Imagem Fantástica do Hubble Mostra Jactos de Plasma de Estrela Recém Nascida

Esta imagem incrível obtida com o Telescópio Espacial Hubble mostra uma estrela muito jovem, ainda parcialmente escondida por gás e poeira, a emitir dois jactos finos e energéticos de plasma. A estrela está localizada numa maternidade estelar designada por Orion B, na direcção da constelação de Orionte, a uma distância de 1350 anos-luz. Para quem conhece o céu mais intimamente, a estrela pode encontrar-se próximo da nebulosa de reflexão Messier 78.

Crédito: NASA e ESA.

Crédito: NASA e ESA.

Nesta fase precoce, a estrela roda rapidamente e encontra-se circundada por um disco de gás e poeira. O gás no disco é arrastado para a estrela e forçado a rodar rapidamente. Simultaneamente, a proximidade da estrela aquece-o até temperaturas elevadíssimas. O plasma — gás ionizado — resultante move-se a grande velocidade em torno do eixo de rotação da estrela e escapa pelos pólos, a zona menos obstruída, guiado por campos magnéticos intensos.

Crédito: NASA, ESA, and A. Feild (STScI).

Crédito: NASA, ESA, and A. Feild (STScI).

O plasma nos jactos chega a atingir velocidades superiores a 150 mil quilómetros por hora! Os nódulos que podem ser observados nos jactos são devidos a colisões entre o plasma e o gás e poeiras nas imediações da estrela ou mesmo entre material a diferentes velocidades dentro do feixe. Este tipo de objectos são ditos de Herbig-Haro, em memória dos astrónomos George Herbig e Guillermo Haro que os estudaram em detalhe pela primeira vez.

(Fonte: Hubble)

1 comentário

1 ping

  1. O Despertar da Força de uma Estrela 😀
    http://www.spacetelescope.org/news/heic1526/

  1. […] Leiam mais sobre isto, neste nosso artigo. […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.