Google+

Carlos Oliveira

Pormenores do autor(a)

Nome: Carlos Oliveira
Data de registo: 21/03/2007
URL: http://astropt.org/blog/colaboradores/

Biografia

Carlos F. Oliveira é astrónomo e educador científico. Licenciatura em Gestão de Empresas. Licenciatura em Astronomia, Ficção Científica e Comunicação Científica. Doutoramento em Educação Científica com especialização em Astrobiologia, na Universidade do Texas. Criou e leccionou durante vários anos um inovador curso de Astrobiologia na Universidade do Texas. Foi Research Affiliate-Fellow em Astrobiology Education na Universidade do Texas em Austin, EUA. Trabalhou no Maryland Science Center, EUA, e no Astronomy Outreach Project, UK, recebeu dois prémios da ESA, e realizou várias palestras e entrevistas nos media.

Artigos mais recentes

  1. Nebulosa de Orion com estrelas velozes e planetas-orfãos — 23/03/2017
  2. Desafiando convenções cósmicas — 23/03/2017
  3. Protoestrela brilha intensamente alterando a forma da sua maternidade estelar — 23/03/2017
  4. No centro do Cisne — 23/03/2017
  5. As Constelações do Triângulo e do Triângulo Austral — 22/03/2017

Artigos mais comentados

  1. 2012 – Fim do Mundo — 503 comentários
  2. Asteróide irá acabar com a vida na Terra em 2019 ? — 352 comentários
  3. Asteroide 2016 WF9 vai colidir com a Terra? Não! — 281 comentários
  4. Evoluindo Sempre ? Só se for em burrice… — 274 comentários
  5. Cometa Elenin irá dizimar a Humanidade ? — 261 comentários

Lista de artigos do autor(a)

Mar 23

Nebulosa de Orion com estrelas velozes e planetas-orfãos

Na Nebulosa de Orion está o aglomerado estelar do Trapézio, reconhecido pelas quatro estrelas brilhantes no centro da imagem. As jovens estrelas do Trapézio e os seus arredores mostram que a Nebulosa de Orion é uma das áreas mais ativas de formação estelar na Via Láctea. Na Nebulosa de Orion, as inúmeras interações gravitacionais e …

Continue a ler »

Mar 23

Desafiando convenções cósmicas

O Telescópio Espacial Hubble observou duas galáxias a interagir a cerca de 60 milhões de anos-luz de distância na direção da constelação do Leão. A galáxia dufusa e azulada à direita chama-se NGC 3447B; enquanto a galáxia difusa à esquerda se chama NGC 3447A. O par denomina-se NGC 3447. Não se sabe como eram as …

Continue a ler »

Mar 23

Protoestrela brilha intensamente alterando a forma da sua maternidade estelar

Esta imagem, obtida pelo Atacama Large Millimeter/submillimeter Array (ALMA), instalado no Chile, mostra poeira resplandescente no interior do proto enxame NGC 6334l. Com o auxílio do ALMA e do Submillimeter Array (SMA) instalado no Hawai, os astrónomos estudaram esta nuvem de formação estelar situada na Nebulosa da Pata do Gato (NGC 6334) e aperceberam-se de …

Continue a ler »

Mar 23

No centro do Cisne

No centro da constelação do Cisne, encontra-se esta bela nuvem de gás hidrogénio brilhante. Para cima e para a esquerda do centro da imagem, encontra-se a estrela supergigante Gamma Cygni (Sadr), que se encontra a cerca de 1.800 anos-luz de distância. À esquerda de Gamma Cygni, está a Nebulosa da Borboleta. Em baixo à direita, …

Continue a ler »

Mar 22

As Constelações do Triângulo e do Triângulo Austral

O Céu da Semana traz dicas de observação astronómica para esta semana, e o professor Gustavo Rojas fala sobre duas constelações de nome parecido, mas com histórias diferentes.

Mar 21

Árvore de Auroras

Esta foto feita na Islândia mostra uma árvore próxima do fotógrafo e o brilho de auroras celestiais distantes. Parece que as auroras são folhas da árvore. Fonte: APOD

Mar 18

Mais uma estrutura alienígena?

Em 2015, a estrela KIC 8462852 entrou nas notícias com estrondo. Foi detectada na estrela, pelos astrónomos, uma diminuição da luminosidade com um período estranho. Entre as várias hipóteses propostas, a que melhor se adequava às observações eram fragmentos cometários ao redor da estrela. Esses fragmentos cometários, ao passarem à frente da estrela (da nossa …

Continue a ler »

Mar 18

Fases de Vénus

Os objetos que passam entre nós e o Sol (como a Lua, Vénus e Mercúrio) têm fases. Neste caso, vemos as várias fases de Vénus, desde “quase Vénus Cheio” até “quase Vénus Novo” (na verdade, “Vénus Crescente” muito fino), dependendo de quanto vemos o planeta iluminado pela luz solar a partir da nossa perspetiva. O …

Continue a ler »

Mar 18

Mimas

A sonda Cassini fez esta imagem de Mimas. É uma das imagens com melhor resolução desta lua de Saturno. O hemisfério de Mimas que está voltado para o planeta Saturno está às escuras. Uma versão melhorada desta imagem mostra o lado que está virado para o planeta a brilhar com a luz do Sol que …

Continue a ler »

Mar 17

Nebulosa do Cone

O Telescópio Espacial Hubble fez esta imagem da Nebulosa do Cone, que se encontra a cerca de 2.500 anos-luz de distância. O cone tem um comprimento de 7 anos-luz. O topo do cone tem um diâmetro de 2,5 anos-luz: um pouco mais de metade da distância entre o Sol e Proxima Centauri. Estrelas estão-se a …

Continue a ler »

Artigos mais antigos «

Ir buscar mais items