Vórtices de von Kármán no Atlântico

vortices_von_Karman_Atlantico_MODIS_Terra_200515Vórtices de von Kármán a sul dos arquipélagos da Madeira e das Canárias, numa imagem captada pelo sistema de imagem MODIS do satélite Terra, a 20 de maio de 2015.
Crédito: Jeff Schmaltz/LANCE/EOSDIS Rapid Response.

A imagem de cima mostra um conjunto de cadeias lineares de redemoinhos atmosféricos, movendo-se a sul dos arquipélagos da Madeira e das Canárias, no Atlântico. Denominados vórtices de von Kármán, estes padrões espiralados formam-se quando um objeto perturba o movimento de um fluido.

vort_von_KarmanAnimação mostrando o processo de criação dos vórtices de von Kármán.
Crédito: NASA.

A atmosfera comporta-se como um fluido, pelo que as asas de um avião, uma ponte ou ainda uma ilha podem despoletar a formação destes fenómenos. Neste caso, os ventos dominantes de norte são perturbados pelos picos mais elevados da Madeira e das ilhas Canárias, criando distúrbios atmosféricos que se propagam para sul sob a forma de espirais de nuvens que alternam a sua direção de rotação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.