Marte avantajado esta noite ?

A história fantasiosa das duas luas no céu a 27 de Agosto – em que Marte ficaria do tamanho da nossa Lua no céu – começou em 2003, e 10 anos depois os e-mails continuam a ser enviados e recebidos mantendo esta mentira.

Se forem ao Google, vêem 97 milhões de páginas relacionadas com esta temática!

mars_and_moon_august

Todos os anos por esta altura circula um e-mail que afirma que na noite de 27 de Agosto, Marte estará tão grande no nosso céu como a Lua. As ideias principais nesse e-mail são: iremos ter duas luas no céu e este é um fenómeno tão raro que não mais o veremos enquanto formos vivos.

A 27 de Agosto de 2003, Marte esteve somente a cerca de 56 milhões de quilómetros da Terra. Foi o mais perto que esteve em cerca de 60 mil anos! Antes, só os Neandertais o tinham visto tão perto! (apesar de que Marte esteve a 56,5 milhões de quilómetros de distância em 1971) E só vai estar tão perto novamente em 2287.

Mas mesmo tão perto, visto da Terra, Marte não passou de uma “estrela” um pouco mais bem parecida e vermelha que as outras. A não ser que se soubesse para o que se estava a olhar, Marte passava completamente despercebido no céu estrelado. Ou seja, mesmo em 2003, Marte, apesar de estar relativamente muito próximo de nós, no céu continuou a ser um mero ponto.

No entanto, por e-mail, recebia-se outra história. Um brincalhão não identificado decidiu no Verão de 2003 enviar massivamente um e-mail a dizer que Marte iria estar tão perto da Terra que no céu se iriam ver duas luas! Iria ser a normal Lua e Marte tão grande no céu como a própria Lua.
Isto levou a uma histeria dos internautas, que começaram a re-enviar esse e-mail para todos os seus amigos, e estes para os seus amigos, e de repente temos o mito das duas luas no céu!

Devido às órbitas de Marte e da Terra à volta do Sol, a cada 2 anos e 2 meses (em média é a cada 780 dias), Marte encontra-se mais próximo da Terra – não tão próximo como em 2003, mas no “mesmo lado da órbita” e consequentemente relativamente próximo da Terra.

Assim, em 2005, mais uns brincalhões (quiçá os mesmos!) decidiram enviar o mesmo e-mail. Repito: o mesmo e-mail. Nem sequer se deram ao trabalho de mudar os detalhes (o dia de maior aproximação, a distância, etc), que efectivamente iriam ser diferentes. E a histeria repetiu-se!

Curiosamente, em 2006 o e-mail reapareceu! Deixem-me repetir o que eu disse atrás. Marte está mais próximo da Terra a cada 2 anos e 2 meses. Esteve próximo em Agosto de 2003, depois foi em 2005, e seguidamente foi em 2007. Em 2006, Marte estava do outro lado do Sol, bastante longe da Terra, a cerca de 385 milhões de quilómetros de distância.
Pensa-se que como piada, satirizando os e-mails de 2003, astrónomos enviaram esse e-mail de 2006. Esqueceram-se de um pormenor: nunca subestimar o poder da ignorância! A histeria dos internautas levou-os novamente a reencaminharem os e-mails para os amigos. O fenómeno estava de volta, em 2006.

Em 2007, o mesmo e-mail voltou! (sim! Aquele a dizer que Marte iria estar tão grande como a Lua a 27 de Agosto!) Por esta altura – basta fazerem as contas para 2 anos e 2 meses –, já devem ter percebido que Marte esteve mais perto da Terra em Dezembro de 2007, mais precisamente a 18 de Dezembro de 2007. Não foi em Agosto! E não esteve tão perto da Terra como em 2003! Mas o mito continuou.
Em 2007, escrevi este post sobre este assunto.
Nesse post, exponho 2 problemas de raciocínio:
– alguém em perfeita consciência poderá pensar que no dia 26 Marte estaria pequeno, tal como no dia 28, e subitamente no dia 27 é que se aproximaria rapidamente da Terra tornando-se o tal “monstro” no céu? Não há revoluções no Universo – tudo acontece de forma gradual.
– se Marte viesse para tão perto da Terra de modo a ficar tão grande no nosso céu (quanto mais perto, maior o tamanho aparente dos objectos), as forças gravitacionais envolvidas levariam a que a vida humana na Terra se tornasse no mínimo bastante difícil. Basicamente, isto quer dizer que se Marte estivesse assim tão grande no nosso céu, nós não teríamos muito tempo para o ver…

Em 2008, os e-mails circularam novamente! Não sei quem se lembrou de o enviar novamente. Não sei se é piada ou somente o prazer de fazer dos outros estúpidos, mas espero que neste momento, com as contas feitas, já tenham percebido que em 2008 Marte não esteve próximo da Terra, nem em Agosto nem noutro mês qualquer!

Em 2009, o e-mail tornou a passar! E Marte estava longe da Terra!

Em Agosto de 2010, o e-mail tornou a passar.
Curioso que em 2010, existiu uma inovação: em vez de utilizarem as imagens de Marte e Lua, utilizaram imagens de 2 luas de Saturno e defenderam que eram Marte e a nossa Lua.
Em 2010, Marte esteve o mais próximo da Terra a 27 de Janeiro de 2010, quando esteve a 99 milhões de km da Terra (em 2003, esteve a 56 milhões de km da Terra). Ou seja, o mais perto que esteve em 2010, mesmo assim foi longe. Mas desde Janeiro que se afastou da Terra. Por isso, em Agosto já estava tão longe que estava pequeno no céu: um pontinho no céu estrelado.
Em 2010, escrevi este post sobre este assunto.

Moon-Mars

Em 2011, o e-mail voltou a “vender o medo” para 27 de Agosto.
Em 2011, escrevi este post onde mostro que Marte estava muito longe da Terra (praticamente do outro lado do Sol em termos de órbitas).

Em 2012, o e-mail tornou a ser enviado a falar de 27 de Agosto.
No entanto, em 2012, Marte esteve mais próximo da Terra a 3 de Março de 2012, numa altura em que esteve duas vezes mais distante da Terra do que em 2003. Como sempre, Marte não passou de um ponto no céu. A partir daí, Marte tornou-se novamente a afastar da Terra.
Em 2012, escrevi este post sobre este assunto.

Estamos em 2013, e há dias recebi o mesmo e-mail a falar da noite de hoje, 27 de Agosto.
Se quiserem saber onde Marte está neste momento, basta irem a este programa e colocarem a data de hoje.
Se o fizerem, vêem que a configuração actual do Sistema Solar é esta:

mars earth

Como se percebe, hoje Marte até está relativamente perto de Júpiter, mas está bastante longe da Terra.

A próxima grande aproximação entre Marte e a Terra será a 14 de Abril de 2014, quando a distância entre os dois planetas será de 92 milhões km (longe dos 56 milhões km de distância, em 2003).

O mais perto mesmo aconteceu em 2003, mas em 2005 também esteve próximo mas não tão próximo como em 2003, em 2007 a mesma coisa que em 2005, etc. Sempre foi assim durante quatro mil milhões de anos e assim continuará mais alguns milhares de milhões de anos. Mas mesmo estas aproximações são tão pequenas vistas da Terra, que Marte nunca deixará de ser somente mais um ponto de luz no céu estrelado. Nunca estará do tamanho da Lua!

Resumindo e concluindo, como vimos em 2003, 2005, 2006, 2007, 2008, 2009, 2010, 2011, 2012, e este ano, estes e-mails são totalmente falsos, Por favor, não os reenviem. Se realmente gostam de ciência não contribuam para a disseminação destas mentiras. Obrigado!

5 comentários

3 pings

Passar directamente para o formulário dos comentários,

  1. Marte, acompanha o nosso verão e ao observar as “garotas”, dá-lhe para ficar “gaiteiro” e toma uns “azuis”, por isso é que incha daquela forma!

  2. Falando em Marte, pode ser que todos sejamos marcianos de alguma forma…

    http://mensageirosideral.blogfolha.uol.com.br/2013/08/29/somos-todos-filhos-de-marte/

  3. ainda das atenção a isso carlos.. és muito amoroso para essa gente

  4. Caro Profº
    Minha Licenciatura é Geografia – adoro Astronomia e, tudo que sei sobre, apreendi – com muita dificuldade – sozinha .
    Aprecio muito quando alguém ensina ou corrige informações equiviocadas e sem créditos…
    Obrigada.

  1. […] era a nossa Lua e Marte. Voltamos a esclarecer este assunto, em 2011 e 2012. Em 2013, publicamos um artigo completo sobre esta […]

  2. […] 55 – Marte tão grande no céu como a Lua: 2007, 2010, 2011, 2012, 2013. […]

  3. […] em que essa mesma mensagem apareceu sempre em Agosto (podem ler, aqui, aqui, aqui, aqui, e aqui). Também é mentira hoje como será mentira em Agosto. Esta mensagem mentirosa poderá aparecer […]

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.