Google+

Carlos Oliveira

Pormenores do autor(a)

Nome: Carlos Oliveira
Data de registo: 21/03/2007
URL: http://astropt.org/blog/colaboradores/

Biografia

Carlos F. Oliveira é astrónomo e educador científico. Licenciatura em Gestão de Empresas. Licenciatura em Astronomia, Ficção Científica e Comunicação Científica. Doutoramento em Educação Científica com especialização em Astrobiologia, na Universidade do Texas. Criou e leccionou durante vários anos um inovador curso de Astrobiologia na Universidade do Texas. É actualmente Research Affiliate-Fellow em Astrobiology Education na Universidade do Texas em Austin, EUA. Trabalhou no Maryland Science Center, EUA, e no Astronomy Outreach Project, UK, recebeu dois prémios da ESA, e realizou várias palestras e entrevistas nos media.

Artigos mais recentes

  1. ALMA começa a observar o Sol — 18/01/2017
  2. Vista da Estação Espacial — 18/01/2017
  3. Voar para a Lua — 18/01/2017
  4. Céu do Inverno — 17/01/2017
  5. Uma parte de Sagitário — 17/01/2017

Artigos mais comentados

  1. 2012 – Fim do Mundo — 503 comentários
  2. Asteróide irá acabar com a vida na Terra em 2019 ? — 351 comentários
  3. Evoluindo Sempre ? Só se for em burrice… — 274 comentários
  4. Cometa Elenin irá dizimar a Humanidade ? — 261 comentários
  5. Halo em Fátima — 241 comentários

Lista de artigos do autor(a)

Jan 18

ALMA começa a observar o Sol

Novas imagens obtidas com o Atacama Large Millimeter/submillimeter Array (ALMA), instalado no Chile, revelaram detalhes sobre o Sol, invisíveis de outro modo, incluindo uma nova vista sobre o centro escuro e contorcido de uma mancha solar com quase o dobro do diâmetro da Terra. As imagens foram as primeiras obtidas do Sol com uma infraestrutura …

Continue a ler »

Jan 18

Vista da Estação Espacial

A partir da Estação Espacial Internacional, temos belíssimas vistas. Na imagem é possível ver: paineis solares da Estação Espacial Internacional, o disco da Via Láctea, o planeta Terra, luminescência atmosférica, e relâmpagos de uma tempestade. Fonte: APOD

Jan 18

Voar para a Lua

Não, esta não é uma boa forma de viajar para a Lua. Na verdade, esta imagem é só uma questão de perspetiva. Da perspetiva do fotógrafo, no momento certo, parece que o avião está a chegar à Lua, quando na verdade estão muito longe um do outro. Esta imagem foi feita há 2 semanas, durante …

Continue a ler »

Jan 17

Céu do Inverno

O Céu da Semana traz dicas de observação astronómica para esta semana, e o professor Gustavo Rojas fala sobre as constelações que marcam o Inverno do Hemisfério Sul.

Jan 17

Uma parte de Sagitário

Esta bela imagem feita pelo Telescópio Espacial Hubble mostra uma parte do céu na direção da constelação do Sagitário. Na imagem veem-se milhares de estrelas e galáxias. As estrelas azuis ou brancas são muito quentes, enquanto as estrelas vermelhas são mais frias. Fonte: Space Telescope

Jan 17

A Bela e um Monstro

Não se deixe enganar! Este não é um novo rover marciano futurístico — embora o terreno inóspito do deserto chileno do Atacama possa facilmente ser confundido com Marte. Este veículo de 20 metros de comprimento, 10 de largura e 28 rodas é um dos transportadores ALMA, conhecido por Otto, que aqui foi fotografado tendo como …

Continue a ler »

Jan 17

Morreu Gene Cernan

A NASA informou ontem que Eugene Andrew Cernan faleceu aos 82 anos. Gene Cernan foi um dos herois da Humanidade. Cernan foi o comandante da missão Apollo 17, sendo o último ser humano a pisar a Lua (foi o último a entrar no módulo lunar, na última missão à Lua). No seu último adeus à …

Continue a ler »

Jan 15

A Matéria no Aglomerado da Bala

O Aglomerado da Bala (Bullet Cluster, também chamado 1E 0657-558) é um massivo aglomerado de galáxias que cria enormes distorções gravitacionais ao vermos as galáxias por trás deste aglomerado – a partir da nossa perspetiva. Este aglomerado funciona muito bem como lente gravitacional. Esta lente gravitacional providencia uma das melhores evidências para a existência da …

Continue a ler »

Jan 14

Poeira na Nuvem Molecular de Perseus

Esta imagem mostra nuvens de poeira interestelar na nuvem molecular de Perseus, a cerca de 850 anos-luz de distância da Terra. As nuvens moleculares são berçários estelares. A nuvem molecular de Perseus está a formar estrelas, apesar dessas estrelas estarem “escondidas” atrás da poeira e não serem visíveis. À esquerda está a azulada nebulosa de …

Continue a ler »

Jan 14

Júpiter Crescente e Grande Mancha Vermelha

Nesta bela imagem feita pela JunoCam (a câmera da sonda Juno) no dia 11 de Dezembro de 2016, pode-se ver o planeta Júpiter em fase crescente, a sua Grande Mancha Vermelha e o seu Colar de Pérolas (tempestades ovais brancas). Fonte: NASA

Artigos mais antigos «

Ir buscar mais items