Cerealia Facula em alta resolução

Cerealia Facula num mosaico de imagens obtidas recentemente pela sonda Dawn, a uma altitude de apenas 34 km.
Crédito: NASA/JPL-Caltech/UCLA/MPS/DLR/IDA/PSI.

Podemos ver nesta imagem detalhes impressionantes de Cerealia Facula, a mais famosa das manchas brilhantes descobertas pela sonda Dawn na superfície de Ceres. Localizada no centro da cratera Occator, esta misteriosa formação tem aproximadamente 15 km de diâmetro e encontra-se associada a uma extensa rede de fraturas que parecem confluir numa pequena área nas proximidades da porção sudoeste da parede da cratera.

Dados obtidos pelo espetrómetro de infravermelhos da sonda Dawn sugerem que Cerealia Facula é provavelmente constituída por materiais ricos em carbonato de sódio (Na2CO3) e cloreto de amónio (NH4Cl). Estes depósitos são relativamente jovens e deverão ter sido criados pela sublimação de soluções hipersalinas provenientes do interior da crusta cereriana.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.