões de estrelas e ainda estamos a contá-las – VISTA cria o maior catálogo de sempre do centro da nossa Galáxia

Utilizando uma imagem enorme, de nove gigapixeis, do telescópio de rastreio infravermelho VISTA, localizado no Observatório do Paranal do ESO, uma equipa internacional de astrónomos criou um catálogo de mais de 84 milhões de estrelas situadas nas partes centrais da Via Láctea. Esta base de dados gigantesca contém dez vezes mais estrelas que estudos anteriores …

Continue a ler

Um planeta “ao virar da esquina”

Uma equipa europeia, liderada por Xavier Dumusque (Observatório de Genebra/CAUP), detetou um planeta com massa semelhante à da Terra em Alfa do Centauro B, no sistema estelar mais próximo do Sol. Este resultado, que será publicado na próxima edição da prestigiada revista Nature, foi feita através do método das velocidades radiais, com o espectrógrafo de …

Continue a ler

Uma VISTA antes do pôr do Sol

“O Observatório do Paranal do ESO – situado na região do Atacama, Chile – é principalmente conhecido por albergar o Very Large Telescope (VLT), o emblemático telescópio do ESO. No entanto, desde há alguns anos que o local alberga igualmente dois telescópios de rastreio de vanguarda. Estes novos membros da família Paranal foram concebidos para …

Continue a ler

Load more