Hoje Está a Haver um Terramoto em Roma

Uma suposta profecia de um Italiano chamado Raffaele Bendandi (1893-1979), afirma que iria haver um terramoto dia 11 de Maio de 2011 e que destruiria Roma. Tudo isto baseado no estudo de 2 planetas que supostamente interferem com a Terra nessa data.

Bendandi era um astrónomo e sismólogo autodidata italiano. No entanto parece que tudo “não passa de uma fraude”, disse Paola Lagorio, presidente da Associação La Bendandiana. Adianta ainda que “nos documentos de Bendandi não se encontra nenhuma referência ao terremoto em Roma no dia 11 de maio de 2011″ (Aqui)

Contudo, as pessoas acham que será verdade e, imaginem, pelo menos 15% dos funcionários públicos pediram dispensa e centenas de pessoas estão a deixar a capital! Parece que Bendandi tinha razão, há um terramoto hoje e não é só em Roma, é na Itália. E não é um terramoto físico mas sim financeiro. Com tanta gente a acreditar numa parvoíce destas e a faltar em emprego a produtividade do país leva com um bom safanão.

“É uma notícia totalmente inventada, obra de alguém que sabe que a única pessoa crível na Itália para uma previsão desse tipo é Bendandi”, denunciou Paola Lagorio em um programa da televisão pública RAI. (Aqui)

Um dos sites mais fantásticos afirma que Bendandi teria deduzido trans-neptunianos “que de tempos em tempos se aproximam e se alinham com os demais planetas, e com nosso satélite natural a Lua. Essa soma de influências dava a ele capacidade de prever a ocorrência de grandes sismos.”. Enfim, o mesmo tipo de frases que estamos habituados a ler e ouvir. É daquelas coisas que nos faz rir pois sabemos verificar esta mentira. Vejamos:

Esta é uma imagem dum modelo interactivo do Sistema Solar. Reparamos que os planetas, afinal, não estão alinhados.
Que pena, gostaria de ver uma profecia cumprida. Estão-nos sempre a enganar.
Quando será a sério? Já sei, quando algum desastre ocorrer vão dizer que havia uma profecia sobre isso. Eu posso dizer que um dia vai haver um terramoto em Lisboa, sei que sim mas não digo mais nada. Quando houver um digo que sou profeta.

Hoje podemos ver em tempo real mais uma mentira que anda a deambular por aí. E ainda reparamos que há mais pessoas com uma capacidade crítica muito pequenina e que vão atrás destas mentiras.

Mais um dia em que a ciência e o pensamento crítico vence! Daqui a 10 dias espera-se mais uma grande vitória. E há gente já a planear grandes férias com o dinheiro ganho com mentiras.

81 comentários

1 ping

Passar directamente para o formulário dos comentários,

  1. Como dizemos aqui no Brasil: SIFU. Não posso explicar aqui o significado dessa “palavra” mas se alguém quiser saber, joga no google. Em resumo, o cara que escreveu esse monte de BOBAGENS, sifu.

  2. só quero ver em 2012

    1. Em 2012 nada irá acontecer:
      http://www.astropt.org/2008/08/22/2012/

  3. Acho que ele somente errou o lugar. O terremoto aconteceu na Espanha.

    1. Não.
      Ele não errou nem deixou de errar, porque ele nunca fez essa previsão.

      Isto foi um rumor que apareceu na net, mas que nos documentos dele não diz nada sobre o dia.

      Como diz no post: “é uma notícia totalmente inventada”.

    • Ana Guerreiro Pereira on 13/05/2011 at 13:10
    • Responder

    Relativamente ao sismo em Espanha: http://sicnoticias.sapo.pt/Lusa/2011/05/12/espanhasismo-grau-de-destruicao-explica-se-pela-magnitude-mas-tambem-pela-intensidade—especialista-cudio

    (explicado por Joaquim Luís, geofísico da Ualg)

  4. Mas Carlos, conta ai as suas previsões. Vai ver que fazemos de você o nosso profeta. Que acha?

    1. As minhas previsões:
      http://www.astropt.org/2010/06/26/previsoes-3/
      Tive 100% de sucesso!!!!

      Previsões para 2010:
      http://www.astropt.org/2009/12/31/previsoes/
      100% certas!!!!

      Previsões para 2011:
      http://www.astropt.org/2010/12/31/previsoes-para-2011/
      para já, 70% certas!!!!
      e ainda faltam 7 meses para acabar o ano!!! 😉

      Como vê… ser profeta é das profissões mais fáceis do mundo… 😉

      1. LOLOLOL 😀

        • shirley on 12/05/2011 at 15:42

        Já que é tão bom assim, qual a previsão para as moedas dolar, euro e libra? Valorizar ou desvalorizar?

      2. Shirley, lá está… isso não são profecias… basta olhar para o mercado e seguidamente tenho 50% de hipóteses de acertar (só me dá 2 hipóteses).
        Isso faz-se pelo mundo milhões de vezes só hoje.
        Será que afinal então somos todos profetas? 😛
        (é que ao sermos todos profetas… nenhum é)

  5. Acho que era do dia 9.

    Ele acertou sim em uma coisa, disse que roma ficaria vazia e ficou.

    O resto fica a criterio de cada um.

    1. Mas como acertou se nos documentos dele não vem nada disto?

      Houve pessoas que inventaram que sim… depois espalhou-se o rumor pelos crentes que não querem saber da verdade mas acreditam em tudo que lhes seja dito pela net… e depois como não entendem um mínimo básico de estatística (que se aprende na escola quando se tem 15 anos) então por isso acham que ele acertou nalguma coisa (cometem o erro tipo I).

      Os critérios têm que ser objetivos e definidos antes dos resultados. 😉
      Se os critérios são definidos após os eventos (como não querer saber de distâncias), deixam de ser profecias e passam a ser simples interpretações pessoais que em nada têm a ver com previsões.

      O que a mim mais me salta à-vista é a quantidade de pessoas que acredita por acreditar sem questionar o que quer que seja… a quantidade de pessoas que não entende o mínimo de estatística… e essa mesma quantidade de pessoas criar os mesmos mitos, crenças, e racionalizações posteriores que foram criados por exemplo sobre Nostradamus para 1997 (quando “toda a gente” dizia ser o fim-do-mundo devido às “profecias” dele). Ou seja, cometem os mesmos erros vezes sem conta, e não aprendem.
      Isso é o que me preocupa: a incapacidade das pessoas em aprender.

        • shirley on 12/05/2011 at 15:34

        Estamos falando do vídeo? Ele menciona roma vazia por causa da noticia.

        Entendi o que disse. Apenas comentei o vídeo porque as pessoas levam a sério estas previsões, ainda que sejam ou não potenciais.

        Não acredito e não estou preocupada com isso e levo na brincadeira como vocês. Contudo, fico de sobreaviso porque viajo frequentemente e tive que cancelar um projeto em Bankgkok recentemente.

        • Ana Guerreiro Pereira on 12/05/2011 at 15:35

        Pois então fazemos assim: vou espalhar o boato de que vai haver um grande terramoto em Lisboa num tal dia a tal hora. E prevejo q Lisboa irá esvaziar-se…. 😛

        Shirley, o falso profeta (q nem sequer era o astrónomo designado) facilmente deduziu que, se as pessoas acreditarem q vai haver um terramoto, tb saem do local do terramoto por via de dúvidas. Não é previsão nenhuma, é uma simples questão de juntar 2 e 2…

      1. entendi o vídeo sim… o vídeo não é do Bendandi…

        agora também contam vídeos do YouTube de quem quer que seja?
        Porque estatisticamente falando, todos os dias há vídeos no Youtube que apresentam “profecias” que se concretizaram…
        Isso é normal… está dentro do erro estatístico…

        Mas neste video, precisamente, nada se concretizou.
        Roma não ficou vazia.
        Pelo contrário. Ficou com mais gente do que saem das grandes cidades portuguesas nos fins-de-semana de praia, por exemplo.

        Se eu fizer um vídeo a falar das grandes cidades portuguesas (Lisboa e Porto), e que profetizo desde já que a 21 de Agosto de 2011 terão um êxodo em massa nesse fim-de-semana…
        estarei a ser um profeta? 😛

        (este é mais um dos problemas: as pessoas não distinguirem profecias com senso comum)

        • Ana Guerreiro Pereira on 12/05/2011 at 15:55

        Carlos, e eu profetizo que me vão encher a terrinha nesse dia de Agosto… nem me lembrem disso 😛

      2. Deixem-me dizer mais uma coisa sobre erros estatísticos:

        se eu jogar cartas todos os dias (como há terramotos) e disser que vou ter uma mão com 10 copas de início… e isso acontecer… será que é uma profecia?
        Não. Não é uma profecia, porque existe uma probabilidade normal disso acontecer.
        É tão normal eu ter 10 copas na mão, como 3 copas, 4 ouros, 2 espadas, 1 um pau.
        As pessoas é que dão uma interpretação a 10 copas como se tivesse um significado especial… mas é um erro humano, de interpretação pessoal… porque na realidade, a probabilidade é a mesma de sair qualquer mão… todas elas que eu imagine antecipadamente (profecia) tem uma probabilidade bastante baixa de sair… e igual.

        Mas neste caso do italiano, ainda foi pior, porque ele nem sequer fez essa profecia… as pessoas inventaram essa profecia… e depois ainda tiram interpretações pessoais disso.

        abraços

    2. Como é que 20% de faltas ao trabalho, das quais é impossível distinguir quem faltou por temer o terramoto, equivale a Roma ficar vazia?

      “Vinte por cento dos romanos não foram hoje ao trabalho, parece que vai haver um sismo. Em contrapartida, os hotéis e unidades de turismo rural tiveram um ‘boom’ nas reservas”

      http://www.jn.pt/PaginaInicial/Mundo/interior.aspx?content_id=1849583

  6. não aconteceu em roma mas aconteceu em murcia,não era profecia mas sim resultado de calculos através da posição de certos planetas,e tendo em conta o tamanho do planeta e do sistema solar a margem de erro não foi assim tão grande para a data em que rafael bendadi o previu

    1. O Bendandi não previu coisíssima nenhuma.
      Em lado nenhum existem esses “cálculos”.

      Não houve qualquer profecia… foi tudo inventado.

      Será que as pessoas não sabem ler os posts? 😛

      1. Poucas são as pessoas que lêem os posts completos 😛

        http://bengoldacre.posterous.com/if-youve-read-this-far-mention-bananas-in-you

  1. […] Matar pessoas. Consequências. Inscrição Maia sobre fim-do-mundo. Calendário Maia mais antigo. Roma (rescaldo). Betelgeuse. Vénus explodir. 20 de Dezembro. Gliese 710. Reversão dos Pólos. Nexus […]

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.