José Pedro Mimoso distinguido como Outstanding Referee pela American Physical Society


José Pedro Mimoso
, investigador do Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço (IA) e da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa (FCUL), foi distinguido como Outstanding Referee (revisor excecional) pela American Physical Society (APS), segundo o anúncio divulgado no website desta sociedade. A APS publica algumas das revistas de maior impacto na área da Física e, através do seu Outstanding Referee Program, reconhece anualmente o valor do trabalho de alguns dos seus revisores científicos na avaliação dos artigos submetidos a publicação.

Neste ano, o reconhecimento vitalício foi atribuído a José Pedro Mimoso e outros 149 revisores científicos a nível mundial. Em 2016, esta distinção havia já sido atribuída a Pedro Avelino (IA e Universidade do Porto).

Para José Pedro Mimoso (IA e FCUL), “o facto de aqui no IA tanto o Pedro Avelino como eu termos sido reconhecidos significa que nós atingimos nesta tarefa um patamar de competência científica ao nível do melhor que há no mundo.”

José Pedro Mimoso centra a sua investigação na natureza da matéria escura e da energia escura, na dinâmica do Universo a larga escala, e nas teorias da gravidade modificadas. Há mais de vinte anos que colabora com as publicações da APS, como a Physical Review D, especializada em física de partículas, teoria dos campos e gravitação, e a Physical Review Letters, uma revista de elevado prestígio dedicada à comunicação de resultados científicos notáveis.

Já a investigação de Pedro Avelino gira em torno de uma diversidade de temas, como a matéria e energia escuras, a radiação cósmica de fundo, a variação das constantes fundamentais do Universo, e até a asterossismologia.

Sobre o que terá conduzido a este reconhecimento, José Pedro Mimoso acredita ter sido uma conjugação de várias qualidades, nomeadamente o facto de procurar ser construtivo na avaliação dos artigos, sugerindo o que os autores podem fazer para o artigo poder ser aceite.

A tarefa tem os seus desafios, mas também aspetos gratificantes, reconhece. “O que é interessante em ser reviewer é que se a pessoa tiver uma certa flexibilidade – e eu tenho – acaba por ser obrigada a estudar alguns temas um bocadinho ao lado daqueles em que habitualmente trabalha. Acabo por aprender bastante.” José Pedro Mimoso será publicamente distinguido em duas cerimónias organizadas pela American Physical Society, respetivamente em Nova Orleães, a 13 de março, e Washington, a 29 de abril.

Mais informações no Comunicado de Imprensa do IA.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.